quinta-feira, 19 de agosto de 2010

O exemplo de Braga

Grande exemplo, o do Sporting de Braga. De "peito feito", sem olhar a orçamentos ou outras dimensões. Só lhes interessou o próprio querer e a vontade de ganhar que sentiam. Ganharam por 1-0 e tiveram outras oportunidades. É uma atitude que sabe bem ver. Gestão equilibrada, ponderação sensata entre vendas e aquisições, bom marketing, fibra nos desaires e contenção nos momentos de sucesso. O País deve olhar para Braga e sem ser por um canudo. Deve atentar neste exemplo e meditar no que significa. O Braga a disputar o Playoff da Liga dos Campeões, o Braga no meio dos " grandes", sem receio, com humildade e com ambição. Quem quiser, quem não estiver muito ocupado a discutir, que medite.

6 comentários:

Jorge Diniz disse...

Fale do "exemplo" do Guimarães (e ainda, do Boavista).

Quando se "fala" na "mó de cima", costuma ser para dar proveito aos "aproveitadores". A consequência costuma ser: "MAIS CRISE"!

Quem paga? Os "mesmos".

Já agora, vai regressar ao "futebol"?

Kássia Kiss disse...

Ainda não ganharam o estatuto de "vedetas". Se aí chegarem, espero que passem o teste e continuem a ser honestos e ambiciosos (no bom sentido)!

O Padrinho disse...

Estou a meditar...

Rápido né? Pois bem, a resposta é muito simples. Braga está a mostrar que não quer ser português, mas braguês!!!

E braguês é viver do que se tem, não do que se imagina que quer ter, não é ó português?

o cusco....... disse...

o mau exemplo :
Há coisas que ultrapassam o inimaginável como o Senhor mesmo disse na televisão há dois ou 3 dias. Portugal está entregue a dois ou 3 loucos e os que pensam que estão acima de tudo e todos esperando a reeleição, vão apanhar um grandessíssimo balde de água fria.
Em tempos, quando os políticos pensavam que seria impossível mudar o regime e a alta finança da época, avó desta agora, só que com muito mais classe, achava que estavam seguros para sempre, mudou tudo de um dia para o outro e ficaram sem nada.
Os políticos foram para o Brasil dar aulas e escrever livros que todos, democratas, líamos às escondidas.
Este senhor PM deve pensar igual e que o tempo dele é eterno….que nunca vai mudar nada. Mas não. Temos pena. Imensa. Mas é de nós.
O mesmo se passa naquela coisa mal cheirosa e imunda em que se transformou o que um dia foi o desporto Rei. Todos eles pensam que nunca vai mudar. Vêem os Loureiros da vida ser ilibados de coisas muito estranhas e acham que tudo se pode fazer, lógico.
Realmente os Juízes dão muito maus exemplos, isso todos sabemos, mas nem todos são assim. Assim como? Assim!
1 mês de suspensão e 1000 euros de multa. Repito, 1000 euros de multa. Coitadinho. Até chorei. Agora já só fica com 719.000 euros do famoso prémio que já ninguém mais fala.
Insulta os médicos, o Vice-Presidente lá daquela coisa que nem sei o nome, o mesmíssimo Senhor Secretário de Estado do Desporto e leva 1000 euritos de multa.
Isto está mal. Todos sabemos. Mas está a sair do real, não acham? Será que no meio de uma Europa “civilizada”, “culta”, “democrata”, “unida”, está a nascer uma Venezuela? Lá exemplos têm eles, e amigos também…..

Anónimo disse...

concordo a 100% com a sua opinião sobre o Braga. São um exemplo. Jogam de igual para igual e não tremem. Nunca fui grande adepto do Braga, mas tenho de confessar que tenho grande admiração por este braga.

Adriano disse...

Dr. PSL,

Futebolisticamente, a minha cidade está a passar por um processo de crescimento sustentado consentâneo com o desenvolvimento geral que revela. Por muito que eu não concorde com alguns passos dados nos últimos 30 anos pelos executivos camarários de Mesquita Machado, esta cidade tem agora um clube que faz jus ao seu passado bimilenar, ao seu presente prometedor e ajuda a augurar um futuro ainda melhor!