domingo, 30 de setembro de 2007

COMENTÁRIOS

Há dias, decidi iniciar a abertura, deste Blogue, a comentários. É uma nova fase, que espero se revele útil. Como é natural, e já foi sugerido por um dos autores dos comentários já recebidos, será utilizado o método da moderação. Ou seja, serão lidos, primeiro, pelo autor e responsável do espaço a que se destinam.
Quero esclarecer o que, para mim, é óbvio: são publicados comentários concordantes, ou discordantes. Duas regras, porém, serão respeitadas: uma, em absoluto, que não consente a publicação de textos, com vocabulário abaixo da decência que se exige no trato entre pessoas civilizadas; a outra determina que não se publiquem - salvo alguma razão excepcional - textos anónimos. Este é um Blogue pessoalmente assumido , claramente identificado, por isso, também, o mínimo que se exige, a quem o comenta, é que não se esconda.
Agradeço os muitos comentários que já chegaram, nestes poucos dias, desde que se abriu essa possibilidade. E serão bem vindos todos os que dispuserem, pela sua participação,a enriquecer este espaço.

10 comentários:

José disse...

Apenas para cumprimentar o meu professor de Direito de Constitucional no distante ano electivo 1978/79 e manifestar o meu apreço por tudo que tem feito e pela frontalidade, instinto e firmeza como está na via política. O episódio na SIC Notícias é revelador do que afirmo. Vivo fora de Portugal e pode contar comigo.

Joshua disse...

O meu blogue de acção, criação e intervenção cívica e política é o PALAVROSSAVRVS REX.

Percontare disse...

A BEM DA TRANSPARÊNCIA

É por demais evidente a qualidade iniciática desta sua nova aventura de intervenção pública. Vai ver que, quando começar a entender um pouco mais, poderá tirar um partidão das novas tecnologias que envolvem os instrumentos da multimédia na divulgação da propaganda política.
Fez muito bem em abrir o seu blogue a comentários pois, sem eles, perder-se-ia a mais-valia do "feedback", sempre essencial à aferição do impacto que os seus textos terão nos alvos a que se destinam. Sem comentários. o seu blogue estaria condenado a um monolitismo fastidioso que afastaria irremediavelmente quem quizesse bater-se consigo em questões interessantes e de argumentos inteligentes. Pelo que sei o senhor gosta de um bom "combate" ... pois então, vamos a isso !!!
Em relação a esta matéria o senhor estabelece condições para que os comentários sejam publicados, sujeitando-os ao seu escrutínio pessoal. Acho acertada tal medida se fôr, rigorosamente, só para eliminar da publicação as parvoíces e as obscenidades a que, infelizmente, alguns energúmenos não conseguem resistir. No entanto, não seria minimamente correcto se o senhor não fizesse publicar TODOS os restantes comentários, sobretudo aqueles que, não concordando consigo, desenvolvem opiniões que poderão afastar as pessoas de si e das teorias que o senhor advoga. Sabemos que já fez essa ressalva no seu "post", mas isso não chega. E não chega porque, se nos limitassemos à sua proposta, ninguém saberia se o senhor tinha recebido textos (nem quantos) que, pura e simplesmente, não lhe convém publicar por revelarem situações ou factos convenientemente omitidos por si.
Por isso, proponho que, a bem de uma transparência que todos desejamos, publique TODOS os textos "limpos"; e que, em relação aos "sujos", publique, sem excepção, um pequeno comentário cujo conteúdo se limite a dizer, por exemplo: O COMENTÁRIO DO ..... (identificação do respectivo autor) ..... NÃO FOI PUBLICADO POR CONTER VOCÁBULOS IMPRÓPRIOS. Deste modo, poderemos saber, por exemplo, quantos energúmenos por aí andam a incomodar quem pretende ter uma participação séria e construtiva nos diálogos de Cidadania.
Para o ajudar, temos um grupo de "cracks" que de forma aleatória e esporádica lhe enviarão, propositadamente, alguns textos "sujos" (prometemos que não vamos exagerar) destinados à sua mais do que provável rejeição. De igual forma, lhe enviaremos textos "limpos", sérios, oportunos e suficientemente sustentados, na humilde esperança de enriquecer o seu espaço para que ele se torne num Fórum útil, esclarecedor e muito participado.

PNCS disse...

Caro Pedro Santana Lopes,

Esperava ansiosamente pela "abertura" do blog aos comentários.
Devo referir que sou um leitor diário deste espaço e, como é óbvio, sou bem capaz de "aderir" ao desafio de "comentar"...
Revejo-me em vários dos pontos de vista que defende, pese embora as nossas diferenças do ponto de vista politico/partidário.
Se bem que esta coisa dos partidos já teve melhores dias...

Já agora, aproveito para o felicitar efusivamente pelo acto de coragem que demonstrou esta semana na Sic-Notícias.

Arrisco ainda uma sugestão no sentido do Dr Santana Lopes disponibilizar o ou um dos seus correios electrónicos.

De Caldas de S. Jorge (Feira)

Pedro Castro e Silva

Pesaran Correia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Antonio disse...

So queria dizer-lhe que apesar dos meus 26 verdes anos, sou um apoiante seu desde sempre e que sigo muito atentamente tudo o que escreve. Continue a ser politicamente incorrecto que um dia este país acordará com juizo. Não desista!
Convido-o a dar um saltinho ao meu blog(www.blogdoalvorada.blogspot.com )onde até já tenho um link para o seu desde que o criou.

Sinceros Cumprimentos

Antonio Cardoso ( Madeira )

diogo agostinho disse...

Seja bem vindo, Dr. Santana Lopes.

É um orgulho tê-lo de volta, com a sua convicção e certeza nas palavras. A sua capacidade de motivar, envolver e fazer sonhar este país!

Permita-me que lhe diga apenas uma frase que se veio a confirmar.

" Atrás de mim virá, quem de mim bom fará "

Eng. Sócrates
Dr. Marques Mendes
Prof. Carmona

Cada um demonstra que o antecessor, era o mais bem preparado para os respectivos cargos!

Irei frequentar o seu blogue e sobretudo incentivá-lo a regressar.

Quem faz falta não é o Zé!
É o Dr. Santana Lopes!

Afam disse...

Bem...francamente não entendo o objectivo do(a) percontare: mesmo depois do autor o ter ressalvado no "post" que os comentários iriam ser sujeitos a aprovação prévia, segundo os seus critérios (e está no seu direito em os ter e em o fazer) não o/a entendo em querer impôr regras diferentes das do dito autor; pretende que este blog seja o quê? com que intenção anseia que TODOS os comentários sejam publicados? e, pior que isso: vai enviar uns quantos "sujos" para confirmar o quê? Por acaso não lhe passou pela cabeça, que muito provávelmente, e atendendo à quantidade de comentários que se adivinham, iria ser necessário contratar alguém para manter a "coisa" em dia, segundo esses seus critérios? Sendo um blog um espaço pessoal (este é-o, pelo menos) entendamos que o autor tem todo o direito em o regrar da forma que muito bem entender; até porque, pelo simples facto de existir, devidamente identificado e estar aberto a comentários (crivados ou não, pouco importa) já é per si um facto digno de registo, de coragem e de abertura (e de transparência, porque não?). Francamente, acho que estamos a desvirtuar um pouco o objectivo deste espaço. Seja este benvindo (e quem não aceita as regras.... tem outras alternativas ... provávelmente tão boas quanto esta, digo eu!)

Mário Relvas disse...

Caro Dr Santana Lopes,

venho saudá-lo e incentivá-lo.

Todos somos poucos.

Aqui fica:

CÓDIGO COMANDO


O COMANDO ama devotadamente a sua PÁTRIA, estando sempre pronto a fazer por ela todos os sacrifícios. Constante exemplo de energia, de amor ao trabalho, de dedicação e de lealdade aos chefes, não discute as ordens que recebe, não admite nem conhece embaraços ou resistências à sua integral execução.

Remove todos os obstáculos ao fiel e exacto cumprimento dos seus deveres, sejam quais forem as dificuldades a que tenha de se sujeitar, sem procurar que outrem tome à sua conta o que lhe incumbe fazer.

O COMANDO pratica a camaradagem e procura assegurar a solidariedade moral entre todos os seus irmãos de armas; mas não aceita a indignidade, nem a desobediência, nem o desrespeito pelas regras da disciplina e da honra. Sempre disposto a auxiliar quem precisa do seu apoio material ou do seu amparo moral, quer na paz. quer na guerra, e em frente do inimigo, afirma-se constantemente pessoa de carácter.

O COMANDO ama as responsabilidades. Sempre pronto a comandar e disposto a obedecer, não admite a suspeita de haver nos seus superiores a intenção de oprimi-lo ou de, por qualquer forma, o diminuir. Porque é sua constante preocupação agir como verdadeiro COMANDO tem nos seus chefes ou comandantes a mais segura confiança e a mais acrisolada fé.

Sempre generoso na vitória e paciente na adversidade, o verdadeiro COMANDO trata com solicitude, acarinha e estimula aqueles que lutam e sabem vencer todos os obstáculos. Não admite a mentira mas respeita os estóicos e abnegados que servem sem preocupação de paga ou de satisfação de interesses de qualquer natureza.

O carácter, a lealdade, a fidelidade, a obediência e a determinação são virtudes inalienáveis do COMANDO. Sejam quais forem os seus dotes de saber, o COMANDO que as não possua, ou as despreze, deve ser inexoravelmente privado do seu título.

O COMANDO não foge ao perigo, não evita as situações que possam acarretar-lhe incómodos. Incumbido de uma missão, põe no cumprimento dela todas as suas possibilidades de actuação, todas as suas forças físicas, intelectuais e morais.

Mama Sume!

Cleopatra disse...

Ainda bem que Abriu lugar a comentários. Andei a ver posts antigos e teria gostado de os comentar.
Nete Blog não se pode dizer:
Deixo-lhe um bjito pois não?
Que maçada.
E sabe que mais?
Gosto do Blog e da coragem de o ter feito e assumido.
Mesmo que não concorde sempre conbsigo, fique sabendo que isto o aproxima dos demais... e isso é uma mais valia na minha maneira de ver.

Já gora... visite os outros blogs e não tenha medo de dar a sua opinião.~
Para quem como o SR. é "para a frente" isso seroa o desmoronar de muito preconceito ou a queda de muita cabeça cheia de vento.

Tenha um bom fim de semana.


PS: Gostei muito qdo interrompeu aquele telejornal e entrevista. Chama-se aquilo : "Saber o nosso lugar!"