sábado, 22 de novembro de 2008

Os Espelhos

Luís Freitas Lobo, arguto e sabedor analista de futebol, escreve , na sua crónica de hoje, no Expresso, que para mudar as coisas na Selecção Nacional, uma boa primeira medida poderá ser retirar os espelhos do balneário... E dá um exemplo interessante sobre o que se passou em Brasília: Cristiano Ronaldo entrou com um gel impecável que "durou" o jogo todo, tendo terminado com os cabelos todos no seu lugar, enquanto Káká acabou os 90 minutos com o cabelo todo suado e todo desalinhado...
Ao achar graça a esta observação de Freitas Lobo, não estou a alinhar na tese de que os culpados são os jogadores. Não faço, sequer, comentários. Aliás, só a ideia, aventada, nalguns escritos, de que poderia mudar o grupo de jogadores da Selecção é absolutamente extraordinária! Então os Seleccionadores não têm de convocar os melhores? Os melhores podem ser uns ou outros?Afinal há grupos? Não quero entrar pelo tema da actual Selecção, até porque está bem à vista o que se passa.
Querem ganhar o apuramento para a África do Sul?

12 comentários:

A Tasca do Tijoão disse...

Tenho pena de estarmos novamente a andar para trás! Não será o gel, mas do respeito Dr que voltou a faltar! O Scolari lá tinha a sua razão, ele é que não era Burro...a culpa afinal não era do Ricardo !

Ricardo Araújo disse...

Boa tarde Dr. Pedro Santana Lopes o único comentário que me bem a cabeça é o que os nossos jogadores se jogassem na selecção como jogam nos seus clubes, não tenho qualquer duvida que teríamos uma das melhores selecções do mundo, mas parece que para os jogadores a selecção não lhes diz nada, ou seja não sentem o amor a pátria, sentem sim o amor aos cifrões que lhes são fornecidos pelos clubes.
Quanto aos espelhos e a outros argumentos são tudo falsas desculpas.
Um grande abraço, cordialmente.
Ricardo Araújo.

Anónimo disse...

Gostava de saber a sua opinião sobre a suspensão da democracia(Ferreira Leite) e sobre o golpe do BPN.
O Pacheco não fala. O Santana não fala. Afinal nenhum blogue de referência fala sobre coisas actuais?
Abraço
(moreno)

Humberto disse...

Ao contrário da maioria dos portugueses, futebol não é um desporto que me atraia particularmente.
Penso que há outros desportos, outras modalidades, com muito maior potencial e que mereciam mais, muito mais... mas que pouco têm, tanto em apoios como em visibilidade.

A meu ver, a selecção de futebol pode ter grandes jogadores de renome internacional mas não passa ainda assim de uma selecção mediana com uns rasgos de sorte ocasionais e não são uns rasgos de sorte que fazem uma grande equipa! Claro que a maioria prefere ver o contrário: uma grande equipa com muitos azares…
O que mais me sobressai são os fãs que têm expectativas demasiado elevadas para a selecção... expectativas essas não merecidas nem correspondidas.
Pouco mais vejo que um grande alarido na comunicação social e demasiada antecipação para poucos ou nenhuns resultados significativos. Um "engano" para criar audiências, distrair as massas...

- - - - -

Caro Dr. Santana Lopes, um outro assunto que para mim ainda tem umas quantas incógnitas à espera de esclarecimento mas que tem igualmente provocado algum “alarido” (ou propaganda, como eu lhe chamo) é o seguinte:

Mais uma vez foi ontem noticiado o acordo (para a comercialização dos carros eléctricos) feito entre o governo e o consórcio Renault-Nissan... Mas tenho de confessar, não percebo!
Um acordo que mais parece um contracto de exclusividade…! Então e as outras marcas? Onde fica a concorrência nisto? Há outras marcas a desenvolverem carros eléctricos...
Uma “pequena” questão: uma vez que as baterias poderão ser trocadas em postos de abastecimento… ao menos, serão as baterias compatíveis com modelos de automóveis de outras marcas?

Infelizmente, isto parece-me mais um "computador" Magalhães versão 2 só que desta vez o fabrico nem sequer será em Portugal mas sim na nossa vizinha Espanha!

A propósito do mesmo acordo, foi interessante ler na imprensa que “O Executivo pretende ainda que 20 por cento da frota automóvel pública tenha emissões zero a partir de 2011”.
O que significa isto afinal? Que o tal acordo com o consórcio Renault-Nissan inclui a compra por parte do Estado de 6000 Nissan Denki Cube? Grande negócio… para o consócio Renault-Nissan, claro! Será que já não é suposto haver concursos públicos quando se trata de grandes contratos com o Estado?!!! Pelo que se tem visto ultimamente… parece que não.
A ser verdade, quais serão os organismos ou serviços públicos a “beneficiar” com tal aquisição?
E serão os automóveis de gama alta de que alguns usufruem, com altas cilindradas e consequentemente mais poluentes, trocados por carros eléctricos? Hmmm… não me parece, nem mesmo que a estética do Nissan Denki Cube fosse outra!

A ideia dos automóveis eléctricos todos concordaremos que não é apenas boa, é óptima! Por isso mesmo tenhamos cuidado pois será mau se nos deixarmos ofuscar pela IDEIA e deixarmos de ver o que, mais uma vez, andam a fazer com o dinheiro dos nossos impostos…

JPRita disse...

http://largodasalteracoes.blogspot.com/2008/11/28-de-novembro-em-vora.html

José Lemos disse...

Os espelhos na selecção sempre existiram...O problema é que antes tínhamos quem controlasse bem a exposição.

Agora, apesar de todos os méritos técnico-tácticos de Queirós, não temos.

Está mais que visto que o grande mérito de Scolari (e hei-de sempre louvá-lo por isso), era fechar o grupo a influências externas e concentrá-lo no que realmente interessava. Agora, isso não acontece.

Naturalmente que se os jogadores tivessem uma postura exemplar e profissional, isso não seria necessário. Mas o desporto-rei cada vez mais está um desporto de interesses e vaidades.

Cumprimentos e continue a seguir a sua estrada, Dr Santana Lopes.


www.o-futeboltotal.blogspot.com

Luis Melo disse...

O problema é que os melhores não têm vontade de jogar a selecção.

Ronaldo marca 2 golões pelo Man Utd no fim-de-semana. Na selecção é uma vergonha.

Bosingwa está lesionado na 4ª feira e não pode jogar pela selecção. No sábado joga muito bem pelo Chelsea.

E isto são só 2 exemplos... Eu convocava outros e deixava estes de fora...

paulo disse...

Os meus Cumprimentos Dr. Pedro Santana Lopes,
Sem nada ter a ver com o assunto, gostava de conhecer a sua opinião relativamente à reportagem de Domingo à noite na TVI sobre o caso casa pia.
Fiquei pasmado ao ouvir nomes e grupos de frequentadores de tal macabra historia.
O Psiquiatra que avaliou os miudos e que deu um parecer favoravel à veracidade dos testemunhos, identificou-se como homem do PS, tendo sofrido represálias desde então. Falou-se nos nomes de Jaime Gama e Ferro Rodriges, de Paulo Pedroso, das votações de 3 Juízes com pareceres positivos para levar este ultimo a julgamento.
Mas todos eles passaram impunes, a anterior provedora, sabe de tudo, mas pouco lhe perguntaram.
Enfim muito por dizer, mais por esclarecer e por fim nada para punir, punir pelo mal que fizeram, não pelas ridiculas acusações que foram levadas a tribunal.
Em suma, mais um caso Sá Carneiro, só que desta feita com crianças vivas e traumatizadas para o futuro.
Abraço
Paulo Rondão

CCosta disse...

Dr. Santana Lopes
É fora do contexto do que escreveu. Mas gostava de lhe comunicar a minha indignação por o monumento a Sá Carneiro no Areeiro estar cercado por mastros com a bandeira do PCP! Considero uma autêntica provocação...Se fosse Presidente da Câmara autorizaria um descaramento destes?
CCosta

MIGUEL VAZ SERRA disse...

Dr.Santa Lopes
Ainda bem que o C.Ronaldo não leva espelhos para o campo,ou ainda seria pior."Espelho meu..quem é o melhor e mais bonito do mundo?" Não perguntaria era em quê...e a resposta eu daria,mas não iria agradar...Quem necessitava um espelho,do tamanho da AR era o Partido Comunista Português.Todos os 25 de Novembro penso nisso,mas nunca tenho dinheiro para comprar um assim tão grande.Era para ver se se "enxergavam" de uma vez e paravam de moralizar os "capitalistas reaccionários" do PSD e CDS como tentam fazer há 33 anos quando Graças a Deus foram derrotados na tentativa de golpe de estado e atentado á democracia nesse mesmo dia de 1975........."ele" há com cada um.......

joyce disse...

Dr. Pedro Santana Lopes

E o vencedor de Bola de Ouro é:

CRISTIANO RONALDO

Da Efe, em Paris

O jogador português Cristiano Ronaldo, do Manchester United, foi o vencedor da 53ª edição do Bola de Ouro, distribuído anualmente pela revista francesa "France Football.
Cristiano Ronaldo recebeu um total de 446 pontos, à frente do argentino Lionel Messi, do Barcelona, e do espanhol Fernando Torres, do Liverpool.

Parabéns ao português, que apesar dos espelhoes e do gel, levou de vencida este prémio.
Apesar de tudo, temos de concordar que foi o melhor jogador de 2008.

miguel vaz serra disse...

Dr.Santana Lopes
E lá ganhou...Ronaldo.
É pena é que não trabalhe nada na nossa selecção.Ronaldo tem sido dos piores jogadores da nossa selecção.Porque será?Eu explico.
Lá fora se não trabalham vão para o banco e acabam num club de 3ª divisão...Cá?Fazem anúncios a Bancos,passeiam os Porches e cobram num més o que 90% do povo não cobra a vida toda.Não importa se marcam golos.Afinal o que é um golo?...........................