domingo, 7 de dezembro de 2008

Que Paciência!...

É precisa muita paciência para o comentador pior que o António Vitorino. Só faltava agora ter que se pedir licença para se fazer uma breve análise politica. Cada vez mais, não diz coisa com coisa e, agora, comenta distorções ou invenções sobre o pensamento dos outros. Ninguém pára esta pouca vergonha da falta de regras em assuntos sérios? Eu nunca disse que Cavaco Silva tomava a decisão de motu próprio, para se vingar, ou "de presente". O comentador usou de extrema incorrecção intelectual. E sabe-o. Irrita-se quando outros dizem o que ele gostava de ter dito e vai de distorcer tudo. O que fazer? Ignorá-lo?
Já agora, oh comentador: está preocupado com as faltas dos Deputados? Falou nas sanções dos tempos de Cavaco Silva... E no seu tempo? Quantas faltas houve? Não acontecia? E, já agora, quer ver as faltas na votação final do Orçamento de Estado? Falou de Deputados com peso... E o peso de comentadores que defendem candidatos a líder em Maio e Junho e, três meses depois, começam a -los em causa? E que, numa semana, dizem que podem ser candidatos à liderança, em 2009, ,e na semana seguinte, dizem que nem pensar?

41 comentários:

Raúl Saint-Clair disse...

Com aquele «cavalheiro» não adianta. A ética é mera palavra e conceito externo ao seu comportamento. A seriedade intelectual é-lhe refractária. É um destes novos-velhos gurus da superficialidade e sobressimplificação, tão ao gosto das massas em transe mediático.

Como pôde escapar a tal figurão que é Sócrates, que ao cumprir os seus 4 anos de mandato (Março?) pode suscitar junto do presidente a demissão, controlando e forçando ele próprio o processo?! Mas então a análise de tal guru é assim tão linear e limitada aos seus desejos?

O personagem revela-se humorístico e inexcedível exemplo de estudo do que não se deve ser (nem parecer!) em política. E tal é suficiente para o suportar.

Este Portugal dos pequenitos merece-o perfeitamente.

A Tasca do Tijoão disse...

Será por isso tudo, que cada dia menos pessoas assistem aos comentários do dito Sr.! Começam só a assistir os "comentadores dos comentadores" para ter que dizer!

Jorge Dinis disse...

Ditado popular: "Homem pequenino ou é velhaco ou bailarino".
Daí...

Hugo Correia disse...

Sorrir...

João Baptista Pico disse...

E se Deus ao descer à terra deste rectângulo, viesse dizer que é uma falta de carácter enorme de quem em nome de ética e moralidade e do nome de Deus invocado em vão, teimar em querer esconder um calculismo tão primário e cínico como se o povo português pudesse ficar toda a vida de pernas abertas `sa espera de um novo D. Sebastião...
E até 2009 tanta água ainda irá correr debaixo das pontes, quanto mais já andar a pensar se não será melhor isto ou aquilo para 2011.
Não Professor Marcelo o Sr. Professor não cabe mais na carruagem do futuro político...
Talvez o seu problema seja o do seu velho padrinho Marcelo Caetano que "perdeu" em 58 e em 68 já era tarde demais...

teresa mendonça disse...

marcelo candidato a líder, já! podia ser que num eventual mergulho, num qualquer charco de portugal, ele perdesse de vez aquela pose de salvador da pátria. não há pachorra!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

A lei na Televisão devia proibir que qualquer político pertencente a um qualquer Partido, pudesse ser "comentador oficial" de um qualquer canal.
Político de profissão tem o Partido, a AR, as ruas e os desertor para comentar. Nuca num canal televisivo, sem ter o "contraditório".
É a lei da ética. Mas onde é que ela existe, neste País???

CANF - Faro

miguel vaz serra disse...

Dr.Santana Lopes
Eu ouvi o comentário em directo e fiquei atónito.Até chamou o Senhor de louco.Eu ouvi.Portanto já desceu ao patamar mais baixo que politicamente se pode chegar.Fisicamente achei-o cansado,coitado,não deve dormir bem com tanto disparate que diz e depois são que os outros que estão loucos.....HAJA PACIÊNCIA REALMENTE.
E Teresa Mendonça....Para denegrir ao mais baixo a política portuguesa,2 Sousa chegam e sobram,imagine-se 3!!!
Mas paciência é o que mais tem e sobra a este povo..tanta que até querem votar PS outra vez...
Loucura,ignorância ou sado-maso?
Paciência para aturar o PCP e o seu congresso...Vozes do "passado" que gritam vivas a ditaduras como a Cubana,Coreana e Chinesa,mas que olvidam criticar a fome,a tortura e a loucura política que existem nesses Países.Enlouqueceram com a palavra "nacionalização" do BPN,gritaram vivas ao Marxismo mas esqueceram que esta foi precisamente para salvar e bem o capital..mas qualquer coisa serve para gritar,com Cunhal era o mesmo,dava-se a volta á cassete e lá ía tudo á frente.Menos mal que o comunista Saramago disse alto e em bom som que a China era um perigo para o Mundo pois tinha ainda mais instintos de imperialismo planetário que os USA.Tambêm disse que a ministra da educação devia portar-se bem e não ser uma menina mimada e de tiques que só sabe dizer "não ,não e não!!!Já disse!"
Só lhe falta a fitinha cor de rosa no cabelo com a rosa do PS.
É de tal forma profundo o seu pensamento educativo que a melhor coisa que lhe passou nos 3 anos de Ministra ( isto dito pela própria )foi ouvir da boca de um menino de 4 anos que ao receber o Magalhães disse: quando fôr grande vou filiar-me no PS ( olha lá o experto hein?ainda dizem que os putos não a sabem toda... )
Paciência para o mulherio que agora quer chegar ao poder por lei.Quem é a mulher que necessita chegar ao poder por lei?Eu respondo: as burras
Então andámos a discriminar as mulheres e para acabar com isso descriminam os homens?É que se o critério de fazer listas é a lei e não a competência,então passa a haver discriminação dos que a têm mas não podem ir para as listas porque a lei diz que tem que haver 33% de mulheres...sejam elas competentes ou não....Esta minha língua.........
Paciência para o PS ( HAJA PACIÊNCIA ) e seu secretário geral.Cada vez o PS vai mais para a direita,tanto que já não tem votantes de esquerda..Esses foram todos para o bloco.O problema é que este PS foi feito de novo por este secretário geral,o PM que apesar de ele achar que não,é mortal como os demais e vai deixar de ser PM e secretário geral um dia..VAI????SIM!!!!!
e esse dia..o PS morre,pois não tem votantes de esquerda,fugiram todos com a loucura actual, e tambêm não vai ter os de direita que basta terem uma liderança capaz,voltam todos ao PPD.É assim a ironia do destino: Quanto mais alto sobes...maior é a queda.....
A vitória em 2009 de Sócrates é portanto a morte do cisne do próprio PS!!!!!!!!!!!!!!!!E Manuel Alegre sabe-o.........Só tenho pena dos professores se o PS tem outra vez maioria absoluta...porque aí..a vingança será terrível........Não votem á direita não..depois queixem-se...Um dia o PM ainda Secretário de estado disse ser um,e passo a citar,"animal perigoso".Eu pergunto..Até que ponto?Olho!
Paciência para ver como o PS se apodera de todo o poder económico deste País,sem resistência alguma pois tem-se visto como a direita cheia de telhados de vidro se cala e deixa que o PS os salve...Isso tem um preço...Terrível...e Cavaco Silva sabe-o bem........Em termos futuros isto é perigosíssimo....sim........
Estão pouco a pouco a queimar a imagem do PR,até já disseram que aprovam o estatuto dos Açores para provar ao povo que Cavaco não manda nada e a verdade é que o PR perdeu a força política toda.Fica como a Rainha de Inglaterra que até os discursos é o PM que lhe dá a ler....???Ou vai bater com o punho em cima da mesa como o povo assim espera?Mas afinal Portugal tem um regime semi-presidencialista ou parlamentar-absolutista??????????????? Isto é que é ter paciência!!!!!!!!E faço um apelo a Manuela Ferreira Leite : PERCA A SENHORA A PACIÊNCIA QUE AINDA VAI A TEMPO DE TIRAR O PODER A QUEM NUNCA LÁ DEVIA TER CHEGADO.
OS ANIMAIS PERIGOSOS DEVEM ESTAR ENJAULADOS!!!

carlos disse...

Caro Dr Pedro Santana Lopes,bom dia
Isto está a aproximar-se duma tão degradante fase que deve recear-se uma ruptura social.O comentador entende que os seus,cada vez mais constantes,ataques de imbecilidade devem ser dados a conhecer em directo na RTP.Há muito,muito tempo que o deixei de ver e ouvir!
Um tipo que não dorme,escreve com duas mãos,lê partes de bibliotecas durante a noite,se vivesse num País civilizado era considerado de imbecil e muito provàvelmente internado num qualquer hospício onde onde as deficiências do sistema nervoso são tratadas;em Portugal é professor catedrático.
Ele,infelizmente,talvez por não dormir suficientemente,não pensa que o comum dos cidadãos pode ficar com sérias dúvidas sobre os graus académicos que são conferidos pelas universidades portuguesas.O simples facto de chamar Deus à Terra,deveria ser encarado como um sério aviso de que qualquer coisa não está bem.
Já agora outra coisa ou talvez não porque o assunto é a sua pessoa.
Estive a reler coisas passadas e encontrei algumas das coisas que escreveram sobre si quando o senhor foi Primeiro Ministro de Portugal e verifiquei que não se disse que o senhor era incompetente,que o senhor era um político incapaz,não senhor isso não dito.Dito,apenas,que o senhor era muito dado a mulheres e,portanto,Portugal corria o risco de ver o Palácio de São Bento transformado num bordel.Recordei num blog,um post duma senhora que afirmava que não ia votar em si,porque o senhor queria introduzir no país a "sorte de varas" e,por conseguinte,estava a contribuir para o sofrimento dos touros,que ela descrevia tão bem que se não víssemos a palavra touro podíamos pensar que o sofrimento era o de crianças.Mas muito mais grave foi o facto do senhor ter escolhido para Ministro Adjunto o Presidente da Associação de Tiro aos Pombos que a senhora em questão considerava o terror dos animais.
Como vê,a doença do Prof.Marcelo é contagiosa.
Para terminar,sugiro-lhe com muita humildade que,antes da campanha para a CML,distribua cartazes com fotografias,onde na lezíria o senhor surge,abraçado a cães tendo,atrás de si dois touros em franco diálogo com três campinos que seguram gaiolas com pombos.
Um abraço do
carlos monteiro de sousa

carlos disse...

Dr Pedro Santana Lopes,bom dia
Gostei do que disse sobre o que Sócrates quer com a idiotice do Estatuto dos Açores e acrescento que se ele conseguir ter Europeias ou Autárquicas antes das Legislativas é certinho que aplica o golpe do camarada Guterres,isto é,demite-se por via dos maus resultados.Mas,perante a gravidade da situação internacional,ele Sócrates,o que pretende para o bem do amado povo,é um mandato claro para continuar as reformas,etc,etc.
Desta forma,esconde a precária situação do País,atrasa o próximo Orçamento de Estado,modifica este e volta a aumentar os impostos.
Não era este mesmo senhor que criticava as receitas extraordiná-
rias do seu Governo?Então agora a Brisa,EDP e outras já estão pagando
sobre o futuro,que nome dá ele a estas receitas?
Tenho a sensação que o comentador não terá gostado que o senhor tivesse tocado na ferida que começou a infectar.Ele sabe que é verdade o que o senhor disse e por isso volta com Cavacos.Isso de Cavacos contra si e o senhor contra
Cavacos foi chão que deu uvas e ele ainda não notou.
Eu penso que o verdadeiro motivo porque há gente que teme a sua candidatura à CML é precisamente vir-se a saber a razão de todo este assanhamento.
Onde estão os "barões" (os Veigas e quejandos)para dizerem às bases do Partido o que o Sócrates se prepara para fazer?Tenho a impressão que devem andar a investigar se o Santana deu mais uma queca e/ou se não dormiu em casa.Isso sim,são assuntos importantes que o povo tem de saber de modo a não cair em pecado.
Os Veigas,Pachecos,Marcelos e outras mentes iluminadas,velam para que Santana Lopes não possa,em tempo algum,mostrar aos portugueses que eles,também,e não só os outros,têm possibilidades e capacidades para viver melhor e mais felizes.
Tenha uma santa paciência.
Um abraço do
carlos monteiro de sousa

Lamas disse...

Concordo inteiramente consigo.
Não posso deixar também de relevar a atitude da jornalista.
Tinha por obrigação profissional de o corrigir. Não o fazendo pactuou com a mentira.
É tudo muito feio.

Lamas disse...

É tudo muioto feio.
A jornalista pactuou com a mentira.
Tinha por "obrigação" de o corrigir e não o fez.
Muita subserviência.

Lamas disse...

Totalmente de acordo.
Tão grave é a postura da Srº jornalista que tinha por obrigação de o corrigir imediatmente e não o fez por óbvia subseviência.
É tudo muito mau.

Anónimo disse...

Até que enfim Dr.
Começava a pensar que v/ exª gostava de levar "porrada" e calar-se .È isso mesmo não há que calar perante as enormidades deste comentador nem há que calar perante as enormidades de ninguém .Há que fazer saber ás pessoas que quem lançou o concurso publico dessa obra que esteve parada 24 anos foi o Sr. e o seu curtissimo governo .Aproveite o tempo que a comunicação social lhe dá para dizer issso aos portugueses ,inclusivé o Jornal Sol.O sr tem que se defender destas pseudos figuras do nosso país.
RG

Afonso henriques disse...

Por já não ter paciência, ouvi por mero descuido, as cogitações do senhor comentador sobre as escolhas do Presidente eleito dos EU Barack Obama para a sua Administração, e talvez por não ser português teve direito a um "fez tudo bem". Não tendo o calibre opinativo do dito senhor, não posso deixar de notar que até Castro já veio dizer que não será bem assim quando afirmou que não conversará com a Sra. Clinton. Um comentador de referência, deveria saber que o Secretário de Estado é a segunda figura da Administração norte americana e que o sucesso do seu desempenho depende em larga medida da sua identificação com o Presidente, não é portanto, um bom começo.

Afonso Henriques disse...

Ainda a propósito de um eventual cenário de eleições antecipadas, o comentador deve saber que nem o calendário eleitoral convém ao Primeiro Ministro, nem tanta cooperação estratégica é já conveniente para o Presidente da República.

Anónimo disse...

Faça como eu que deixei de o ouvir em Setembro de 2004...e não o fiz por não concordar, a maioria das vezes, com o que dizia, mas sim porque é mais um que fala, fala, fala e nada diz.

Para além de quem tem o péssimo defeito de achar que é dono da razão e o que está correcto é o que ele diz, o que ele pensa...

Eu ignoro-o.

Beijinhos,
Teresa

Timóteo Lacerda de Albuquerque disse...

Em tempos longínquos o sr. comentador seria liminarmente apodado de íniquo, de vil, tal a cupidez e malfeitor calculismo encerrado na lógica dos seus medíocres intentos.

Contemporaneamente o sr. comentador é idolatrado por um escol que o toma como modelo na vez de alvo...

Para os menos distraídos e conhecedores dos sórdidos meandros da dialéctica erística com que Schppenhauer esclareceu a posteridade que aprendeu a seleccionar as ideias de valor, o sr. comentador reflecte-se simples e limpidamente no veneno que destila.

Eis o vilão, eis o biltre.

João Luís Sobral disse...

Haja pois paciência, cidadão!

Daquela mesma paciência que tantas vezes somos chamados a utilizar com os animais a domesticar.

Marcelo Rebelo de Sousa, esse caso de flagrante falhanço de um membro da élite projectado para governar, toma-se ainda, por certo, em tempos de nepotismo da primavera marcelista.

O que me diverti quando há uns anos o «imparcial» professor, ao tomar uma edição livresca da Gulbenkian em mãos para mais um momento de crítica literária em super-semi-diagonal, pareceu ser queimado pelas negras capas do livro que terá reconhecido em incómodo momento como erro maior de casting para o programa.

É que o livro, dedicado aos maiores e diversamente tipificados falhanços da élites nacionais, dedicava-lhe um capítulo inteiro e por demais recheado...

silva disse...

O peixe morre pela boca, quando não percebeu o que disse no Porto, as palavras são de MRS em 2004 ao Diário Economico, "Um comentador é tanto melhor quanto estuda e se informa dos temas e melhor comunica. Até porque a ideia de querer acertar à força leva a que os comentadores se irritem com a realidade, quando ela não se move de acordo com os cenários que traçaram, para poderem ter razão".
Haja paciência! MRS esquece a sabedoria popular que "Quem tem peneiras, não se livra de asneiras".

Anónimo disse...

Boa Noite.

Neste caso cada qual defende a sua dama o que não está nada mal. Pior é falsear o parceiro.

Agora no PSD quando Vª Ex.ª foi candidato a PM, alguns do seu partido só o não trucidaram porque não puderam...

Se se compreende que Vª Ex.ª não ataque o Senhor Presidente,até para demonstrar que não é igual a ele. Agora que o defenda é que é incompreensível...

Olhe que eu ainda não me esqueci da boa e da má moeda...

007 - Coimbra

Vitor Azevedo disse...

Concordo com o senhor. Mas doutor Pedro Santana Lopes, tem de concordar que aquilo foi mau demais e nós, os militantes que estamos com o partido sejam eles quais forem os lideres, sejam eles quais forem os resultados políticos, nós que assumimos no anonimato (no terreno) que somos militantes com orgulho do Partido Social Democrata, temos razões para estar preocupados com aqueles que enviamos para a Assembleia da Républica, para defender entre outros mas principalmente os nossos interesses.

Aceite desde já as mais cordiais saudações sociais democratas e um abraço amigo, do companheiro,
Vitor Azevedo

luis campos disse...

acho que o professor Marcelo tem uma boa hipotese de ser levado a sério e esperar por um 2009 radioso.
É ter a coragem de ser candidato a uma câmara dificil.
Se assim fôr, e se ganhar, merecerá o respeito de todo o partido.
Caso contrário terá de ser reduzido a categoria dos pachecos pereira que só são PSD para sacarem o máximo de proventos possiveis.
Por isso prof Marcelo dê a cara pelo partido.
E aqui deixo 5 sugestões:
Setúbal,Évora,Guimarães,Braga ou Amadora.
Vá lá seja homenzinho e dê a cara.

carlos nunes disse...

Todo o mundo bate em Marcelo...!
Lá porque o homem abandonou o Partido ou porque nunca ganhou uma Junta de Freguesia, não é preciso tanta raiva contra o homem!... ...
esqueceram que até foi corajoso ao atravessar o Tejo com tudo aquilo a navegar...haja paciência!
Ninguém é tão asno como o querem pintar. A provar o que digo, veja-se que acerta metódicamente em tudo o que diz! Faz-me recordar a novela brasileira de " O ASTRO" !

Anónimo disse...

Caro companheiro pedro santana lopes, não é por acaso que o querem afastar sistemáticamente da liderança do nosso partido. Esses "senhores/as" não querem ninguem que lhes faca frente ou que seja mais brilhante que eles... que falta faz o nosso Francisco Sá Carneiro!!! Aproveito a ocasião para dar uma sugestão: voltar a chamar ao partido apenas PPD. era mais apropriado á nossa realidade e era uma grande homenagem ao nosso grande líder espíritual Francisco Sá Carneiro...
grande abraço... de um Santanista convicto. Miguel Cardoso

Anónimo disse...

É evidente que os apanhou. As reacções dos socialistas são tão disparatadas que eles estavam e estarão ainda(?). Couraçado ao fundo! Boa Dr.!

Tiago Meireles disse...

Boa noite.

Para o peditório do MRS há muito que não dou pataco. O homem, apesar de se dizer do PPD/PSD (será-o verdadeiramente?!...), é do mais trampolineiro e intriguista que a política pós-25 de Abril produziu neste jardim do acaso e da navegação à vista.

Já o caso das faltas incomoda, seja qual for o comentador. Faltarem 30 deputados a uma votação onde se poderia fazer a diferença, e em momento tão crítico da afirmação do partido, é grave. Bem sei que alguns tinham excusa justificada e que outros a fabricarão a contento, mas o PSD passava bem sem isto. Já não bastavam as frases infelizes da presidente, que o marketing do PS não deixará de remeter em boomerang em tempos de campanha e de debates entre Sócrates e Ferreira Leite, para ainda por cima o grupo parlamentar passar por irresponsável aos olhos dos eleitores em período de tanta susceptibilidade. Dá a impressão que o PSD está à deriva. E até isso é surpreendente com esta direcção, que ao longo do tempo de oposição dava a entender que tinha um plano de mestre para o partido. Afinal não passam de aprendizes ineptos. Não fosse o caso ser sério e lamentável para o PSD, e Santana Lopes e Menezes teriam motivos de sobra para rir até às lágrimas com estes «salvadores da pátria» que são autênticas bóias de chumbo...

Ricardo Araújo disse...

Boa noite Dr. Pedro Santana Lopes este senhor deve ser uma pessoa que tem uma qualquer mágoa dentro dele contra a sua pessoa.
Ainda ninguém conseguiu entender o que é, mas da maneira que ele fala a coisa deve ser grave, no meu entender deve ser que V. Exa. mesmo não aparecendo tantas vezes na televisão consegue ter mais protagonismo do que ele.
Não lhe ligue, só me apetece citar aquele provérbio " vozes de Burro não chagam ao céu".
É pena que o dinheiro dos contribuintes esteja a ser gasto em pessoas e comentadores que não o merecem, é tempo de proibir os políticos de irem a televisão comentar e isto não é anarquia, é que temos de deixar os comentários aos comentadores, os políticos que façam politica e os professores que se deixem estar a dar aulas.
Quanto a mais acho que tudo o que se escrever sobre esse comentador, é dar-lhe muita importância, importância é coisa que ele não merece.
Um grande abraço, cordialmente.
Ricardo Araújo.

Eduardo Lara Alves disse...

E quando temos um comentador que é candidato em campanha, que à falta de cometar os factos políticos comenta as apresentações de outros nada a fazer e nada a dizer. Não gostei do tom, não gostei da leveza gratuita.

Carlos Serrano disse...

O referido comentador é apenas mais um dos milhares de auto-nomeados intelectuais que infelizmente povoam Portugal e que sob uma capa falsa de sabedoria, criticam consecutivamente o trabalho dos outros. O problema desta gente é que não contribui em nada para construir seja o que for.
São infelizmente os seguidores dos críticos que há 400 anos se manifestavam contra as nossas primeiras descobertas.
Portugal precisa de pessoas com iniciativa e espírito empreendedor como o titular deste Blog mas precisamos também de nos desmarcarmos claramente dos actuais Velhos do Restelo.

Ruka0808 disse...

Exmº. Dr. Pedro Santana Lopes,

É a primeira vez que escrevo neste espaço, mas julgo que não será a última, até porque sempre fui grande apoiante do seu carácter e do seu modus operandi, que considero uma lufada de ar fresco, nesta nossa tão cinzenta política.

Quanto ao Sr. Marcelo, personalidade que confesso que já gostei de ouvir, mas neste momento, parece-me que subiu a um pedestal onde tudo lhe é permitido dizer, e já nem tem qualquer "filtro" na forma como o diz.

É caso para pergunta, o que fez ele quando passou pelos cargos de responsabilidade, e quais foram os resultados positivos que a sua passagem pela presidência do PSD trouxe.

Grande Abraço e continue sempre na sua linha...

Anónimo disse...

Como o Tiago Meireles diz e bem não dou para esse peditorio .Homens do PPD/PSD são aqueles que são capazes de ir aos congressos e debater lá em sede propria do partido as questõs que os preocupa e defendem .Estes como é o caso MRS e pachecos são os fracos que continuam a ter o cartão de militançia (pode dar jeito! nunca se sabe...)mas como politicos e carreiras politicas só tiveram foi derrotas e derrotas nunca conseguiram ganhar nada pelo partido .Defenda-se Dr. é defendendo-se com os seus argumentos que os vai calando e cada vez mais as pessoas percebem quem são estes tipos .Ainda gostaria de saber quanto é que gente paga (porque pagamos a rtp)para este tipo todas as semamas mandar atoardas sem nexo .Continuo a dizer que o homem não está no seu perfeito juizo ,não pode estar ..isto é asneira atras de asneira todas as semanas .Ainda por cima estamos todos a pagar para este tipo mandar atoardas durante 15 minutos .Ainda gostava de saber o ordenado que a RTP (Nós) paga a este senhor .Alguem sabe?

Marques disse...

Caro Dr. Santana Lopes,
Pela primeira vez utilizo um espaço destes para deixar alguns comentários não há forma como faz a sua defesa, essa respeito-a, mas como outros que gravitam à volta destes comentários se procuram posicionar para uma eventualidade de o Dr. voltar ao combate politico e aqui assumo que muito gostaria. Estes mesmo que agora não conseguem emitir opinião apenas lhe prestam vassalagem, são os mesmos que um dia o vão apunhalar pelas costas emitindo posições contrárias e posicionando-se noutra direcção.
Assim:
1. Concordo com o "Comentador", sobre o caso das faltas na votação. Os nossos ilustres deputados, e repare que propositadamente escrevi com letra minúscula, são os representantes de todos os Portugueses, sendo que estes deverão ser o exemplo para todos. Faltar por motivos justificáveis não é, nem nunca será crime num País em plena democracia como o nosso. O que é crime é que os prevaricadores vem sempre da mesma classe. O Dr. até pode ter a sua razão para faltar, ie, se é que o Dr. foi um dos faltosos, no entanto como facilmente percebe não é normal o número de ausências numa votação. certo?. Então investiguem e divulguem os nomes. Um cidadão comum mesmo por motivo de doença tem de justificar a sua falta.
2. Ser diferente não é obrigatório concordar/discordar e aqui perdoem-me, mas em quase nada concordo com a actuação dos nossos políticos e politiqueiros. É fácil ser-se politico, pois só é necessário ganhar eleições e depois dependendo da posição que temos ou no poder ou na oposição levantar o braço em função do lugar que ocupamos.
3. Para quem não gosta de comentários como os que são feitos pelos comentadores deve mudar de canal. Se algo foi feito, e honra seja feita aos que nos permitiram ter acesso a outros, vários, canais de TV.
4. Também eu não concordo com tudo aquilo que ouço, mas nem por isso tenho o direito de vir para um espaço como este e criticar por criticar e por vezes ser menos oportuno com o tipo de comentários.
Desejo sinceramente que um dia possa voltar a vê-lo no combate Politico, não pela politiquice, mas sim pela forma como vê o País, com pessoas sérias, responsáveis e com provas dadas de capacidade de mudar o que está mal, e preservar o pouco de bom que foi feito.

Melhores cumprimentos.

Adão Mascarenhas disse...

Boa tarde, Dr. Santana Lopes.

Começo por felicitá-lo pela sua abertura ao contacto com os cidadãos. É realmente raro ver neste país um político da sua craveira e com o seu currículo não se dares ares de vedeta distante. Parabéns pela sua atitude de vida e sinceridade que nela demonstra. Que todos os políticos ousassem o risco da sua transparência e proximidade ao público.

Quanto àquele comentarista que em tempos até fez parte do movimento da Nova Esperança, permita-lhe que continue a preferir, por óbvia e merecida penitência, a edificação do seu próprio monumento-labirinto do ridículo com que se traveste dominicalmente. O personagem faz rir boa parte do país. Pelo menos aquela parte que há uns anos pôde ler em reportagem referente às festividades dos seus 50 anos, os amigos (!!!) coinciderem no apontar do maior dos defeitos de tão singular opinador. Concordavam eles que a pecha daquele herdeiro de tantos atributos era, afinal, a tendência para... mentir. Leu bem: mentir. Os amigos próximos do próprio admitiam que o mais complicado de lidar com a personalidade do proeminente comentador era o facto de para ele suceder normal dizer, sobre uma e a mesma coisa, coisas diversas e até contraditórias conforme o interlocutor e a hora do dia.

Sejamos explícitos: Marcelo Rebelo de Sousa é um cadáver político, uma mumificação mediático-museológica, que se recusa a acreditar em tal realidade.

Semel sepultus, bis mortus.

Sic transit.

Anónimo disse...

Acho interessante o post.
E aos comentários ainda mais!

Não sou particular admirador do MRS.
Irrita-me um pouco os que se limitam a falar.

Pessoalmente penso que neste mundo existem dois tipos de pessoas:
Os que fazem e os que falam dos que fazem.

Os primeiros são importantes, os segundos costumam ser irrelevantes.

Por isso, este meu comentário é acerca dos que fazem (ou que deveriam de estar a fazer).

Os deputados.
Os legisladores.

Estes ao faltarem, não estão a fazer.
Violam a sua razão de ser.

Logo pergunto eu, já que no post e nos comentários subsequentes, apenas se comentou quem comenta (acto duplamente irrelevante):

1- Porque é que faltaram os deputados?
2- Quais são as consequências para os faltosos?

O erro cometido aqui por muitos é que ao comentarem o acessório (o comentário do comentador) nunca focarão a sua atenção no essencial.

Anónimo disse...

Comentario Sr Marques ;

3. Para quem não gosta de comentários como os que são feitos pelos comentadores deve mudar de canal. Se algo foi feito, e honra seja feita aos que nos permitiram ter acesso a outros, vários, canais de TV.

4. Também eu não concordo com tudo aquilo que ouço, mas nem por isso tenho o direito de vir para um espaço como este e criticar por criticar e por vezes ser menos oportuno com o tipo de comentários.

Desejo sinceramente que um dia possa voltar a vê-lo no combate Politico, não pela politiquice, mas sim pela forma como vê o País, com pessoas sérias, responsáveis e com provas dadas de capacidade de mudar o que está mal, e preservar o pouco de bom que foi feito.

Peço desculpa Sr Marques ,mas há aqui qualquer coisa que me escapa :

-Para quem não gosta dos comentarios ,muda de canal e também não concordo com aquilo que ouço e nem por isso tenho direito de vir para aqui criticar ... e depois termina com o desejo "sincero" de o DR Santana Lopes no combate politico não pela politiquice......

Oh Pedro peço desculpa mas não resisto a este tipo de comentários .

SR MARQUES Aqui ninguem lhe presta vassalagem ,prestam-lhe todos os dias nos diversos comentarios que fazemos a devida homenagem e apoio primeiro ao homem e depois ao politico que foi acometido pela maior pouca vergonha que alguma vez neste país foi feito a um nosso governante no periodo de democracia .Exporgar alguem de primeiro ministro após 4 meses de governação num governo de maioria é provalvelmente a maior vergonha desta nação.Acredite Sr. Marques que aqui ninguém presta vassalagem ao Dr.Pedro Santana Lopes aqui presta-se apoio aquele que no meu entender é um homem inteligente e sério e que sem duvida dos melhores politicos Portugueses até hoje.

Cumprimentos Dr Santana Lopes e peço desculpa, mas há comentários que me irritam profundamente .
Como diz um amigo meu quando está irritado com alguém ; Olha agora este !!!!!

Abraço

RG

Marques disse...

Caro RG

Em quase tudo concordo consigo;
Assim :
Também eu acho que fica para a história como o maior escândalo Politico a retirada de cena do Governo do Dr. Santana Lopes e talvez o acto mais desprezível que um Presidente da Republica cometeu;
Também eu concordo com as palavras que tem relativamente à pessoa do Dr. Santana Lopes. Em toda a minha vida poucas foram as vezes que saltei do conforto de minha casa para ir apoiar um qualquer candidato, no entanto digo-lhe que o fiz quando o Dr. Santana Lopes foi candidato a Primeiro Ministro depois da trágica comédia mencionada no ponto anterior.
Existe é um ponto onde discordamos e esse passa pelo facto de utilizar um espaço como este para sistematicamente ler declarações de apoio ao Dr., o ignorando mesmo por vezes o tema sugerido pelo autor. Este é no meu entender, como todos os espaços iguais, de discussão de temas ou abordagens de pontos de vista, independentemente de concordarmos ou discordarmos. Essa é a vassalagem a que me refiro.
Ainda sobre o tema;
Ontem mesmo um ilustre deputado veio a público dizer que não esteve na votação porque tinha estado em actividade politica num jantar do Boavista Futebol Clube e que o mesmo terminou tarde pelo que ou faria uma directa ou então dormiria 3 horas,....., o que acha disto?.
Tem ou não tem razão de ser do comentário do " Comentador "?
Receba os meus sinceros cumprimentos.

Manuel Carmo Meirelles disse...

Devo dizer, para ser sincero que nada me move contra o cidadão Marcelo, por quem tenho, aliás, simpatia e admiração.
No entanto, na qualidade de comentador, embora admire a forma desassombrada como critica (por vezes é arrasador, exagerado injusto), não concordo com este tipo de comentadores únicos que podem dizer o que quiserem sem serem contrariados.
Este formato informativo das televisões devia acabar e priveligiar o debate plural onde estivessem representadas todas as forças políticas.
Tem razão Pedro Santana Lopes para se indignar uma vez que é frequentemente vítima dos seus comentários, às vezes demasiado contundentes quiçá injustos, provavelmente porque existirão entre os dois contas antigas a ajustar.
Se o motivo é esse, então o Prof. Marcelo não devia utilizar o programa para esse ajuste de contas.
Entre cavalheiros, os mal-entendidos resolvem-se com uma conversa honesta.
Quanto ao resto, Dr. Santana Lopes, o facto de haver pessoas importantes que sentem necessidade de combatê-lo, é positivo e demonstra que está a percorrer o caminho certo.
Felicidades. Um abraço.

Anónimo disse...

Boa noite
Desculpe Dr. Santana Lopes estar aqui outra vez para falar para Caro amigo Sr Marques .Prometo que é a ultima vez .
Sr Marques ,repare que eu não me referi ao ponto 1 e 2 do seu comentário ,em parte também concordo .A assembleia da republica tem de facto deputados a mais para o país que somos ,mas também tem gente com grandes capacidades que trabalham e muito em prol do nosso país .Na questão das faltas ,embora não concorde com elas (aquelas que não foram justificadas obviamente)ainda por cima porque se tratava de uma votação importante mas também vou seguindo as palavras do Dr. Santana Lopes quando diz se alguém se lembrou de perguntar ao "comentador" como era no tempo em que ele foi presidente do PPD/PSD ,quantas faltas houve e quantos é que foram de fim de semana e se borrifaram para as votações ,para de facto aferir se ele hoje pode falar neste tom altivo como se fosse dono da verdade nesta materia e que nada disto se passou no tempo dele - Basófias só basófias .Lá foi dizendo que no tempo de Cavaco Silva havia sanções ,então e no tempo dele o que é que havia ? Meu caro Sr. Marques o "comentador não acerta uma .Algumas desculpas de deputados como a que foi para o jantar do Boavista em actividade politica ...enfim ,não vale a pena comentar ,é, de facto lamentável e triste.Meu Caro amigo Marques aceite os meus respeitosos cumprimentos e obrigado também pela forma cortez e saudavél como respondeu ao comentário que lhe tinha feito.Obrigado também ao dr Santana Lopes por nos conceder este ...como hei-de dizer ,tête a tête online se assim posso dizer.
Abraço aos dois

RG

AP disse...

O problema deste tipo de discurso, tão utilizada pelos politicos todos, é que nenhum se apercebe, ou se apercebeu ainda, que cometer um erro não corrige outro. Em suma, entrar em questiunculas deste genero, dizendo que noutras alturas também aconteceu isto ou aquilo, para além de não justificar nada, a não ser a incompetencia generalizada da classe politica em Portugal e não só (que neste tipo de coisa estamos lado a lado com os melhores da Europa e do Mundo), não leva nada nem ninguém a lado nenhum.

Brites de Almeida disse...

Boa Tarde!
Dr. Pedro Santana Lopes,
Antes de mais quero felicitá-lo pela candidatura merecida para a CML, acho que quem vai ganhar com isso são os Lisboetas.

De facto deixou uma obra ainda muito incompleta em Lisboa, esperemos que os Lisboetas lhe dêem o seu voto de confiança. E também vamos esperar que não apareça aí outro Zé! E se aparecer que seja o do "Telhado" Porque o outro não nos faz falta.

O poder é tramado e é difícil que alguém lhe resista, quem é que confia no "Zé como garante de alguma coisa"?
Ao que interessa, ainda não era candidato oficialmente e já carregava a "cruz" de vir a ser candidato, pois bem prepare-se porque vão fazer de tudo para o atingir de preferência "mortalmente", é só preciso ter força e muita coragem para levar de vencidos todos aqueles que têm pena de não ser como Santana Lopes.

Hoje já é populista! Na falta de melhor argumento este de facto será um bom motivo para não ser Presidente da CML!!! Ser populista hoje os políticos parece que têm medo do Povo esquecendo-se que é deste que são oriundos os votos e com estes se chega ao poder.

Parece que agora,virou vergonha ser do povo, mas não têm vergonha que os votos venham do povo. Aliás Povo que serve mesmo é para votar.

Como sei que no caso em apreço há um grande respeito pelo Povo, bem como aos Lisboetas ou não fosse um um de entre eles, não deve preocupar-se com esse facto, mas antes orgulhar-se talvez daqui por um tempo vire moda ser populista!!!

Por isso deve comentar o que entender porque eles o que têm é inveja,é que ser político à tantos anos e não ser rico é mau, mas tem as suas vantagens é que se dorme descansado e pode ser-se sempre incómodo!!!

Vamos à luta, chegou a hora de mostrar quem faz o quê em nome de quem.

A padeira que já desesperava para usar a "Pá".

BAM