domingo, 18 de setembro de 2011

O País precisa

Há pessoas que estranham que o Banco de Portugal não tenha detectado dívidas escondidas, deficits ocultos. Não estranhem. Na anterior «gerência», o BP só dava por déficits hipotéticos, eventuais, politicamente convenientes. Problemas de Bancos, também não. Falso? Exagero? Julgo que não.
Mais estudos, projecções ( muitas vezes corrigidas), relatórios...
Há muito a reformular no funcionamento do Banco Central e bom será que o novo Governador vá informando o País do que faz nesse sentido. O País precisa de confiar nas suas instituições.

11 comentários:

S. Carvalho disse...

E então dr., nem uma palavrinha sobre o "acto" do seu correligionário Dr. Alberto João? Nem uma? Pois, é com o povo da Madeira... ...

S. Carvalho disse...

E então dr., nem uma palavrinha sobre o "acto" do seu correligionário Dr. Alberto João? Nem uma? Pois, é com o povo da Madeira... ...

Anónimo disse...

Este seu texto não passa se areia atirada para os olhos dos seus leitores.

O que eu, provavelmente acompanhado por boa parte dos que aqui vêm, gostaria, era de ler o que pensa sobre o colossal buraco da Mamadeira.

A opinião de um político que já ocupou os mais altos cargos ao serviço da Nação, tem que ir mais além do que falar "da chuva e do bom tempo".

Não compreendo, ou compreendo mal, que um homem de quem me habituei a ver e a respeitar as posições corajosas que tomou no passado, se refugie agora em questões menores, eventualmente para não se comprometer.

Será que é mesmo verdade que "o homem nasce incendiário, mas morre bombeiro"? E que no caso, o senhor, bem instalado na vida, se tornou já bombeiro?

Se assim fot, lamento-o.

João Figueiredo

o cusco....... disse...

O País precisa de homens sérios e à séria!!!
Não concordo com as criticas dos “colegas” comentadores.
Eu já li comentários ferozes a Alberto João Jardim, ou seja, foram publicados
O que é óbvio não necessita muitos comentários, digo eu, e mais se existe algum envolvimento de amizade.
Para isso estamos nós e por falar nisso…………
Novas notícias sobre “A” notícia internacional mais polémica da Europa: o buraco escondido pela Madeira/ Dr. Alberto João Jardim
Os espanhóis não falam noutra coisa, os Italianos estão chocados, os Franceses têm as mãos na cabeça, os Alemães falam que se devia vender a Ilha, os Gregos estão no chão a rir às gargalhadas e os Britânicos estão a fazer stock do Vinho da Madeira.
O PR sabia do buraco na Madeira, segundo o Público, há dois meses.
Não comunicou ao PM? Encontram-se todas as semanas e não lhe disse “Pedro, soube que o Alberto João passou-se”?!
O Zé da Covilhã andou a fechar Centros de Saúde, Hospitais, Maternidades e tudo o que pode, fez com que doentes e idosos tivessem andado para trás 50 anos no tempo e tenham que fazer agora km's sem fim para aceder a urgências, morrendo pelo caminho, as mães parem os filhos nos Táxis pagos por elas mesmas pelas razões faladas e porque nem as Ambulâncias dos Bombeiros são já pagas pelo estado, tudo em nome de uma poupança e na Madeira só na saúde deve-se 220 milhões de euros? Deixa-me ver….Mas na Madeira só vivem 200 e pico mil habitantes.
Então a dívida só na saúde é de 1000 euros por habitante. Isso é algo inimaginável……E se a dívida da saúde no Continente fosse de 1000 euros por habitante?
Como li agora, e ouvi também eu, o Dr. Alberto João Jardim confessou aos microfones para todas as cadeias de TV Nacionais e Internacionais que não só sabia do buraco escondido como tinha ele mesmo dado ordens para se fazer isso. Eu ouvi. Várias vezes.
Claro que agora pode desdizer-se, normal, todos os políticos o fazem, está-lhes no sangue. Hoje preto amanhã azul.
O que importa é que confessou e todos, até Juízes, Ministros, PM, PR, PGR, o povo Madeirense e todo Portugal ouviram e depois de isso só tem uma saída. Demitir-se.
Deixar o PSD-Madeira livre de ganhar as eleições sem mais escândalos. Não é com retaliação de insultos que vamos dar-lhe ainda mais dinheiro. A humildade é uma coisa linda num homem.
Isto vai dar ainda muito que falar, o buraco parece ser ainda maior, se é que já não é imenso, e as pessoas devem saber ter um mínimo de sentido da vergonha.

il disse...

Penso que S. Carvalho e João Figueiredo não 'leram' o post...
Caso o tivessem feito não fariam os comentários que fizeram.

Quanto ao post: rotfl

luis cirilo disse...

O problema da Madeira é,apesar de tudo,um problema menor face ao problema maior que é o estado das finanças públicas do país.
Todos estaremos de acordo que houve praticas e procedimentos profundamente errados por parte do governo regional.
Mas não se faça,porque não é verdade, de AJJ o bode expiatório dos males que todos sofremos.
Porque se estamos assim devemo-lo essencialmente aos sucessivos erros de governação de José Sócrates,aos enganos mensais(para não dizer pior) de Teixeira dos Santos,aos déficits vergonhosos de algumas empresas públicas e até a alguns negócios politicos como o famoso empréstimo da CGD a Berardo (quase tanto como o "buraco" da Madeira)para comprar acções do BCP.
Isto para não falarmos de perdões de divida a alguns PALOP'S com Angola á cabeça.
"Castigue-se" AJJ pelos seus erros.
Mas os outros responsáveis por tudo isto(Sócrates,Constâncio,Teixeira dos Santos etc) devem "pagar" na exacta proporção dos buracos que nos deixaram para tapar.
P.S. Sem esquecer um tal Jorge Sampaio que agora tem opinião sobre tudo e sobre nada mas que foi um dos maiores responsáveis pelo desvario dos ultimos seis anos.
Afinal foi ele que estendeu a Sócrates e ao PS a passadeira rosa avermelhada que os levou a um poder a que não chegariam de outra forma.

Anónimo disse...

Quando vai para a Sibéria? Estamos fartos. Porque não criam uma nova profissão "POLITICOS PORTUGUESES", e se registam na dita ? De seguida colocava-mos todos num TITANIC a caminho da SIBÉRIA. Era um acto digno do respeito que deveriam de ter por vós e pelos vossos e nossos filhos ESTAMOS FARTOS.

Mentat disse...

"BP só dava por déficits hipotéticos,..."

E não se esqueça que os dava com 2 casas decimais.
O que é terá dado mais prejuizo a Portugal?
A "arquitectura" contabilistica de AJJ ou o investimento do BP de diversas toneladas de ouro em aplicações financeiras de bancos que faliram?
Esta conversa sobre o "buraco" da Madeira, já enjoa.
.

.

الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

é o Neutrino syndrome, the deficit faster than light

mas aquele museu do baleote madeirense a 11,5
ficava mais barato ter construido um estádio para o euro 2024

ajustes directos destas vidas

é preciso pagar as campanhas e as jantaradas e as fitas
e as tesouras para as cortar

Carlos Alberto disse...

Num país justo o Dr. Alberto João ia ver o próximo foguetório de finald e ano aos 'quadradinhos' mas ao contrário do que a 'esquerda chique' deseja ia acompanhado pelo Eng?? Socrates e sobretudo pela segunda pessoa que mais prejuízo de a Portugal o Dr. Constâncio.

Niagara disse...

Nem mais. Tal como foi referido, o défice foi reportado à centésima. Muito bom. Tanto golpe de vista e deixa passar um combóio de dívidas mesmo ali ao lado...
O problema desta crise, desde o início, é um problema de falta de supervisão e de falta de capacidade que as entidades supervisoras têm para punir os infractores. O INE, o BDP, a CMVM, é só dizer o nome - não podem confiar. São pagos para desconfiar, ponto. O que houve no caso da Madeira, tal como em muitos outros, foi cumplicidade, não foi supervisão.