sexta-feira, 17 de junho de 2011

Sem mais palavras

Com todo o respeito pelas pessoas (artista, produtores, trabalhadores, público que queira assistir):



Foi nisto que nos tornámos? Com grandes cortes de trânsito em dias de trabalho?

20 comentários:

Lamas disse...

Mais uma SAFERNADES.
Já alguém fez contas o que este senhor tem custado a Lisboa ( e ao país)?

Henrique Marques disse...

Quando se volta a falar na descentralização, porque não começar pelos Megapiqueniques, o rock in Rio etc e serem realizados no interior e em vez do campo ir a cidade... Vir a cidade até ao campo!

lawrence disse...

Embora encapotada, há aqui uma mensagem:
Em Lisboa (e nas outras cidades hem?) também há nabos!
E burros, e pepinos!

Carlos Alberto disse...

O meu arábico amigo lawrence, habituado que está a camelos, consegue logo ver a mensagem encapotada que o irmão do Director do Expresso quer passar, LOL

Meu caro Pedro, para a ironia ser suprema só faltava o Sá Fernandes ter mandado fazer uma 'cachoeira' no túnel do Marquês.

o cusco....... disse...

Não me parece má ideia que fechem a Av. Da Liberdade. O que me parece má ideia é ser pontualmente e sem haver alternativas capazes de escoar o transito.
O português é o povo que mais anda de carro apesar de se queixar do preço dos combustíveis. Cada família tem um carro para cada membro, assim como a casa de praia ou do campo. Somos um povo rico, uma metade. A outra não tem comida na mesa.
Ninguêm anda de transportes públicos e o mulherio adora arranhar as unhas de gel nos carros que os maridos lhes dão.
Mesmo que o colégio do “Bernardo” fique a três prédios de casa, vão de carro buscá-lo. “Assim a Tété vê que o Gonçalo me deu um BMW novo, tá a ver…”
É uma corja de novos-ricos que há 3 gerações viviam na Pampilhosa da Serra a cavar terra e agora usam nomes de cocó, pagam de empréstimos de carro e casas cerca de 3000 euros ao mês pois não têm um cêntimo na realidade. Perdem o trabalho e lá se vai tudo para o caraças.
Um dia voltarão às origens e começarão de novo. Aprenderão de que os carros e casas, os jantares nos Restaurantes de moda para ser vistos e não pela comida, são miragens que não levam a nada. Um vazio tremendo numa sociedade sem conteúdo e disforme.
Por falar em sociedade, vi hoje os Ministros do Governo PSD-CDS.
Deus queira que eu me engane mas há ali gente que não ficará nas pastas correctas. Teixeira da Cruz é uma delas. Devia estar na Educação e E. Superior, por exemplo.
Depois temos aquele fantasma de Nobre que se tivesse vergonha na cara tinha feito o favor ao PM Passos Coelho e ia para onde deve estar.
Não é esse tipo de “independentes” e de cidadania que necessitamos.
Nobre está a pôr PSD no ridículo, sabe-o, e não faz nada para aliviar o novo PM que o que menos precisa é um patego armado em homem de estado.
Portas nos Negócios Estrangeiros não é o cenário que eu criaria. Devia ter ficado com a Justiça e Admt Interna.
Desejo o melhor as estes dois homens que até agora foram discretos e meteram esta canalhada dos Jornalistas no sítio.
Só por isso vale a pena………………

vitor nunes disse...

Quem manda no País Dr Santana Lopes? Não é quem tem o dinheiro? E quem é que tem o dinheiro?Belmiro de Azevedo,claro, onde está a duvida?

PEDRO PALMA disse...

Que palhaçada! Até parece Farmville.
Abraço Pedro

Pedro Cabral disse...

Se calhar podias ir de transportes o Pedro, se calhar a Mega bandeira no Parque Eduardo VII não custou nada Já alguém fez contas o que este senhor tem custado a Lisboa ( e ao país)? Esse Sá... espera ai?!

eirinhas disse...

O que isto irá custar a Lisboa só se saberá no fim do mandato tal como só agora se começa a saber o que levou o país a esta situação,agora,o que a mim me parece é que Lisboa se irá preparando para, através dela,se estender a todo o país uma campanha que procurará trazer os socialistas de volta.Veja-se o destaque que a rtp deu, nas marchas populares, a algumas figuras mediáticas que nem sequer eram da cidade.Ainda tentei ver se o Carlos Lopes teria algo a dizer mas,cansado que estava,fiz zapin,acho que é assim que sediz.

Miserere Dominus Meo (Box) disse...

sem mais palavras

é um pormenor

como convidar um arquitecto a renovar uma parte bastante escusa da baixa mais baixa Lisboeta

ou como salvem o jardim botânico
desse Nero da urbe

é espectáculo tal como o político
bem deve saber

há que fazer concessões à plebe

ó senhor já sem anéis...

essa fobia da obstrução do trânsito
é típica do habitante das megalópoles

não têm carro? que vão de metro

já lá dizia Maria Toinette

Miserere Dominus Meo (Box) disse...

na vertente do Ribeiro Teles

é uma oportunidade única de arejar a baixa durante um dia

apesar do home preferir os machimbombos aos metros

minudências ó excelsa persona
minudências

Ricardo Araújo disse...

Boa tarde Dr. Santana Lopes, até acho interessante e engraçado este tipo de iniciativas, mas de certeza que em Lisboa haveria outros sítios com menos condicionalismos, pena é que este tipo de iniciativas não seja feito um ano em cada cidade diferente, pois mais uma vez, Portugal é Lisboa e o resto é paisagem.
Um grande abraço, cordialmente.
Ricardo Araújo

Antonio Fernandes Pina disse...

Exmº. Sr. Dr. Pedro Santana Lopes

Na última campanha para a CML entre o Sr. e o Dr. António Costa, na qualidade de simpatizante do PS tudo fiz neste seu blog para que não conseguisse ganhar as eleições o que aliás veio a acontecer. Hoje verifico que o Dr. António Costa prestou um excelente serviço publicitário ao Sr. Engº. Belmiro de Azevedo e prejudicou todos os que utilizam a Av. da Liberdade, em Lisboa. É caso para perguntar quanto custa um anúncio diário na TV dos mais pobrezinhos e verifiquem que cem mil euros em contrapartidas para ocupar todo aquele espaço além das imagens que foram divulgadas na RTP é, sem dúvida, um brinde publicitário ao Sr. Engº. A partir de agora todas as empresas concorrentes podem ocupar aquele espaço?!
Acrescento ainda que as últimas intervensões do Dr. António Costa na política Portuguesa me deixaram triste por o ter achado demasiado arrogante dando a ideia de ser um barão do PS. Eu que pensava que barões só no PSD!...
Continuo a pensar que o PARTIDO SOCIALISTA é de todos e lutarei para que assim seja.

Assina: António Fernandes Pina.

silva disse...

Lisboa Cidade Prostituta

Esta forma de tratar a Cidade de Lisboa chama-se prostituição.
Promover a cidade ou mesmo encaputada pela necessidade de promover os produtos nacionais é demagógica e provinciana.

E aqui nesta tribuna sempre se defendeu repovoamento e a desertificação, ou o Campo e a Cidade, mas nunca tentativas absurdas se substituírem uma à outra.
Há uns anos defender o que é nosso era reaccionário.

Alguns políticos deveriam ter mais sensibilidade e promoverem com Portugal a Pátria com mais dignidade e respeitarem os portugueses.
Foi um espectáculo triste de ver a exploração da pobreza e das dificuldades em que vivem alguns portugueses.

maria lisboa....... disse...

Oh António Pina...
Em que Planeta vive você?
O PS sempre foi o Partido com mais boys, mais amiguismos e corrupção a nível de deputados, instituições públicas e privadas...
O "Grande" António Guterres ficou tão alarmado e escandalizado que até se demitiu!!!
Já lá estava esta corja à espera...Sócrates, Varas, Godinhos, Pintos and Company.
Tudo gente finíssima. Basta olhar para eles. Parecem o Zé Povinho de Bordalo de fatos e gravatas.
E lamento dizer-lhe que PSL não perdeu as eleições por causa dos seus comentários, não.
Perdeu porque os Comunas fizeram um pacto com o PS e mandaram 11 mil cartas a 11 mil militantes a dizer que votassem PS para o ex-PM não ganhar!!!

O CUSCO....... disse...

"fernando-nobre-foi-primeiro-candidato-a-presidente-do-parlamento-a-falhar-eleicao-duas-vezes-consecutivas"....

Quando os cromos querem ser gente e gente deixa-os sonhar…..
Que vergonha de imagens aquelas patéticas de Nobre só e ignorado por todos os deputados hoje de manhã na AR…e depois a vergonha da votação.
Se tivesse cara, DEMITIA JÁ de deputado e voltava para casa de onde nunca devia ter saído.
Um PÉSSIMO começo para o PM que sabia de antemão que isto ia acontecer.. Esperemos que seja só este o tiro no pé pois………..NÃO PODEMOS ERRAR NEM UMA SÓ VEZ EM NADA!!!!!!
http://sicnoticias.sapo.pt/Lusa/2011/06/20/ar-fernando-nobre-foi-primeiro-candidato-a-presidente-do-parlamento-a-falhar-eleicao-duas-vezes-consecutivas

maria lisboa....... disse...

SEM PALAVRAS NA AR!!!
QUE HORROR aquilo de Nobre….
Que vergonha alheia……
Eu nem saia de casa até me esquecerem depois de ter apresentado a demissão de deputado…
2 vezes reprovado…
Nunca tinha acontecido na vida da
3ª República…
Cavaco deve estar no chão a rir às gargalhadas..Eu estive!!!

miguel vaz serra....... disse...

Dr. Santana Lopes
O que se passou hoje no Parlamento devia ser borrado das nossas memórias.
Como não é possível vamos ter que comentar.
Todos sabíamos ( bom, todos………, parece que Marcelo Rebelo de Sousa não, pois ainda há 2 dias disse que Nobre seria eleito ) que Fernando Nobre não podia ser Presidente da AR.
Pode ser um homem capaz para um enorme número de coisas e fez um bom trabalho em várias áreas mas foi muito incoerente no discurso e entrevistas e portanto perdeu-se altamente nas palavras durante as duas campanhas….
O cargo que negociou com o Dr. Passos Coelho nunca seria possível e nem um nem outro puderam ver isso.
Nunca entendi esse acordo pois o PM não o necessitava. Creio até ter perdido votos para o CDS por culpa desta estranha história.
Falou-se em Maçonaria….Opus… enfim…
O que não pode ser tem muita força e não foi!!!
Retiro disto tudo duas coisas para mim importantíssimas.
Uma bastante positiva. O novo PM é um homem de palavra e sofreu até ao fim deste lamentável processo precisamente por isso. Cumpriu o acordado. Como um Gentleman.
A outra não podia ser mais negativa. Nobre sofreu a humilhação da sua vida, o que choca a quem conhece o seu brilhante Curriculum e foi altamente gozado na “praça pública”.
Os comentários na rua eram tristes……
Nunca em 35 anos de Democracia algo assim tinha acontecido.
Penso que a ideia de continuar deputado é má e vai sair muito magoado de tudo isto.
No 1º caso, se fosse Sócrates, a palavra não tinha sido tida em conta ( nem em sonhos ) e Nobre nem nunca tinha entrado na AR depois duma coligação em que o 2ª partido nunca apoiaria esse candidato a P. da AR.
Portanto não teríamos 2º caso. A humilhação tremenda de um homem que não merecia ter-se exposto desta maneira brutal.
Tinha ele razão. Não é um político e portanto nunca devia ter-se metido no meio.

Carlos André Martins disse...

A todos os Lisboetas que votaram no Sr. Costa está aqui a obra do seu jardineiro parabéns pela escolha. Não vale a pena buzinar eles estão lá porque muitos dos senhores o quiseram lá! Bem hajam!
O vereador da relva em Lisboa devia ter vergonha e demitir-se! Já!

Antonio Fernandes Pina disse...

Vamos deixar de usar palavras bonitas e de ocasião para dizer pura e simplesmente que nem o Dr. Passos nem o Dr. Nobre não tinham conhecimentos políticos para o acordo que fizeram em cima dos joelhos. O cumprimento da palavra dada é puro populismo. A verdade em política é que nos podemos enganar e se for necessário, teremos que ter a nobreza de carácter e corrigirmos o que está mal. Passos e Nobre deixaram que o mal acontecesse. E, sendo assim, só tinham que humildemente pedir desculpa aos Senhores Deputados e aos Portugueses. Faço votos que daqui em diante não façam em nome da verdade coisas parecidas. O Povo não perdoa estas humilhações.
Aproveito para desejar à Exmª. Srª. Drª. Assunção Esteves as maiores felicidades para o cargo de Presidenta da Assembleia da República.

Assina: António Fernandes Pina.