sexta-feira, 8 de julho de 2011

Vale a pena

Já muitas vezes sugeri o filme Inside Job, ou Segredo da Crise. Agências de rating é aí que são bem explicadas. Vejam mesmo que vale a pena.

10 comentários:

o cusco........ disse...

Eu vi o filme. Fabuloso!!!
Esses filhos duma nota de 5, não são os que ameaçaram os mesmíssimos USA em mete-los em lixo se o Congresso não aumentasse o tecto da dívida pública!!!
Então? Aos outros metem em lixo porque a aumentaram????!!!!
Quem são? Nomes? Que fizeram na vida? Quem os conhece?
Que credibilidade tem essa gente que nem sabe onde fica a Europa e menos Portugal?

maria lisboa....... disse...

Já vi há imenso tempo. É tal qual preto no branco!!!
A promiscuidade destas agências está ligada a políticos e média.
É tudo um bolo podre devorado em orgias de marginalidade coberto em nata azeda.
Veja o caso do News of the World.
Até o assessor de imprensa de David Cameron, o novo PM do Reino Unido, que pediu a demissão quando o escândalo das escutas rebentou, foi agora preso.
Será que a nossa rainha de Inglaterra também irá presa um dia destes????
O mundo está em colapso, corrupto, imundo, imoral.
Metade morre de fome para que 30 vivam de forma chocante sem ética nem moral, banhados de dinheiro ensanguentado de crianças famintas sem comida nem água que morrem cada segundo em nome duma gente que não merece ser parte duma raça inteligente..............

o cusco....... disse...

Tão inacreditável como a famosa agência americana que paga por especuladores vomita os ratings que melhor sirva os interesses de quem os enche de dólares ( ou será euros? é que o dólar não vale nada.. ) foi hoje a “mensagem” do PR.
Durante os últimos 2 anos deixou Portugal chegar à bancarrota só porque queria ser reeleito.
Sócrates, outro marginal da política e do estado de direito, mentiu-nos até à exaustão com a bênção do mesmo que não mexeu uma palha para acabar com aquela inquietante fraude.
Hoje e de repente acordou e começou a atacar as agências americanas. Chamou-lhes de tudo.
Como no último respiro de “La Traviata” na famosa Ópera de Verdi, eu grito:
É TARDE!!!!!!!!
Devia ter dito isso há pelo menos 5 anos e metido o marginal no olho da rua!!!!
Mas como só nasceu uma vez…pois foi o que deu…..
Ele há cada descaramento que até estremeço…………..
E depois o ar sério que põem os "pseudó-jornalistas" quando dizem “ o Senhor PR disse que”…….???
Disse? E o que é que nós andamos a dizer há meia década???
Tenho vontade de dizer uma asneira…Mas deixo para a Maria Lisboa que tem muito mais lata do que eu……..

Demo Gra Pia disse...

não é assim que funcionou todo este país durante décadas

os amigos que dão dicas a amigos

os grupos de interesse que protegem esses amigos

na realidade não são amigos porque é fisicamente e temporalmente impossível alguém ter dezenas ou centenas de amigos

são redes de conhecidos que se entre ajudam

como aconteceu entre grupos de interesses entre universidades com cursos de cariz agrícola e os lugares disponíveis nas indústrias de concentrado de tomate e na nascente agro-indústria do sorraia nos anos 80

ou entre os cursos de engenharia civil e a cimentação dos solos já pobrezitos deste pedaçinho

ou dos interesses entre o LNETTI ou o LNEC tanto faz e...

há tanta coisa

hoje mais um caso de nepotismo foi cuspido para o jornal

inside trading de influências políticas ou económicas

qual é o grande espanto

e depois admiram-se da classe média e dos emigrantes esvaziarem

pouco a pouco o IGCP

a confiança não se conquista com golpes de mão

Demo Gra Pia disse...

a classe média não dá confiança a ninguém

vende-se pela estabilidade

e tal como em 73 75 ou 77

ou algures nos anos 80

há vertigens e ressacas

nas ressacas há momentos de mea culpa e de demonizações a esmo

não ligue estou chateadinho
e pelo andar das coisa hei-de ficar muito mais

o problema é que quando se prepara vende uma imagem credível

mas isso é televisão

isto é um diário com pensamentos esparsos e popularuchos

não que interesse muito mas os bloggers vivem de audiências mais ou menos fixas

há uma retro-alimentação...um feedback se se preferir entre os blogues de uma mesma orientação

sexo...política...generalistas

económicos e político-económicos

e os blogueres estereótipicos
barbeiro bombeiro taxista

Um Jeito Manso disse...

Boa noite,

Ouvi-o há pouco dizer na televisão dizer que é difícil encontrá-lo nas lojas da especialidade. No dia em que era vendido com o Expresso, o vendedor não o tinha e, depois disso, ainda não o consegui encontrar. Quando procurei na Fnac ainda não o tinham. Estou muito curiosa.

No entanto, do que sei, o que me espanta é como, sendo tão conhecido todo o 'ambiente' em que se movem bem como os seus métodos e motivações, ainda anda meio mundo a subvencionar tão dúbias e sinistras organizações.

Cumprimentos,

JM

Antonio Fernandes Pina disse...

Exmº. Sr. Dr. Pedro Santana Lopes

Há um ano vi na TV um filme em que o Sr. Presidente da República Cavaco estava muito agradado com as agências de rating. Em que ficamos?
Eu que nunca tenho dúvidas e raramente me engano começo a ficar farto e preocupado com aqueles que desta forma defendem Portugal.
É preciso que façamos ouvir a nossa voz na Europa em que sejamos capazes de apresentar soluções e não emoções "murros no estômago". Porque não fizemos ouvir a nossa voz com aqueles Senhores Professores da Universidade de Coimbra que há três ou quatro meses apresenteram queixa à Procuradoria Geral da República contra as agências de rating? Eu percebo não comungão das vossas ideias não é? São comunistas? Continuo a dizer que a história far-se-â.

Assina: António Fernandes Pina.

EDIT disse...

Engraçado, eu pensava que o PSD estava muito de acordo com a actuação das agências de Rating. Será que o nosso Presidente tem também uma atitude racional e que é preciso respeitar, ou pelo contrário irracional e que é preciso atacar? Bem pelo menos às ditas agências não falta coerência: especulação há um ano especulação agora... já o nosso Presidente...

Tonibler disse...

O filme é um testemunho. Não é a verdade. Como em todos os documentários basta sonegar parte dos factos, mesmo que involuntariamente, para que a história que se tira de lá seja outra. Basta omitir alguns factos imperceptíveis para o comum dos mortais e passa a ser inquestionável que o Sol anda à volta da Terra.

Para que um testemunho passe por verdade, basta que quem esteja a ouvir não perceba um corno do assunto, o que me parece ser claramente o caso.

Tonibler disse...

Para as pessoas que não conseguem ver o filme, ele está disponível na sua totalidade no Youtube em

http://www.youtube.com/watch?v=iFfTcAcGjcU

Mas, por favor, distingam o que são factos, do que são opiniões para depois não andarem a formar a opinião que os outros querem que vocês formem,,,(sigh!)