sábado, 28 de março de 2009

Too much!...

Barack Obama está a expor-se demasiado. Aquela entrevista a falar dos quartos e das salas da Casa Branca...Porquê? Onde estão os estrategas da campanha? Um, David Plouffe, vai estar em Lisboa, na próxima segunda-feira, para uma conferência na Universidade Católica, a convite de António Cunha Vaz. Se é isso, se andam mais elementos da equipa da campanha em viagem, convinha organizar as escalas de serviço e ficar alguém em Washington. É que têm sido demasiadas as intervenções pouco inspiradas. Para ser simpático...

13 comentários:

Valdemar Cunha disse...

Dear Pedro,
Mr. Obama is not the "medicine man"... in a very near future, when the honeymoon is over, his fans will have a rude wake-up call.
Eventually the cat will come out of the bag...

Marco Rodrigues disse...

Realmente a sua estratégia de imagem consitui um dos aspectos mais "delicados" nesta curta governação. Os resultados podem ser variados
1- agradar às massas da população americana, envolvendo-os nesta luta face à "crise"
2- expor-se em demasia e chegar a um ponto de não retorno, onde a sua credibilidade será, em cada intervenção, mais afectada;
3- transmitir uma mensagem ao Mundo desvirtuada e sob a, suposta, batuta de desinteresse americano;
Pessoalmente acredito que o ponto 2será o determinante na sua governação.

Lynce disse...

O importante para Obama foi ter vencido as eleições. De resto todas aquelas fortes convicções de mudar a América e o mundo, que diáriamente pautavam os seus discursos, foram desvanecendo, de tal forma que a febre do obanismo está cada vez mais desvanecida.
Nada que já não estivesse à espera.

Diogo Santos disse...

Lamento discordar Dr. Santana Lopes. As pessoas precisam de estar com os seus líderes, e de saber o que eles pensam fazer para resolver os problemas. As pessoas não precisam de políticos fechados no gabinete e rodeados de assessores, a viver numa bolha impessoal de leis, números e sondagens. Vejo em Barack Obama um homem que quer mudar muito do que está mal naquele país; um homem que quer dar um cunho pessoal em tudo o que diz e faz; um homem que sabe que vai ser responsabilizado pelo que correr bem e pelo que correr mal, e que apesar de delegar e confiar nos seus ministros está por detrás deles como um general a acompanhar as tropas. Se me permite a ousadia, o estilo de governação de Obama recorda-me o seu próprio. Creio que Portugal nunca viu tamanho empenho pessoal numa acção governativa que poderia e deveria ter sido levada até ao fim do mandato, em vez de interrompida em primeiro lugar por razões de carácter partidário, e depois perdida em favor de um projecto político mentiroso em todas as alíneas... Tal como acreditei no futuro de Portugal com Pedro Santana Lopes, e acredito no futuro de Lisboa consigo ao leme, precisamente por causa do seu empenho pessoal em melhorar a vida dos portugueses, acredito que Obama vai levar a América e o mundo a bom porto, porque dá a cara e faz com que a América e o mundo acredite que é possível sair desta crise.

silva disse...

Nestes tempos em que vivemos a voz da esperança fez eco.
Quem disse que Obama seria um "mito urbano"?
Cada vez mais a comunicação social tornou-se a arma mais poderosa e perigosa do século vinte.
Oxalá me engane!

João Santos disse...

A situação faz-me lembrar um filme antigo que se chama «O candidato». Só imagem e sorrisos. Quando a eleição é ganha o staff é questionado «E agora o que vamos fazer?»

Pois, isto faz-me lembrar o que se passou na minha secção há uns dias. Queria-se aprovar o nome dos cabeças de lista, mas quando o auditório questionou o que tinham feito em 3,5 anos e o que se propunham fazer nos próximos 4, foi o silêncio. Sem comentários.

Entretanto a proposta foi retirada, visto que um 'bacano' (vice-presidente) disse que os militantes não tinham direito a questionar nada. Já agora a reunião de CP,que aprovou os nomes nem sequer foi convocada nos termos legais. Mas considero que os bacanos devem ser os candidatos:
1ª foram eles que em 4 anos destruiram o trabalho de credibilização de outros, em 12;
2º ninguém quer agora ficar com o ónus da derrota;
3º last, but not the least -os coitados não têm trabalho, nem vontade de trabalhar...

Como dizia Churchill, a democracia não presta, mas é o melhor regime. O que não quer dizer que se não melhore...

Me disse...

Caro Pedro,

É o estilo Obama, um pouco também ao estilo do Dr. Santana Lopes, Santanettes à parte. Só que quer-me parecer que ele vai mesmo fazer. Qualquer coisa, a ver vamos.

Ricardo Araújo disse...

Boa noite Dr. Pedro Santana Lopes goste-se ou não, penso que este é o seu estilo.
Barack Obama iniciou uma nova era de fazer politica, onde um politico não é mais do que um simples cidadão, que deve fazer aquilo que sente, bem como deve sentir aquilo que faz.
Aguardemos mais uns tempos, pois não queira fazer ao homem o que lhe fizeram a V. Exa.
Um grande abraço, cordialmente.
Ricardo Araújo.

Filipe disse...

Sugiro que publique no blog esta entrevista, que fala sobre os políticos em geral, Obama incluído:

http://pt.no-media.info/1255/entrevista-com-gerald-celente

É realmente bastante esclarecedora.

Miguel Vaz Serra disse...

Dr.Santana Lopes
Quando José Pinto de Sousa ganhou a liderança do PS e depois do golpe palaciano de Sampaio, as eleições, o povo andava todo alvoraçado. Tudo era um mar de “rosas”….A carrancuda da ministra das finanças com o chato e deprimente discurso da tanga que só piorou e muito a já lamacenta moral dos portugueses, não ia afinal voltar nunca mais, o novo PM era um bálsamo positivo, os impostos iam baixar, os ordenados subir, o descongelamento dos salários era iminente, a corrupção acabar de vez, os sindicatos cantavam de alegria o fim da nefasta direita...até parecia uma nova revolução....e.....veja só no que acabou....A corrupção é ela mesma a líder, os impostos subiram em flecha, a economia está de rastos, escondendo atrás da crise mundial a incompetência tremenda do PM, e o discurso do pé rapado é muito pior que jamais foi o de Manuela Ferreira Leite ( que era deprimente!!! )Blair ( o Tony que o nosso PM chamava com ar "teenager" de Tony..Tony...que toda a Europa soubesse que o conhecia bem....tss tsss.. )foi também uma decepção tremenda no Reino Unido, só que lá são afastados, aqui nem o roubo os faz demitir.
Obama está ainda em estado de graça e ao contrário do que diz o Senhor Lynce...a Obamamania,que não Obamismo, está bem longe de ter acabado, tanto nos USA como no mundo, pois Obama não é um fenómeno qualquer..Está muito além do que se possa imaginar ou entender assim de leve...É MUITO mais profundo o conteúdo e profundíssima a mudança de valores. Esperemos 2 anos e aí falaremos todos de Obama.Aí veremos se se saiu bem ou ao contrário termina como o Senhor José Pinto de Sousa, sem crédito moral nem no café da esquina.
Mário Crespo no JN de ontem fez muitas perguntas…quase todas as que o povo gostaria e não pode fazer, Obrigado Mário!:"Como é que as embaixadas em Lisboa estarão a informar os seus governos sobre o caso Freeport? O que é que dirão do primeiro-ministro de Portugal? O que é que dirão da justiça em Portugal? O que é que estarão a dizer de Portugal? Que efeito estará tudo isto a ter na respeitabilidade do país? Que efeitos terá um Primeiro-ministro na situação de José Sócrates no rating de confiança financeira da República Portuguesa? Quantos pontos a mais de juros é que nos estão a cobrar devido à desconfiança que isto inspira lá fora?" e hoje o DN publica:"O escritório da advogada de Zeferino Boal, alegado autor da carta anónima que desencadeou o caso Freeport, foi esta madrugada assaltado, tendo sido roubado o computador portátil com documentos do processo"...A que se chama isso?Caracas?Havana?Moscovo?Ou Lisboa?...e o DN segue: "A gravação na qual Charles Smith diz que José Sócrates "é corrupto" é autêntica. Foi o próprio arguido do caso Freeport que assumiu a autenticidade das suas declarações, durante a investigação paralela que decorre em Inglaterra."…..e agora?
Penso que o facto de nos quererem meter medo, como faziam nos anos 60 e princípio dos 70, e aliás como dizem em inglês no famoso DVD, não deve de forma alguma calar-nos,como não calam Mário Crespo, por exemplo.
Quem não deve, não teme e chegou a altura de todos falarmos bem claro:
Isto não está bem, não é normal que continue assim, deve mudar e todos devemos falar no assunto de forma objectiva, clara, transparente: Este Governo já caiu há muito tempo, o estrondo é que ainda não se ouviu!!!

Dina disse...

Caro Dr Pedro
Iria comentar , mas quando li os comentários de Diogo Santos e de Miguel Vaz Serra , acho que ficou tudo dito !
Não esqueça «...as pessoas precisam de estar com os seus lideres...»
Precisam de senti-los e de acreditar neles, ou por outras palavras, as portas abertas e a simplicidade de quem as abre , ainda que no sentido metafórico, falam só por si e tem uma força imensurável .
Além disso , Obama não precisa de estar sempre a intervir. Ele tem é que agir !
E está a fazê-lo , com alguma calma e com o minimo de estardalhaço como convém . Veja-se a AIG, a GM , o Afeganistão , para não falar no «backstage» de Israel e do Mundo Arabe.
Vamos ver!

Diogo disse...

Se fosse o Bush a ter a gafe que o Obama teve no programa do Jay Leno sobre os atletas para-olímpicos tinha caído o Carmo e a Trindade por esse mundo fora. Como foi o Obama toca a abafar. O Obama também me seduziu inicialmente mas quando percebi que era um abortista e que ao abosto dava toda a prioridade percebi que me tinha enganado.

joyce disse...

Dr. Pedro Santana Lopes

Fora do contexto.

SECRETÁRIA ELECTRÔNICA PARA ESCOLAS:

"Esta é a mensagem que os professores de uma escola da Califórnia decidiram gravar na secretária eletrônica da escola.
A escola adotou e exige dos alunos e dos pais responsabilidade pelas faltas dos estudantes e pelo trabalho de casa.
A escola e os professores estão sendo processados por pais que querem que seus filhos sejam aprovados mesmo com muitas faltas e sem fazer os trabalhos escolares.

AQUI A MENSAGEM GRAVADA:

"Olá! Para podermos ajudá-lo, por favor ouça todas as opções:

- Para mentir sobre o motivo das faltas do seu filho - tecle 1

- Para dar uma desculpa para seu filho não ter feito o trabalho de casa - tecle 2

- Para se queixar sobre o que nós fazemos - tecle 3

- Para insultar os professores - tecle 4

- Para saber por que não foi informado sobre o que consta no boletim do seu filho ou em diversos documentos que lhe enviamos - tecle 5

- Se quiser que criemos o seu filho - tecle 6

- Se quiser agarrar, esbofetear ou agredir alguém - tecle 7

- Para pedir um professor novo, pela terceira vez este ano - tecle 8

- Para se queixar do transporte escolar - tecle 9

- Para se queixar da alimentação fornecida pela escola – tecle 0


MAS, se você já compreendeu que este é o mundo real e que seu filho deve ser responsabilizado pelo próprio comportamento, pelo seu trabalho na aula, pelas tarefas de casa, e que a falta de esforço do seu filho não é culpa do professor, desligue e tenha um bom dia!"

Meu comentário:
Parece que o mal é geral!