quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Interessante entrevista

Excelente entrevista a que José Manuel Durão Barroso concedeu, ontem, a Ana Lourenço no Dia D. Seguro e confiante, o Presidente da Comissão Europeia entra no último ano deste seu primeiro mandato com a certeza de que é positivo o balanço que é feito do seu trabalho.
Durão Barroso abraçou, com determinação fruto de uma convicção inamovível, a causa das alterações climáticas e de uma politica energética europeia. Conseguiu agora a aprovação do plano de mil milhões de euros para ajuda à agricultura dos Países em vias de desenvolvimento. E prepara-se para anunciar hoje o Plano da União Europeia de relançamento das economias dos Estados-Membros. E, bem importante, deu notícia dos primeiros momentos de contacto com o Presidente eleito Barack Obama com o qual deverá ter uma cooperação empenhada e eficaz para conseguirem avanços no processo de construção dos novos sistemas internacionais.

13 comentários:

Luis Melo disse...

Durão Barroso merece um outro mandato como Presidente da CE.

Ao contrário do que muitos (inclusivé portugueses) previam, teve um excelente desempenho em todas as áreas e com todos os chefes de estado e governo.

Conseguiu ajudar a UE num tempo de grande crise. E isso deve-se á sua capacidade e ao seu carácter.

Anónimo disse...

Desculpe não tem ligação ao tema, mas veja que os 'medinhos' acerca da sua pessoa continuam. Tanto, tanto, só tem uma explicação -o companheiro nem precisa de fazer campanha, já ganhou!

José Carlos Palma disse...

Boa Tarde
Dr.Pedro Santana Lopes

Realmente foi empolgante ouvir o Presidente da Comissão Europeia. As sua ideias e projectos para a Europa a 27. Mas tenho uma sensação que tem crescido desde á alguns anos de que a Europa parece um clube onde os sócios vão aos jogos, recebem os incentivos para se desenvolverem mas quando toca a apoiar a equipa cada um puxa pelo seu jogador preferido, esquecendo a Equipa. O Dr. Durão Barroso tem executado o papel de líder gerindo cada sensabilidade própria de cada país, mas penso que a União Europeia tem passar para um novo patamar, deixar o seu papel meramente de intervenção na política dos estados, e sim passar para uma dimensão de "Federalismo" respeitando a identidade de cada estado membro. Matérias como o Trabalho, Segurança Social, Justiça, Saúde , Defesa apenas para citar algumas já deviam ter políticas comuns nos 27. A Constituição Europeia já devia estar implementada. Se a Europa continuar a agir no palco da política mundial como figurante e não como actor principal, os europeus serão cada vez mais eurocépticos e o grande sonho de uma Europa única do Atlântico aos Urais não passará de quadro inacabado de um pintor.

Cumprimentos

José Carlos Palma

Brites de Almeida disse...

Dr. Pedro,

de que adianta o Dr. Durão Barroso se matar a trabalhar, de reunião em reunião tentando de alguma forma ainda que indirectamente, ajudar-nos?

Pois o Ministro das Finanças é o pior da UE, e ainda não conseguiram apanhar o Sr. Ministro da Economia porque quando o apanharem vai ser o lindo e o bonito, ele nem sabem que empresas públicas ou de capitais públicos tutela!

Isto não é anedota é mesmo verdade, ele tem aquele ar calmo do "nem lá vou, nem faço nada", que corresponde à verdade, o que é que dali tem saído?

Nada foi à China, vender-nos como mão-de-obra, barata, desqualificada portanto, tudo lhe passa ao lado.

Por isso quando o Sr. Ministro "não sabe o que tutela",ou quem tutela!!! de que é que serve tudo o que lá fora se faça, ainda que seja em nosso benefício?? de nada serve!

Contagem decrescente.

BAM

inquieta disse...

Pode crer, excelente entrevista onde foi notório o efeito desta estada em Bruxelas: Barroso é hoje um homem do mundo, aberto ao mundo. Deixou para trás todo um provincianismo que afecta muito boa gente em Portugal.

Saudações inquietantes

miguel vaz serra disse...

Dr.Santana Lopes
Sem desestimar o trabalho do Presidente da Comissão não podemos esquecer os meios que Barroso tem ao alcance,a influência política que tem o cargo de PCE ( parece partido comunista espanhol,mas não é,esse desapareceu há anos GRAÇAS A DEUS).Penso ser da maior importância mergulhar a fundo no problema já muito tardio das alterações climáticas que W.Bush sempre quis travar a toda a custa a favor do devaneio americano,afinal,que importa o planeta....God save(s) America!!!O plano de lançar as economias europeias...mas não estávamos fantásticos há 6 meses?Espanha não crescia a quase 4%? Tudo não era um Paraíso? Eu pergunto..lançar o quê?O que se tem que fazer é o que ainda não vi.Mudar TODOS os cargos de chefia do meio Bancário Europeu a começar pelos controladores e supervisores que não controlam nada,como aconteceu com Victor Constâncio.Apertar bem o cerco á banca que é de lá que tudo de mau vem sempre POR FALTA DE SUPERVISÃO.Será que temos intocáveis na sociedade europeia?e portuguesa?O problema,sim,problemão que se está a gerar com Dias Loureiro?Ainda estamos na fase da discussão de que se deve o não deve sair?mas isso tem discussão possível?os cargos políticos devem ser sempre postos de parte ao mínimo desconforto moral ou político das pessoas em questão.Não se discute,não se fala sequer,não há NADA para falar.O mesmo no caso de Constâncio.Linchamento público diz ser alvo?Só isso?Para mim é pouco.Não tem dignidade e mostrou a côr verdadeira.Não demitiu.Lapas da sociedade que nunca deveriam ser poder.É sempre a mesma questão.Não á volta a dar-lhe.Ministra da Educação,um nojo sem precedentes e um etc de gente que alucinam qualquer sociedade verdadeiramente democrática que grito não ser a nossa nestes momentos de governação.Dizem os politicamente correctos ( que raio é isso? ) que vivemos numa democracia musculada.Musculada?Deve ser á base de esteróides,porque como diz uma amiga carioca autarca em Felgueiras:Bota músculo!
A ajuda á agricultura dos Países "em desenvolvimento" vem mesmo a calhar,porque como toda a Europa está agora em "desenvolvimento" bem precisa.Os que dizem estar mal tem Petróleo,ouro,diamantes,esmeraldas etc,caso de Colômbia,Brasil,Angola e até Timor.A maioria dos seus governantes vivem como reis absolutistas em riqueza vergonhosa,viajam em aviões com torneiras de ouro como é o caso de Eduardo dos Santos e o povo morre á fome.Para onde vai esse dinheiro da UE?Para os cofres dos governantes?Quem vai fiscalizar?E quem fiscaliza o fiscal?E quem fiscaliza o fiscalizador do fiscal?E por aí fora...Que mente mais torcida diriam alguns...Que mente mais realista diriam muitos...
O mundo tem que mudar.Mas não é só na supervisão da banca é em tudo.Deixarmos de dar importância aos escroques e não votar neles e começar a dar ouvidos a quem de bem quer fazer algo de verdade.Desconfiar de tudo,sim de tudo e de todos.Ninguém nunca dá nada por acaso,só a Madre Teresa e até ela soube usar os média a proveito dos pobres,bem haja a Santa Madre,assim como Diana de Gales que acabou por morrer ás suas mãos ( dos média ).
E esta história agora do Banco Privado?Quem faz parte da Administração do Banco Privado?O Engenheiro ( desses de verdade ) Cravinho,do PS.Pois...aquele que disse que a corrupção no poder Português anda de boa saúde....lá pagou caro a sua verdade.Agora temos banca de pobres e banca de ricos?uns comem tudo e outros não comem nada?a CGD leva o que quer,o BCP que tem lá o antigo da Caixa e amigo do poder,igualmente e os outros que se lixem.Fantástico.
Como se esses não gerissem também fortunas colossais.
E aquelas reuniões sem actas nem supervisão que Constâncio anda a fazer com as Administrações dos Bancos?Que depois uns dizem uma coisa e os outros outra e ninguêm sabe quem tem razão?Lá está.Quem controla os supervisores?
Eu como apesar de ver sempre tudo tão negro sou uma pessoa positiva fiquei cheio de esperança ao ver que vamos finalmente ter um líder político á altura do actual PM.Da mesma maneira de ver o futuro,ou seja, hoje é amarelo ,amanhã é vermelho e depois será verde,mas é igual ao litro desde que estejam na ribalta do poder.Penso mesmo que é o único líder que pode entender a linguagem política ( para assim dizer... ) do PM.Será o nosso salvador.É novo,é fresco,nunca foi Líder da oposição,nunca se desdisse,nunca comentou ninguêm,sempre foi coerente com as suas ideias,sempre apoiou até ao fim os seus colegas de partido e sempre teve assim como o PM um sentido de estado digno de um futuro PM ou líder de oposição.Falo claro está de Marcelo Rebelo de Sousa......Estamos salvos!

Anónimo disse...

Boa noite Dr,Pedro
O Miguel Serra tem razão !Estamos salvos ... vem ai o Prof. Marcelo !
Ele só não sabe bem se vai para presidente do PSD se para a Presidencia da republica .Não foi este senhor que apoiou há bem pouco tempo a lider do PSD .Opá foi, mas a tipa agora lembrou-se de propôr o Pedro Santana Lopes para a camara de Lisboa - a tipa deve estar louca só pode .Não.. comigo não !quem é que ela pensa que é ? ponho-lhe uns patins que é um instante . Este senhor nos ultimos tempos chega a sêr ridiculo,completamente ridiculo .Como é que este senhor pode pensar (quando ninguém neste país já o leva a sério)em candidatar-se a qualquer cargo politico neste País ? As ultimas intervenções publicas deste senhor são de alguém que não estará mentalmente muito são .Em relação há entrevista de Durão de facto também achei interessante mas,penso também ,que de facto, o presidente Francês tem tido algum destaque em relação a algumas matérias europeias que deveriam de sêr de sua responsabilidade .Grande abraço Dr.Pedro Santana Lopes

RG

Miguel disse...

Boas Tardes Dr. Pedro Santana Lopes.

É a primeira vez que visito o seu blog. devo-me confessar surpreendido! depois de tanto de tanto arsenal apontado à sua pessoa, vejo que não desiste do seu ideal político. E isso distinguios dos demais. É desse tipo políticos que temos falta, certo das suas convicções e das suas políticas. Espero poder te-lo de volta na política activa do NOSSO país!

Com os melhores cumprimentos,

João Miguel Silva.


P.S : Seria um honra, o Dr. Santana Lopes visitar o meu blog, e se possível deixar um comentário.

Dr. Alban disse...

NA MINHA CASA O AQUECIMENTO É DE LENHA

PB disse...

Ola Pedro, venho apresentar-lhe um blog que criei recentemente.

Bem sei, que tempo é o que não abunda por aí, mas se tiver a possibilidade de espreitar, agradecia que o fizesse, até porque sei o quanto o Pedro gosta de futebol.

obrigado

www.lateral-esquerdo.blogspot.com

abraço

joyce disse...

Dr. Pedro Santana Lopes

No seu post escreveu:

(...)"E, bem importante, deu notícia dos primeiros momentos de contacto com o Presidente eleito Barack Obama com o qual deverá ter uma cooperação empenhada e eficaz para conseguirem avanços no processo de construção dos novos sistemas internacionais".

Pois é! O problema é o que está para acontecer.
Quem viver, verá!

Aconselho a ler este artigo, de que destaco apenas um parágrafo:

(...)Se as metas declaradas da Presidência Obama são nebulosas e contraditórias, a lógica tácita das suas ações é bem nítida, e mais evidente ainda se torna com a presença maciça de clintonistas na sua equipe de governo. Trata-se de prosseguir fielmente a obra destrutiva de Bill Clinton, inspirada na fórmula de Scott Talbot: fomentar com dinheiro dos contribuintes americanos o crescimento de potências concorrentes e debilitar o poder militar, econômico e diplomático dos EUA, vendendo a rendição ao "multilateralismo" como se fosse coisa do mais alto interesse nacional, ao mesmo tempo que, na política interna, se aumenta o controle do Estado sobre a vida dos cidadãos e se diluem as defesas culturais do país numa poção alucinógena feita de lixo politicamente correto".(...)

http://bootlead.blogspot.com/2008/11/clinton-e-o-seu-boneco-de-ventrloquo.html

E quanto à União Europeia, o seu presidente bem pode observar o que se passa com a Alemanha.
Leia também este artigo, com este início:

"Que tratamento deve o mundo, e em particular a União Européia (UE), dispensar a uma Rússia cada vez mais agressiva? Uma resposta conjunta para o problema do gás e do petróleo russos seria o caminho natural. A Alemanha e outros países, no entanto, preferem lidar com a Rússia de forma bilateral, freqüentemente minando o interesse mais amplo da UE nesse processo. Se for mal conduzida, a diplomacia da energia da Rússia tem o potencial de dividir a UE exatamente como aconteceu na guerra movida pelos EUA contra o Iraque há três anos"(...)

http://infoener.iee.usp.br/infoener/hemeroteca/imagens/94546.htm

E por agora, fico-me por aqui...

joyce disse...

DR. Pedro Santana Lopes

No comentário anterior, parece-me que o link indicado não ficou accesível, por isso rectifico:

http://infoener.iee.usp.br/
infoener/hemeroteca/imagens/94546.htm

P.B. disse...

Boa noite Dr. Pedro Santana Lopes,

Foi a primeira vez que vim ao seu blog e gostei das suas opiniões, vejo que continua activo na política Nacional.
Espero vê-lo dentro de pouco tempo outra vez na ribalta, boa sorte.


PB