sábado, 17 de julho de 2010

Atentado

No Diário de Notícias de hoje, sobre uma notícia do Sol de ontem:

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1620377

Foi o MFA que quis, em 1975, que, na futura Constituição Portuguesa, fosse atribuído esse poder ao Presidente. Muito custou a acabar com ele. Francisco Sá Carneiro, Mário Soares, Diogo Freitas do Amaral, Francisco Sousa Tavares, Jorge Miranda, António Vitorino, Margarida Salema, Luís Beiroco, António Borges de Carvalho e, se me permitem, eu próprio, muito lutámos para que esse poder saísse do texto constitucional.
O PSD quer, agora, recuperá - lo?

10 comentários:

Ricardo Lopes disse...

Candidate-se à Presidência!! Precisamos de si!!!

didi disse...

Atenção: outros tempos...outra conjuntura...outra tudo!
abraço

memórias disse...

Falando de coisas antigas...Lembra-se o Senhor do vomitar de veneno quando um filho seu esteve a trabalhar num arquivo da AR???
Eu lembro-me do meu marido me ter dado um jornal que falava disso.Pois olhe.O seu filho era jovem e trabalhava mesmo,pelo que soube mais tarde.
O senhor padre de extrema esquerda, que ....que..."obra" moral qual membro do clero, aquele do Bloco parece que meteu a mãezinha de 78 anos como secretária...A ser verdade....."TÃO BOM.."
É muito mau...Com que cara vão eles sentar-se na AR sem poder moralizar todos NUNCA MAIS NA VIDA?

Anónimo disse...

És mentiroso, as tuas desculpas foram pura inveja(PELA CASA QUE HABITAVA), pq andavas á procura de propriedade para construir uma para ti, á tua maneira para exbir que eras dono de um terreno e umas paredes, janelas e portas, isso não muda o teu caracter. Querias ganhar tempo para poder mostrar alguma coisa , neste caso propriedade tua, pq és um inseguro e acreditas que a propriedade conquista uma mulher, no teu caso compra-a. A mulher ideal para ti é uma desalojada sem eira nem beira que deseje deseperadamente uma casa para viver sem pagar despesas. Constroi ao teu gosto e decora-a, ela é tua, eu nao sou tua propriedade nem nunca serei. Porto covo?
O atraso nunca foi politico foi estratégico para te exibires, já diz o signo caranguejo sem propriedade e carro proprio sentem-se pobres e comem qualquer coisa, com propriedade exige mais qualidade, mas continua a ter a mesma personalidade. é muito importante para caranguejo ser dono das paredes que o rodeiam, mas tb da mulher que possuir, não aceito nem nunca aceitarei um convite teu para ver a tua obra sem gosto, como na roupa. Manipulador e falhado, tanto trabalho para ficar com uma secretaria de 5ª categoria ou entao com uma ex desesperada por deixar de pagar aluguer e viver á tua sombra. Coitado de quem é inseguro...és lamentável... Perca de tempo em conhecer alguém como tu. Mas ainda bem que o fiz, senão arrependia-me mais tarde, assim arrependi-me mais cedo. A unica garantia que podes ter é que essa propriedade va ser pra sempre enquanto uma mulher nao. E os filhos sempre herdam alguma coisa e no fim de partires terão motivos para se desentender quanto a bem a dividir. Ao fim ao cabo vivo ou morto trazes sempre problemas, tu és um problema um infeliz.

Helvios disse...

Isso é uma prova que neste PSD nada se cria nada se inventa.É como a pescadinha de rabo na boca, anda-se às voltas para ser cada vez mais do mesmo.

A. Jorge disse...

Preocupa-me mais a pobreza e a elevada taxa de desemprego no nosso país do que propriamente essa questão dos poderes do Presidente da República.
Existe uma palavra que há muito está afastada dos dicionários da classe politica que é, prioridades.
Assim, enquanto nos desviarmos dos reais problemas do país (como parece ser agora o caso)não vamos lá.

Camilo disse...

Ó Doutor Santana Lopes...
Isto bateu no fundo!
A malta está descrente e nada faz.
Ninguém tem mão seja no que for.
Ninguém mexe uma palha para melhorar nada.
Tudo parado, inerte, nada de chatices.
Haja a bica, o quéque e o maço de cigarros, tudo numa "náice"...!
Vossa Excelência, por acaso, não quer ficar na HISTÓRIA DESTE país?!!!
Saia do PPD/PSD (como lhe chama...) e forme ALGO que obrigue a malta a tomar consciência.
Uma nova consciência.
Se for agressiva ou não (contra os poderes "instalados-à-sombra-da-bananeira"), isso logo se vê...
VAMOS LÁ A FAZER QUALQUER COISA!!!
Em nome dos mais novos, em nome dos nossos netos... caminhamos para a cova!
VAMOS LÁ, DOUTOR!!!

Nelson Pereira disse...

que coisa mais estranha e má onda Senhor Dr...Esse troço aí desse anónimo que ninguêm entende nada..eu hein dr.?! que coisa estranha.....Não devia publicar coisa assim.. :(

didi disse...

ca p´ra mim, parece + um anónimo a transpirar inveja..... :)))
abraço, Pedro

Inês Tavares disse...

Caros Pedro e Nelson: alguém depois de uma boa bezana resolveu escrevinhar umas inconguências -coitados (s/ 2º significado, sff) de quem os atura! Ou então: «Deus nos dê juízo até á hora da morte».

Quanto aos poderes presidenciais. Temos de parar de fazer remendos no socialismo: queremos uma república, tipo USA, onde o presidente é o chefe do executivo; ou queremos um sistema como o da BRD, onde o presidente é eleito pelas 2 câmaras do Parlamento e tem apenas funções protocolares?

E temos também de parar de fazer constituições tendo em consideração os detentores actuais, ou futuros próximos, dos diferentes cargos. A lei deve ser impessoal e tendencialmente intemporal.