sábado, 28 de março de 2009

Mais dífícil

Portugal empatou com a Suécia. Importa reconhecer que dominou muito e que jogou bem, em vários períodos do jogo.
Agora, com a Dinamarca longe, após nos ter ganho em casa, e com a Suécia com menos um jogo, e o mesmo número de pontos, após dois empates connosco, as coisa não estão nada fáceis. Mais a Hungria, com o mesmo número de pontos da Dinamarca, embora, neste caso, ainda com os dois jogos para disputarmos.
É muito importante, sempre, estar na fase final de um Mundial, mas neste, da Àfrica do Sul, é especialmente relevante.Por razões que todos nós, Portugueses, sentimos.

6 comentários:

ATRIBUTOS disse...

Meu caro,

Entendi o jogo de hoje, assim

http://atributos-1.blogspot.com/2009/03/azar-azar-azar.html

Melhores cumprimentos

José Magalhães

miguel vaz serra disse...

Dr.Santana Lopes
O puto joga bem lá fora porque não é "ninguém",nem mais que os outros e tem mão de ferro.Aqui,é capitão, fica nervoso, não tem quem o lidere e estaleca é muito pouca para ser o N 1...o resto..já se sabe...Uma desgraça total, um treinados adjunto a fazer o papel de 1º..enfim,á portuguesa. Pois...

Ricardo Araújo disse...

Boa noite Dr. Pedro Santana Lopes a nossa Seleção não tem espírito de vencedores.
Quando vemos Ronaldo fazer umas declarações infelizes como as que fez, onde disse que jogava igual na Seleção como no M.U. e onde afirmou que se todos jogassem como ele Portugal era campeão do mundo.
Nem ele joga como no clube, como temos jogadores na Seleção que jogam bem melhor do que ele.
Para melhor do mundo devia fazer muito mais, senão olhemos para o Messi, onde esse sim joga igual onde quer que seja.
Outra das coisas que não entendo é o seleccionador, quando escolhe o onze principal.
Será que o Deco não deve jogar de início?
Será que o Moutinho, o melhor jogador do nosso campeonato, não tem lugar nesta equipa?
Será que o Nuno Gomes não é melhor do que o Hugo Almeida?
Será que não temos laterais de raiz ao ponto de meter Ricardo Carvalho a lateral?
Dr. Santana Lopes é por estas e por outras que não vamos a lado algum e não digo isto por não gostar do Professor, pois eu prefiro o Professor no comando da seleção de que o anterior selecionador, penso que o mal está em quem dirige o nosso futebol, pois temos jogadores na seleção que só devem estar lá por algumas forças anómalas.
Um grande abraço, cordialmente.
Ricardo Araújo.

Filipe disse...

«Por razões que todos nós, Portugueses, sentimos»?

Lamento, mas sou português, e não sinto nenhuma razão especial...

Preferia ter um governo competente, autarcas que não roubem ou endividem os contribuintes, gasolina ao preço de Espanha, qualidade de vida mais próxima da média europeia, e menos boys nas grandes empresas, do que a "honra" de participar numa qualquer festa da bola.

Diogo disse...

Tenho ouvido repetidamente que até jogámos bem e rematámos muito. A táctica agora permite isso mesmo, e é igual à táctica pré-Scolari e que se baseava em pôr 6 ou 7 jogadores no meio-campo e jogar sem avançados. Claro que isso resulta em posse de bola. Não chega é para pôr a bola no fundo da baliza. Mas até é bom que isto de ver muitas bandeiras portuguesas às janelas do "povo" irrita muita gente!

CJanela disse...

Só falta o Carlos Queiroz vir dizer que existe uma "Campanha Negra" contra ele e contra a Selecção!! se isso acontcer, quem será o "Santos Silva" ??!!