domingo, 7 de março de 2010

"Mentirinho"II

Só para distrair de assuntos sérios: "fonte" amiga já me informou por onde paira o tal de "Mentirinho"... Adivinhem com quem ele estava, na passada Quarta - Feira, na conferência organizada pelo Diário Económico com três candidatos à liderança do PPD/PSD?
Poi exactamente com um participante noutro programa do mesmo canal que "vai para o ar" no dis seguinte, de Sábado para Domingo. Mais rigorosamente, durante a primeira hora de Domingo. Só pra se compreender melhor, exactamente o participante que é conhecido por ser apoiante de um desses três candidatos. Pelo que foi dito, "cochicharam" muito.
Como diz um dos comentários, o que decide são os convites. Eles lá sabem.

8 comentários:

JB disse...

É por essas e por outra que o PSD não vai levar o meu voto se for eleito o Passos Coelho ou o Aguiar Branco, quanto ao Rangel, dou-lhe o beneficio da dúvida.

Anónimo disse...

Dr. Pedro Santana lopes,

Desculpe, enganei-me. Mea culpa! Nem elmo,nem armadura, nem lança.
A minha dúvida é a do costume: 9,3x62 ou 30.06. E, claro está, com mira telescópica (melhor não facilitar)

George Sande

Ana Campos disse...

Sr. Pedro Santana Lopes, nada do que vou escrever tem haver com o seu post.
Já que não há solução para a minha feira popular, pergunto, que vai o senhor fazer ou já fez pelo casal que está à porta da PGR há 14 anos que são dados como mortos, diga-me?
Ou não vao publicar este meu comentário?
Obrigada se o publicou.e agradecia uma resposta sua acerca desta situação dramática.

Jorge Diniz disse...

Em entrevista à RTP, Paulo Rangel esclareceu que não é candidato à presidência do PSD.
Justificou a sua decisão com o facto de ter assumido funções como eurodeputado há pouco tempo.

Mais do mesmo?

Sousa Mendes disse...

Ana Campos tem razão.Até já no estrangeiro se fala disso...É vergonhoso.Mas afinal estamos em Portugal.Tudo é possível no País de Sócrates.

Carlos André Martins disse...

Pedro tem toda a razão, este senhor foi meu professor no instituto superior de ciencias socias e politicas e nunca me enganou. Mas a cima de tudo é cavaquista disso pode ter a certeza!
Grande abraço!

Carlos André Martins

Alberto disse...

A propósito de mentiras, temos a recente sondagem que dá mais uma vitória quase absoluta ao PS. Como a anterior, das últimas eleições,mas agora para favorecer o jovem Passos, à beira do Congresso, que vai "encontrar" mais um motivo para desancar a anterior Direcção do PSD e todos os que, directa ou indirectamente,trabalhavam com ela.
Mais um jovem impoluto e moderno que não tem nada a ver com o passado pouco feliz do PSD. Só se identifica com o passado vitorioso.
Enfim, mais um jovem de sucesso, dos socretinos que agora pululam por aí e que lá se vão safando e nós nos tramando

Anónimo disse...

Comentário à entrevista de 11-3-10:

Decorrem da sua entrevista de ontem, que eu esperei com grande ansiedade, sinais preocupantes sobre o seu pensamento à cerca do desenvolvimento regional, coesão territorial e organização do Estado:

Se quer desmantelar serviços do Estado no Interior, já não tem de se incomodar, porque nas últimas décadas o “pessoal aí do chiado” já tratou do assunto, designadamente nos “povoados” de Chaves , Bragança, Mirandela, Moncorvo, Foz Côa, etc.
Se passar lá, vê piscinas, centros culturais, auditórios.... tudo do melhor... vagos e gelados. Todos têm a plaquita da inauguração, indicando um nome que homologou o investimento (o que “deu” o dinheirinho).
É impressionante (de rir às gargalhadas se não fosse terrível) ver à entrada de cada terra as indicações com a localização dos centros culturais (aos montes).

Quanto à região piloto, não chega o exemplo dos Açores e da nossa Madeira? Para quê mais pilotos?

E que dizer do desabamento do viaduto sobre o IPA/A4? (passei lá 1h antes) Onde está o Estado para assumir as responsabilidades? Onde está a JAE? que era uma escola de engenharia e um serviço público de excelência?
Vai ver que a responsabilidade recairá toda sobre o técnico da fiscalização que com grande probabilidade é um recém licenciado que ganha menos que uma empregada de limpeza (com todo o respeito). Sei do que estou a falar.

O que poderemos aqui ter é uma empresa (será daquelas na hora?) e uma empresa de fiscalização (também na hora?), que poderão até ser sócias. Pode até pertencer a um grupo que tem um qualquer funcionário que até deu uma “perninha” como ministro a dada altura.

Caro Dr Santana Lopes, se acha que o que eu penso é exagerado não publique, mas é o que eu penso e, como tenho grande respeito pela sua frontalidade e honestidade gostaria de lho transmitir, porque também tenho cinquenta e tal anos, filhos próximos dos trinta e o tempo a escoar entre os dedos.

Os melhores cumprimentos