segunda-feira, 4 de abril de 2011

Portugal dos tapadinhos

Julgo que, até hoje, quase nunca entrei em polémicas com os responsáveis por outros blogues( recordo uma ou outra excepção). Mas como bem salienta um comentário ao que se escreveu, ontem, no Portugal dos Pequeninos, do pior que há na vida, são os que passam o tempo a falar de sentimentos falsos.


A propósito do que respondi, na TVI, quando de uma pergunta do jornalista Pedro Pinto, gostava de dizer o seguinte aos «filósofos», anónimos ou não...


Quantas vezes ouviram tantas pessoas dizer que Jorge Sampaio tinha de se demitir se eu tivesse ganho as eleições em 2005 ou, mesmo, se não houvesse uma diferença significativa entre o PSD e o PS? Aliás, já o próprio confessou que essa possibilidade tinha de ser ponderada.


É verdade que esta dissolução foi precedida de uma votação no Parlamento e da consequente demissão do Primeiro - Ministro... Mas lembram - se do discurso presidencial uns dias antes, ou não? E alguém tem alguma dúvida de que Cavaco Silva era dificilmente compatível com José Sócrates(agora, ou melhor, desde há uns tempos...)?


Aliás, eu disse, a 15 de Janeiro desta ano, na mesma TVI, que um dos dois iria sair e não seria certamente Cavaco Silva, logo depois de ser eleito. E, já agora, também: custa a entender que essa hipótese até pode ajudar vários indecisos a não votarem Sócrates?


De qualque modo, não foi por isso que enunciei essa consequência. Fi - lo, porque não mudo de princípios e de regras consoante aqueles a quem, eventualmente, se apliquem. Todos reconhecem - incluindo cavaquistas de sempre - que o Presidente nada fez para impedir eleições. Todos sabemos que quer ver Sócrates fora do poder. Alguma dúvida? Então, se Sócrates ganhasse, não teria consequências?


Quanto à minha distância de Sócrates, nessa matéria, nem um ai. Foram os que lá o puseram, os que o trataram como um predestinado, os que se embeveceram com ele, que, agora, o querem ver fora. Tivessem estado do lado certo, na devida altura. Não queriam a boa moeda? Aí a têm! Não disfarcem. É vossa.


18 comentários:

zpf disse...

Meu caro,
Cada dia convenço-me mais que há certa gente que só lá vai com uns chamados "bananos na tromba"...
Abraço,
zé paulo fafe

Ruvasa disse...

Caro Dr. Pedro Santana Lopes,

Fui seu apoiante, a nível político, desde sempre e tenho por si como pessoa - embora sportinguista - uma grande consideração, já pela pessoa que é em si mesmo, com uma dose de paciência que surpreende tudo e todos, com uma educação cívica que está deslocada neste Portugal de hoje, com uma elegância de estilo que já nem causa espanto.

No entanto e distanciando-me o mais possível de críticos como aquele que aponta neste post e que fui ler, e outros bem piores e mais rasteiros, permita-me que lhe diga, com toda sinceridade e frontalidade, que também não tenho sobremodo apreciado as suas últimas prestações televisivas.

O senhor, Pedro Santana Lopes, tem todas as razões para estar pior do que irritadíssimo com essa gente e, se quer saber, acho que com Aníbal Cavaco Silva, Marcelo Rebelo de Sousa e José Pacheco Pereira mais do que com qualquer adversário de outras áreas políticas, com especial relevo para os socialistas e o próprio vilarista (porque de Vilar de Maçada, evidentemente!).

É que aqueles senhores ultrapassaram todos os limites.

Ninguém e eu muito menos lhe retira esse direito. O que lhe fizeram em 2004 é simplesmente imundo.

Portanto, o senhor tem razão. Mas, tendo-a, presumo que o resultado de tais prestações não será bom para si, nem para ninguém.

O Pedro Santana Lopes porque vai indubitavelmente perder o capital que amealhou ao longo de tantos anos e nós que por tanto tempo o apoiámos, porque perderemos um ponto de referência salutar no ambiente insalubre da nossa política de nojo.

Ora, quem lhe fez o que fez sabe bem que o fez e por que o fez, sabendo igualmente que as patifarias não se pagam no Céu, como alguns tolos pensam; pagam-se cá em baixo. Soon or later.

Parece que para alguns o "soon" está a ser "now"; para outros, o "later" "is coming... just coming... almost there"

Pergunto-me: será que vale a pena cavalgar a vindicta?

Embora não nos conheçamos pessoalmente, aceite um braço

Ruben Valle Santos

cefaria disse...

Talvez por que viva aqui nos distantes Açores, à sua primeira pergunta a resposta é: Nenhuma!
Mantenho que Sócrates não tem legitimidade para impor um PEC oposto ao seu programa eleitoral e sou contra qualquer suspensão temporária da consulta popular por questões de crises...

silva disse...

Caro Pedro,
Excelente, "é vossa!"

PS: Faça o favor de "saborear" bem este momento. Foi infame a dissolução de uma maioria parlamentar. Apesar de se pagar um preço extremamente elevado e de ser muito triste para a nossa Pátria.

Carlos André Martins disse...

Excelente resposta.
Eu faço parte dos mais de 1 milhão e 300 mil que não queriam esta moeda.
Por mim podem ficar com ela também.
Tristes!

Bem Haja Pedro.

o cusco....... disse...

“..........não assisti à quadragésima nona intervenção televisiva da semana de Pedro Santana Lopes”…Assim começa o senhor que escreveu sobre o assunto.
Eu quando não vejo e não sei, não comento.
De todas as maneiras, aquilo chama-se como? Ah!
Portugal dos.....”pequeninos”…
Está tudo dito.

Anónimo disse...

Menos politica e mais país.Vamos ver com o seu colega o que é que ele vai fazer,onde vai reduzir despesa.O quê?Não vai reduzir ou só vai reduzir nos serviços de saude aos portugueses?Leu o artigo em que até o porteiro foi para um cargo politico?Agora vai ser pior,vai ser só com doutores e engenheiros completamente a "leste" dos problemas do país.
Voçes não são a salvação,não têem capacidade para solucionar os problemas do país,vão ser um grade fiasco sinto muito desaponta-lo mas é a verdade.
Possivelmente em Maio já estou em Angola "graças a deus"...
Moreno

Carlos Alberto disse...

Ó Pedro... tire umas fériazinhas que eu como seu acérrimo fã começo a ficar desiludido.

Desde quando é comparável esta dissolução com a 'sua'? Querem ver que andei estes anos todos a chamar nomes ao Sampaio pelo 'golpe de estado socialista' para o meu caro Pedro vir agora dizer que é a mesma coisa? Mas, você não tinha maioria?

Já não percebo nada (ou melhor, eu percebo, mas não queria perceber)

Cfe disse...

Estou muito admirado com a comparação entre seu governo e o de Sócrates.

Respeitosamente,

Cfe

carlos disse...

Dr Santana Lopes,muito bom dia.
Siga,por favor,o conselho do Ruvasa.
Quanto ao "Portugal dos Pequeninhos" que foi apoiante do actual PR,nada a dizer senão...
Um abraço do
Carlos Monteiro de Sousa

maria lisboa....... disse...

Sou Maria e Lisboa mas não sou loira!!! Que se passa aqui?
Leio comentários a dizer que PSL "apoia" Sócrates. Que se sente identificado com o que passa com ele...???? WHAT???????????
Ou eu perdi alguma coisa ou então perderam eles...
Entendi sim uma coisa e penso que era o que PSL dizia: assim como Sampaio deu a entender que se demitiria depois da porcaria de golpe que fez para meter o lobby PS corrupto no poder, no caso que ele, PSL, ganhasse as eleições, este que lá está, o que nasceu só uma vez ( de honesto..."on veras" )o Cavaco, também devia demitir se Sócrates ganhasse. Pela vergonha política que o povo o faria passar. ( já lhe roubou 500.000 votos em 5 anos. ( parece que foi perdendo 100.000 votantes ao ano!!! )
E eu digo que se o PSD continuar sem falar as verdades, dele mesmo e não expuser à luz do dia toda a podridão e corrupção de Sócrates, entrando nesta hipocrisia nojenta a que já estamos habituados, o PS pode muito bem voltar a ganhar e eu daria umas belíssimas gargalhadas à porta de Belêm!!!!!!!!!!!!
Gostaria no entanto que PSL explicasse aqui no seu blog, se estou errada!!!
Já agora aproveito para dizer que alguém devia dizer às televisões nacionais que não dessem eco a NADA que viesse das corruptas agências de rating que teimam em fazer mais e mais dinheiro à nossa custa e por culpa única do Governo mais corrupto que jamais existiu neste País, o demissionário.

Inez Dentinho disse...

É evidente que a demissão de Cavaco - que, por acção e inacção sucessivas provocou a queda do Governo - é a conclusão obrigatória de um resultado eleitoral equívoco.
Prevê-lo não é desejá-lo, João Gonçalves. É um simples exercício de clarividência antes da hora. O que deixa muita gente nervosa.

Ricardo Araújo disse...

Boa noite Dr. Santana Lopes este seu post é fantástico, e só não o acha quem não quer ver o que realmente se passou e passa neste País.
V. Exa. continua a defender os mesmos princípios que até aqui tem vindo a defender, pena é que os Portugueses não tenham memória ou não consigam alcançar o que está a sua frente.
Temos um Presidente, que tudo fez para o derrotar e agora tudo fez para derrotar Sócrates, agora estamos num impasse, pois se ganhar Sócrates a vida do Presidente torna-se difícil, se ganhar Passos Coelho, a vida do Presidente não passa, porque como sabemos Passos Coelho não gosta de Cavaco e por isso não lhe vai passar nenhum cavaco.
Quanto aos comentários negativos ou positivos acerca das suas prestações televisivas, só vêm demonstrar que V. Exa. ainda está vivo e ainda incomoda algumas pessoas que já o tinham dado como morto e enterrado
Um grande abraço, cordialmente.
Ricardo Araújo

maria lisboa....... disse...

Querida Inês
Eles sabem lá o que é "ter visão"?
Esta gente só sabe de visão quando vão ao oculista e mesmo assim às vezes saem de lá mal medicados porque não sabem ler as letras que estão à frente do nariz!!!
Isto é do pior...
e "é isto" que vota!!!
Pois é....Assim estamos..e por isso eu digo sempre que os políticos não têm culpa.
Quem a tem é quem os vota e este povo sempre votou muito mal. Pensas que isto se vai alterar apesar de serem espezinhados pelos que foram votados?
Claro que não....
Um País em que Sócrates ganha duas vezes, é um País perdido......
Não há nada a fazer...
E aí estão as sondagens!!!
30% ao PS!!!
E com dois meses a usar o poleiro de PM para fazer propaganda e gastar dinheiro do estado, ou seja O NOSSO, a levar a sua voz ao povinho bôbo, ainda vai subir mais...
"On veras"!!!!

LOUVA A GREVE PERMANENTE EM DEUS disse...

é assim a modos que....
enfim
revela falta de controle político
faz mal para a alma política
cuspir nas direcções onde podem vir apoios
é um concelho Loures de graça
Graça é uma freguesia por enquanto

não vai haver freguesias para todos os fregueses
mas alguns aguentam-se bem
si senhor

Anónimo disse...

Boa tarde Srª Dª Maria Lisboa e a senhora vai votar num partido que correu com o outro e que nem sequer apresentou um programa de governação chumba o pec e passa dois dias diz que é provavel o aumento de impostos.

Cumprimentos

maria lisboa....... disse...

Sra.D. era a Amália por quem tinha uma admiração ilimitada.
Não "anónimo/a" , não vou votar PSD.
Nunca o fiz, nunca votei PSD para a AR, porque iria agora fazê-lo?
A única vez que votei numa pessoa desse partido foi em Pedro Santana Lopes quando ganhou a Câmara de Lisboa contra Soares....Nunca para a AR como disse.
É novo/a por aqui?
É que se tivesse lido comentários meus sobre P. Coelho, nunca me teria feito essa pergunta.
De todas as maneiras, qualquer coisa é melhor que o podre, o corrupto, o muito muito mau!!!
Certo?

Ana disse...

Sempre os mesmos gregos com as vossas merdas. Agora que o mundo mudou as alianças nativas irão surgir. E talvez em vez de se chamar norte, se chame Andes,e por aí fora.
Continuem todos a brincar às politiquices greco-roamanas, que um dia vão ver as vossas peles penduradas, e ficarão todos a olhar, e dirão: "Será um escalpe?", e ainda pensarão "Porque?". Há outro que diz: "Epá, antes de invadirmos a península, havia índios?", e o outro responde: "Agora é tarde demais. Filho da puta do Cristóvão Colombo, que ainda por cima dizem que nasceu no NORTE."