quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Um Cavalheiro do Jornalismo

Enorme tristeza por Mário Bettencourt Resendes, que fez muito bem a Portugal. Se todos os jornalistas assumissem as suas convicções como ele sempre assumiu, mantendo, como sempre manteve, a independência e a dignidade, Portugal estaria bem melhor.
O Mário foi um Homem sério, bom, educado, competente. Amigo do seu Amigo. Que bonitas as palmas, tantas palmas, na Missa, na Igreje de São João de Deus.
Eu tenho orgulho em ser seu Amigo. Sempre serei.
Obrigado, Mário.

5 comentários:

Anónimo disse...

Dou-lhe um conselho sábio, seja amigo agora de quem ainda esta vivo e dê valor a esse sentimento, e trate-os bem se faz favor, e elogie-os enquanto poderem ouvir e agradecer .... amigo nao será mais, mas uma eterna recordação enquanto você viver, será sempre.

Jorge Diniz disse...

Foi um Jornalista que deixa saudades. Grande Homem.

Desafio, agora, o meu amigo e companheiro a falar sobre aquela "fabulástica" dissertação de Pedro Reis: "Os salários e os impostos estão 15% acima do que deviam".

Quais os pressupostos?
Qual o Estudo?
Quais (e de quem) "salários"?

Assim, mais uns dias, e o PS terá (nas sondagens) maioria absoluta!!!

o cusco disse...

O Senhor anónimo parece sábio, não só o conselho o é....Os amigos são para ser bem tratados, sempre e em vida. Depois de mortos não podemos ouvir ou ler o elogio.
Em relação a Jorge Diniz, há tanta coisa para dizer deste disparate de vampirismo partidário que até já concordo com Barreto. Venha a UE tomar conta disto pois as offshore não param de crescer e nós é que vamos ficar na miséria moral, psíquica e económica.
É-me indiferente o que pensem os leitores, mas o único PM português que não ficou rico foi PSL , de resto, até alguns ministros dele ficaram, e por isso critico aqui o dito vampirismo.

César disse...

Que continue a descansar em Paz!

Camilo disse...

Ó Doutor Santana Lopes,
Então V.Exa. publica post´s de "anónimas"... e não publicou a pinha opinião, devidamente identificada?!!!
Ó Doutor, tenho direito a ter a minha opinião.
Não ofendi ninguém.
Apenas -e só- a minha forma de pensar sobre: Bettencourt Rodrigues.
Por muito amigo que V. Exa tenha sido (em vida) do senhor em causadefunto, a responsabilidade do meu pequeno texto é minha.
Mesmo que a opinião seja no seu Blogue, mas do seu desagrado.
Vamos lá acabar com o "politicamente correcto"...
Mantenho o que disse:
Betencourt Rodrigues, esteve sempre do lado "daqueles":
"-Ó senhor guarda, desapareça!";
e também ao lado "daqueles" que destruiram um governo -, por acaso... é o seu caso- eleito em democracia... pelo povo.
Ainda falta saber se o começo do declínio do "DN" não será da responsabilidade de BR...
Mas, esta é a minha opinião.
Que mantenho.
Cumprimentos