quarta-feira, 14 de julho de 2010

Anulação

Anulada a permuta de terrenos, da Feira Popular e do Parque Mayer, decidida em 2005, sob Presidência de Carmona Roderigues, pela Câmara Municipal e pela Assembleia Municipal de Lisboa, permuta que teve os votos favoráveis do PSD, do PS, do CDS e do Bloco de Esquerda. É bom lembrar esta votação, porque tenho reparado que até os meus amigos reagem com total surpresa quando recordo essa realidade. O tempo que passou e a evolução de algumas forças políticas levaram a que as pessoas pensem que a decisão foi só do PSD.
É bom esclarecer que a decisão do Tribunal Administrativo de Lisboa foi tomada com base na acção interposta por José Sá Fernandes, que deixou de ser contestada pela Câmara Municipal de que faz parte, desde há três anos, a mesma pessoa. Para ser explícito, a Câmara decidiu, em 2008, secundar, como ré, o essencial das posições do autor.

4 comentários:

ava n'tesma disse...

os tradicionais padrões políticos, tem-se alterado e em ambientes autárquicos economicamente
"desfavorecidos",talvez surjam
algumas surpresas.

Anónimo disse...

Ora aqui está um campo de actuação onde (quase) toda a gente lhe reconhece competência. A oposição a esta câmara fajuta que trata a nossa cidade como "vira-lata".

PC

Pedro Antunes disse...

Mais uma novela judicial. E Lisboa continua a arder.

A. Jorge disse...

É mais fácil encontrar um melro branco do que um socialista sério. Esperava o quê?