quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Silêncio por cá

Bruselas incluye como eje prioritario el corredor Mediterráneo hasta Almería, que llega a Algeciras por el interior

Agencias| 19/10/2011 - 14:53h

                                                               

http://www.lavanguardia.com/local/agencias/20111019/54233432725/bruselas-incluye-como-eje-prioritario-el-corredor-mediterraneo-hasta-almeria-que-llega-a-algeciras-p.html#
  

4 comentários:

miguel vaz serra... disse...

Dr. Santana Lopes
O silêncio é por terem falado cedo demais....
Já comentámos várias vezes aqui sobre como os lobbies "Aéreos" falam mal da alta velocidade pois perdem os clientes.
Ninguêm perde 2h de Aeroporto longe do centro da cidade, mais 1h de voo e mais 1,30m até lhe darem a mala e chegar a casa quando pode fazer tudo isso de centro a centro ( Lisboa/Madrid ) em 2,30h na totalidade.
Como já o dissemos aqui também, o Eurostar que faz Londres/Paris e Londres/Bruxelas tirou 46% dos passageiros à BA e acabou com 8 voos diários da Air France. Por algo será.
A alta velocidade dá dinheiro ao contrário dos que aqui em Portugal dizem que não.
Só quem é pouco inteligente pode dizer que não são necessários os comboios de alta velocidade quando só têm prós em relação aos passageiros, não se movem a derivados de petróleo, portanto não poluem e não fazem a barulheira que fazem os aviões.
É o transporte do futuro. Estive ligado directamente à Alta Velocidade na Europa, sei do que falo.
Creio que foi a única coisa que na vida pude concordar com o ex-pm, Senhor José S. Sousa. Lisboa tem que estar o quanto antes unida a Madrid por um comboio de alta velocidade.
Cortem nas "parcerias publicó-privadas" que foram feitas de maneira fraudulenta e aproveitem o dinheiro também da UE.
Utilizem-no bem!

o cusco....... disse...

Será que Sócrates irá ao Funeral do “Coronel” silenciosamente como foi visitá-lo pelo menos 3 vezes enquanto era PM?
Será que irá ao de Hugo Chavez?
Ou de Mugabe? Tudo gente finíssima.
De TGV não será certamente.
Dizem as más línguas que em quanto esperava a terceira tentativa de entrar para uma Universidade, das de verdade, lá em terras de França, o Zé Sousa andava de TGV para cima e TGV para baixo.
Trauma de não o deixarem fazer a ligação Lisboa-Madrid.
Eu cada vez mais me convenço de que o poder enlouquece as pessoas…
Vejamos.Como podem homens tão poderosos e incrivelmente ricos, como eram Bin-Laden, Sadam e Kadafi morrer de forma tão estúpida e violenta.
Será que não sabem quando devem “partir”?
Fará parte dessa loucura?
Bom, Dos Santos que ponha as barbas de molho se pensa que aquilo é para sempre.
Regimes mais estáveis caíram e bem fundo. O Egipto é um exemplo. A Síria está ao cair.
O mundo está de olhos em Angola!!!

João disse...

E o que é que o senhor pensa disto? Porque não comenta?

o cusco....... disse...

O seu último post tem o título de “Sentido do Dever”. Este diz “Silêncio por cá”.
O meu pensamento vai para o mais alto cargo da nação. O PR.
Finalmente ouço nas notícias o que sempre dissemos há anos. O PR nada fez para travar a loucura socialista elevada ao cúmulo pelo total descontrolo do senhor Zé Sócrates portanto poderia ter parte na culpa da situação actual portuguesa.
Pior. Segundo ouvi ontem e dito por várias pessoas nos noticiários, o PR esteve em silêncio pensando só e absolutamente na sua reeleição.
Esse sentido do dever foi ultrapassado pelo interesse pessoal. Pensou alegadamente então o PR que se deitasse o Governo PS abaixo não voltaria a Belêm? Talvez.
Afinal tinha mandatários do partido socialista e apesar de menos meio milhão de votos do que na 1ª vez, ganhou a 2ª com muitos votos da esquerda.
Até o CDS, aliás, o Dr. Paulo Portas ( que sempre escreveu verdades na época do Independente ), apoiou a candidatura de Cavaco Silva contra milhares de filiados que depois não o votámos.
Onde pensam que estão metidos o “menos meio milhão de votos”? Em muitos filiados do PSD e CDS que viam Cavaco como um aliado do partido socialista.
Hoje está claro e gostaria de saber o que pensam os líderes do PSD e CDS sobre a forma como estão a ser tratados pela PR. É que quem avisa…..
Cavaco Silva sabendo que os chamados especuladores destes mercados marginais que controlam os políticos mundiais têm os olhos postos em nós, faz declarações como mínimo perigosas e anti-patrióticas ( quem põe Portugal em mais riscos não pode ser bom patriota ).
Parece ser que dois dias depois de o PM lhe ter comunicado os pontos principais do novo OE, o PR resolve dizer que é ilegal o que o Governo propõe.
Seguro anda ali na corda bamba entre apoiar o que o PS assinou com a troika, a amizade de décadas pelo PM e o que os “Assises” da vida querem que ele faça.
Não gostaria de estar na posição do “Tó Mané” por quem tenho muita simpatia.
O Dr. Portas nem abre a boca.
Tal como a Ministra da Justiça, os dois membros do Governo que mais falavam sempre tudo e muito antes de serem parte deste Governo, agora ninguém sabe onde andam.
Eu gostaria de os ouvir sobre as últimas declarações do PR.
Se ele as faz a boca cheia e sem medo do mal que está a fazer ao próprio País, porque não podem os membros do Governo dizer o que pensam sobre a Presidência da R?
É que estes recados indirectos dados nos Jornais, esses culpados também pela nossa situação ao nunca serem transparentes nem independentes, a dizer que o PM está “estupefacto” com o que diz o PR e coisas semelhantes só nos fazem nós portugueses pensar que afinal Cavaco até possa ter razão pois ele diz tudo às claras, faz os estragos que lhe dá na real gana e ninguém, às claras também, o contradiz.
Os Partidos anti-democráticos, como o Bloco e PCP e ainda os Sindicatos, andam loucos de alegria pois afinal o mesmíssimo PR apoia e dá força aos desacatos, greves gerais e sabe Deus o que pode ainda acontecer nas ruas das nossas cidades portugueses. É que quando não se tem nada já a perder, as pessoas fazem coisas impensáveis.
Sem “sentido do dever” exigido e quando o “silencio por cá” devia ser a palavra de ordem e não é, nada de bom podemos esperar.