segunda-feira, 13 de julho de 2009

Costa da Caparica


Magnífica a praia de São João, na Costa da Caparica. Areal extenso e limpo, bons acessos, e , hoje, o mar estava extraordinário: transparente e sereno.
Quando vou à praia para aqueles lados, vou, normalmente, mais para o lado da Fonte da Telha. Há muitos anos que não ia para esta parte da Caparica, apesar de ter passado férias de Verão, até aos oito anos, em Santo António.
Que saudades das manhãs na praia, depois sesta, e depois, ainda, brincar para a Mata, enquanto a minha Mãe e as suas amigas nos olhavam da esplanada.Que saudades!

Hoje, à saída da Praia fui com a minha Filha à Rua dos Pescadores comer um gelado que agora é duas lojas mais acima. Lembrei-me dos tempos do cinema, ali ao pé do Mercado, com os filmes da Marisol e do Joselito. Tão distantes e tão próximos, esses tempos tão especiais!...

26 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Mãe Portuguesa disse...

Estive nessa mesma praia com as minhas filhas no Domingo e realmente foi espectacular. É bonito podermos recordar os momentos bonitos que passamos na nossa infância e partilhá-los com os nossos filhos. Infelizmente, hoje a supervisão tem que ser muito mais apertada porque não é só com o mar que nos temos que preocupar...

Anónimo disse...

Dr. Santana Lopes.
Cada vez simpatizo mais consigo.
Achei piada a isso dos filmes de Marisol e de Joselito, pela parte que me toca...sempre são os meus patricios
È um prazer ouvi-lo cada vez que o Sr. aparece na TV.
Posso asegurar, porque não tenho nenhum interés em estar a afirmar isto, que não existe em Portugal nunhum político com a inteligência e o carisma que o Sr. tem.
Me encanta!.
Nõa lhe desejo felicidades para a CML porque não tenho dudivas que o éxito está garantido.

Uma espanhola que muito o admira!.

Jorge Cabral disse...

Caro Pedro,
Como eu o compreendo!...
Mas espero, da sua parte, como alguém que sabe ver com olhos diferentes do cidadão comum, uma palavra a respeito do Polis da Costa, e porque não, de todos os outros ou pelo menos daqueles que mereçam reparo na óptica de alguém que tem, seguramente, uma noção de futuro, com equilíbrio e onde o gosto de viver não seja perturbado por arquivos arquitectónicos de gosto, tudo menos que recomendável.
Boa sorte para a sua campanha.

Bruno disse...

Ainda bem que o futuro presidente da Câmara de Lisboa gosta da Costa da Caparica e da Margem Sul. Sendo morador e autarca no concelho de Almada, tenho a consciência que só com trabalho conjunto entre as duas margens do Tejo é que é possível um desenvolvimento sustentado e concreto da qualidade de vida das populações.

Peço desculpa por este comentário mais "político" logo de início mas a revolta de ter visto a Costa abandonada durante anos e anos, só agora se vendo alguma obra, algum embelezamento (ainda assim feito a custo e deixando algo a desejar), alguma qualidade turística...

Compreendo bem os sentimentos de quem conheceu a vila e a praia do antigamente em que havia qualidade de vida (pelos parâmetros da época). Infelizmente eu fui assistindo a um crescimento desenfreado e desregrado em que se perdeu muito daquilo que a Costa tinha de tradicional apesar dos esforços da freguesia para manter uma identidade.

Creio que falo por todos quando digo que será sempre bem vindo a estas paragens e esperemos que se sinta cada vez melhor por cá, pois será sinal que estamos a receber cada vez melhor e com melhores condições.

Sandra N. Martins disse...

Sr.Dr.:

Extraordinária entrevista a que concedeu hoje à RTP, e em que pôde apresentar, de forma clara e construtiva (sempre pela positiva!)os principais aspectos de um Programa eleitoral com Sentido.

E também esclarecer factos que têm vindo a ser alvo de distorção constante.

A meu ver, esta entrevista, apesar de mais combativa do que a que concedeu à SIC notícias, ( e talvez por isso mesmo!)foi ainda mais interessante e esclarecedora.

COM SENTIDO, continuamos portanto no CAMINHO CERTO: O DA VITÓRIA!

Conta-Corrente disse...

Felicito-o pela entrevista a Judite de Sousa. Gostei das ideias, da forma como reagiu às perguntas sobre passivo e em relação a António Costa. Terminou muito bem ao não querer falar de questões relacionadas com o Partido e do apoio à Presidente do PSD. Esteve sempre muito bem. Cumps GBM

Manuel Loiro disse...

Parabéns pela sua entrevista.Não sou do PSD mas votarei em si.Da Roseta, se quiser ir a costas do actual Presidente,ela é que sabe,mas os votos não mudarão.O actual Presidente perde variadores,nada mais,porque o povo não vota partidos,nem para o Parlamento,quanto mais para as Câmaras...Com Roseta ou sem ,o próximo Presidente será vocé.Como muito tiram-lhe a maioria e isso se as pessoas ficarem em casa,senão,nem isso.
Bem haja por ser lutador e querer repôr a verdade e valores.

lb disse...

Caro PSL, apoio a sua candidatura à câmara e penso que terá todas as condições para voltar a fazer um bom trabalho na nossa cidade. Ouvi-o ontem na RTP1 e, estando de acordo com praticamente tudo, há um ponto em que tenho algumas dúvidas. Trata-se da questão do aeroporto. Para além do ruído que, como sabe, tanto nas aterragens como nas descolagens afecta sobremaneira toda a área que vai de Campolide à av. do Brasil, tendo graves consequências no bem-estar da população em geral e dos residentes em particular, o que mais me preocupa é a segurança. São impressionante as “tangentes” de aviões de grande porte à 2ª circular, normalmente apinhada de trânsito. Nem sequer imagino o que seria se, devido a uma qualquer falha (na descolagem ou aterragem), algum avião acabasse por se despenhar na referida via ou na área circundante (avenidas novas) como, infelizmente, já aconteceu em outros aeroportos – recordo-me, por exemplo, do Concorde em Paris, caso que, pessoalmente, conheci bem. Evidentemente que é útil ter um aeroporto “dentro” da cidade: é muito vantajoso para quem nos visita, seja em trabalho ou turismo. Mas penso que seria muito mais prudente pensar-se nas condições de segurança e bem-estar dos que que cá vivem e trabalham. Não espero que, com este comentário, mude de opinião. Peço-lhe, somente, que considere este ponto. Com os melhores cumprimentos, LB.

Luis Melo disse...

Primeiro foi o acordo com Sá Fernandes. Agora foi com Helena Roseta. Parece-me que no final dos acordos, não vão restar lugares na vereação para os elementos do PS...

A candidatura de António Costa e do PS é pura e simplesmente uma candidatura de negociação de lugares. Ideias, estratégias, rumos para a cidade de Lisboa? não há! Há apenas o ódio a Santana Lopes, o homem que mais obra fez em Lisboa nos últimos anos.

António Macedo Pereira disse...

Senhor Dr. S Lopes
Como homem de esquerda,esperei até hoje ver a sua derrota,sou-lhe franco.Esta tarde a sua sorte mudou e por isso dou-lhe os parabéns democráticamente.Não sei se foi algum infiltrado vosso que aconselhou a Arquitecta Roseta, mas devo dizer-lhe que se foi,esteve muito bem pois ela hoje á tarde e assossiando-se aquela malta, deu-lhe a vitória a si.
Não faço julgamentos á toa mas se me dissessem que Roseta era tonta, eu nunca teria acreditado.Hoje quem não acredita nela,NUNCA MAIS NA VIDA, sou eu e comigo a minha familia e amigos.Afinal é tão vendida como todos e juntou-se á família errada.
Boa sorte na direcção de Lisboa, pois você já a ganhou.
Macedo Pereira,(Alegrista)

karem disse...

Também costumava passar férias em Santo António de Caparica. O meu Pai todos os anos alugava uma casa durante o mês de Agosto e aí passei dos melhores momentos da minha vida juventude no início dos anos 70, sempre com o mesmo grupo de amigos. Recordo muitas aventuras desse tempo, desde corridas à noite de “Vespa” pelos caminhos da mata junto à praia, até fugir do guarda do cinema ao ar livre da FNAT com medo dos tiros de sal da sua caçadeira, depois de espreitar pela janela da sua casa...
Recordo também com as festas memoráveis nos Capuchos, fantásticas para conhecer novas namoradas.
Enfim, saudades também desses bons temos.

Anónimo disse...

Sr.Dr.Santana Lopes
Está de parabéns, continua de parabéns! A entrevista foi magnifica! No dia 1 estive lá, ao longe. Eu queria evitar de dizer umas certas coisas mas...não consigo. Eu sei que o Sr. tem capacidade para se pôr "de fora" e ver. VEJA , VEJA PORQUE É DIGNO DE SE VER! As piquenas e os piquenos, coitados, adquirem uma postura de "donos do Chefe" e deitam uns faróis que parecem "papões"... pela parte que me toca, fiquei a tremer de medo... por Amor de Deus! É mesmo caso para dizer "Meu Deus perdoa-lhes, eles não sabem o que fazem" e olhe que é mesmo! São pouquechinho.. a côr do cabelo e a brilhantina "já era" mas o tamanho do cérebro reduziu ( tb não havia muito pra reduzir...). E aqueles que tanto mal falaram do Sr. ? Era vê-los com uma subserviência, um sorriso, que até fazia pena. Esteja atento à malta do tacho, esteja atento. Meta-lhes uma rolha na boca pois de outra forma nada faz sentido!
Com sincera Amizade
"Sempre"

miguel vaz serra.... disse...

Dr. Santana Lopes
Imitando certos jornais que dão nota negativa e positiva a certas pessoas, se me permite hoje vou fazê-lo tambêm.
A positiva vai para o Senhor Ex-Presidente da Câmara de Lisboa e a negativa para a Senhora Ex-Presidente da Câmara de Cascais. Quem conhece o percurso político dos dois, entenderá, mas numa breve explicação, eu diria que Carmona Rodrigues tenta uma coerência de raciocínio e Roseta perdeu completamente o norte. Todos sabemos da sua obra em Cascais e convido aos que não se lembram ou não sabem, que o estudem....
Relembro que foi do PPD, ferrenha, diria mesmo, depois foi para o PS, depois zangou-se..muito..disse coisas horríveis deles todos, uniu-se a Manuel Alegre na corrida ás Presidenciais contra Sócrates e Costa, então membro do Governo e numero 2 do PS e diria mesmo que os humilharam ao deixar o candidato dos mesmos em terceiro lugar, depois foi para a Câmara de Lisboa e agora ,qual filha pródiga, volta ao "colo" do PS.
Esqueceram no entanto algo muito importante...É que as pessoas que lhe deram nas sondagens uma certa posição, era porque estavam de costas voltadas a Costa, e portanto irão agora buscar Santana Lopes e Bloco para exteriorizar o seu descontentamento.
Como numa última tentativa de respirar, "Violeta" ,doente e moribunda, grita desesperada na famosa Ópera de Verdi, La Traviatta, "É tarde!!"...

florbela silva disse...

Dr. Pedro Santana,

São lindos esses momentos de regressão ás nossas origens e ás memórias de infância, faz-nos compreender que somos somente um ponto no infinito, junto de milhares de átomos no Universo.
De facto, é importante fazer esse processo de regressão que nos permite analizar onde desperdiçámos energias, onde ganhámos batalhas e onde perdemos tempo.
Sabe quando temos a vida de várias pessoas em mãos,como é o caso das pessoas que têm o poder de decisão nas mãos, devemos de facto ponderar quem somos, o que fizemos, o que ainda queremos fazer e acima de tudo onde podemos corrigir erros do passado.

Sinceramente, a Costa não é dos locais mais aprazíveis, não só pelo próprio nome mas de facto, deveria estar com um potencial turistico mais evoluido, pois de facto, nos arredores de Lisboa é dos locais mais bonitos e bem situados.
Muito interessante se efectuar revivalismos com os nossos descendentes, pois é muito importante dar-lhes a conhecer as nossas memórias ... e finalizo dando-lhe os parabéns pela sua sensibilidade e profundidade de sentimentos paternais ... Estamos perante um bom chefe de família e pai extremoso ... excelente ensaio para uma boa governança.

Força para a Campanha
Flor

miguel vaz serra.. disse...

Dr. Santana Lopes
Como seria Lisboa se tivesse sigo concluída a obra de que fala este Jornalista?

"Um aqueduto monumental sobre o Rossio...
O miradouro de S. Pedro de Alcântara foi o local escolhido por António Costa para anteontem apresentar a sua recandidatura à C. M. de Lisboa, talvez por ser uma das mais belas vistas de Lisboa, desde o alto de Campolide, à esquerda, até ao Tejo, à direita, com o castelo em frente. Há pouco mais de um século era frequentado por senhoras da média burguesia, que nas tardes de domingo iam ouvir a música das bandas e 50 anos antes, por volta de 1850, não era difícil encontrar, no seu passeio diário, a imperatriz D. Amélia de Beauharnais, viúva de D. Pedro IV, apaixonada do jardim. Nessa altura já todos haviam esquecido a má fama do local, muito tempo monturo de todos os lixos, vazadouro de animais mortos e local de atracção de suicidas, que desde o início do século 19 se atiravam lá para baixo, para a ravina da Rua das Taipas, à média de 3 e 4 por semana, procurando um remédio definitivo para uma vida de misérias. Mas aquele terraço, aquela enorme muralha que dá para as Taipas, não nasceu para ser jardim, mas sim para acolher um enorme depósito das Águas Livres, o mesmo que depois acabou por ser a Mãe d'Água das Amoreiras. O projecto inicial, de 1729, traçado por Manuel da Maia, que previa um aqueduto semelhante ao que atravessa o vale de Alcântara para passar sobre o Rossio e ir até à Graça, foi abandonado em 1740, quando Custódio Vieira foi nomeado director da obra. O grande aqueduto sobre a Baixa da cidade nunca foi construído. Já imaginou como ele teria mudado a imagem de Lisboa? António Mendes Nunes Jornalista" http://institutovazserra-antigosalunos.blogspot.com/

o vidente... disse...

Caro amigo,PARABÉNS!
Conseguiu 2 entrevistas a Judite de Sousa quase seguidas e uma nem teve que lá ir. Ainda dizem que o Senhor não sabe ser um bom político porque é muito emotivo...Hoje viu-se quem é emotivo e está desesperado, Sás Fernandes, Rosetas, e hoje uma entrevista desesperada de ataques tão baixos que não serviram para nada mais que o fazer perder , a ele Costa, ainda mais votos do que perdeu Roseta com este acordo de "Coligórios"..ou será "coligatórios"?ou será "cólica(s)tórias"? O Senhor tem razão...Quando algo começa a correr mal...tudo o que se faça só vai piorar, mas eles não sentem essas coisas, o astral está demasiado pesadito....
Parabéns uma vez mais.

Castelo de Lanhoso disse...

Dr. Pedro Santana Lopes:
Parabéns pelo caminho que está a trilhar. Um caminho sustentado na verdade. Esta coligação de esquerda não o pode fazer esmorecer.
Armando Fernandes
Póvoa de Lanhoso

Ana disse...

E dos filhos dos pescadores pedindo esmola, lembras-te? E das viúvas de negro deambulando pelo areal, lembras-te? E do operariado de Almada que ia à Costa ao domingo com as famílias e farnel, mas que ficava a boa distância dos clãs dos doutores de Lisboa?
E do outro Portugal esfomeado, oprimido e de pé descalço, por onde sobreviviam 90 por cento dos portugueses e dos seus filhos da mesma idade que tu que morriam sem nunca ver o mar, lembras-te?
Hoje, são cidadãos eleitores de pleno direito e gostariam de ser lembrados sempre por quem tem pretensões a comandar o seu futuro.

Anónimo disse...

29133022Caro Dr. Santana Lopes,

Quero felicitá-lo pelas suas entrevistas, discursos e intervenções, pois a capacidade que lhe tão peculiar- esse dom tão natural e inteligente - que tem de demonstrar com precisão, educação e seriedade, fazem de si um dos políticos que muito aprendeu com o saudoso Dr. Francisco Sá Carneiro.
Ainda há bem pouco tempo, nos dias 12 e 13 de Maio, em Fátima, uma sua apoiante da Figueira da Foz, tão leal quanto eu-aqui na Maia-, nos recordávamos do seu arrebatamento e defesa dos seus ideais social democratas.
Gostei das suas recordações pelas prais da sua juventude e desejo que a sua Força, Segurança e Lealdade pelos Lisboetas seja culminada coma sua vitória no dia 11 de Outubro.

Anónimo disse...

Caro Dr. Santana Lopes,

Quero felicitá-lo pelas suas entrevistas, discursos e intervenções, pois a capacidade que lhe tão peculiar- esse dom tão natural e inteligente - que tem de demonstrar com precisão, educação e seriedade, fazem de si um dos políticos que muito aprendeu com o saudoso Dr. Francisco Sá Carneiro.
Ainda há bem pouco tempo, nos dias 12 e 13 de Maio, em Fátima, uma sua apoiante da Figueira da Foz, tão leal quanto eu-aqui na Maia-, nos recordávamos do seu arrebatamento e defesa dos seus ideais social democratas.
Gostei das suas recordações pelas prais da sua juventude e desejo que a sua Força, Segurança e Lealdade pelos Lisboetas seja culminada coma sua vitória no dia 11 de Outubro.

teresa mendonça disse...

Dr. Santana Lopes,é bom ter memória! Memória da infância feliz e daqueles que nos acompanharam e, porque não, daqueles que ainda o fazem. Aprecio a sua sensibilidade, força de trabalho, e coerência política.Contudo, não consigo entender como aceita, para o seu projecto para Lisboa, um candidato que além de ter feito uma gestão duvidosa da Junta de Freguesia a que preside, pagou com verbas do erário público um jornal, de distribuição gratuita, para denegrir a sua imagem e a de alguns que o acompanharam. Só no ano de 2008 custou aproximadamente 40000 euros.

Antonio Fernandes Pina disse...

Estou totalmente de acordo com a Senhora D. Ana.
Este texto é muito bonito e retrata bem o sofrimento de um povo esmagado pelos poderosos.
E da moral desta história tirem vossas conclusões de que os Lisboetas não vivem só de boas intenções.

Anónimo disse...

A minha junta de freguesia, a da Sé, pagou 100 euros por mês para o mesmo jornal. O que se passou neste jornal? Os seua apoiantes pagaram menos que os outros? Mistério... se calhar era bom perceber porquê!

Catarina disse...

Boa tarde Dr Pedro Santana Lopes,

Sobre o texto da Costa da Caparica, do qual gostei bastante. Gostaria de acrescentar que
a origem deste nome vem de um dos primeiros habitantes da Costa, uma viúva pedinte que trajava uma capa preta e todo o dinheiro que angariava escondia dentro da mesma capa, daí o nome de Capa Rica, vivia na falésia, donde ainda hoje avista-se da Costa e temos o Convento dos Capuchos (onde durante o Verão organizam-se alguns concertos de música clássica).
A Costa da Caparica é sem dúvida dos sitios que me diz mais, por todas as razões e mais algumas;....pelas praias (Castelo, e nos velhos tempos CDS, S. João - que saudades) ; as águas frias (boas para curar as constipações) - ...tenho pena das infraestruturas pois sempre a conheci assim.....mas agora como cidade c/ pouca autonomia própria e a pertencer ainda a Almada....!!!!! O projecto Polis já conseguiu alterar alguma coisa. Lembro-me de ter ouvido falar, pelos meus pais,de que à uns bons anos um projecto do arquitecto Cassiano Branco
poderia ter feito da Caparica a Copacabana de Lisboa.......!!!!!!!! Isto ainda nos tempos do Salazar mas o projecto não foi aprovado e na altura parece que decidiram investir em Cascais......... melhor mas sem os Kms de areal e potencial q a Costa tem.......!!!!!!! Estive no lançamento da "Cidade é de todos" no CCB. Catarina

Rui BG disse...

Só hoje li esta sua publicação no blog, mais de três anos depois de a ter escrito. Vejo que é igualmente um entusiasta da "velha" Costa da Caparica, a mesma que tem vindo a morrer lentamente...
Sem me alongar demasiado, deixo-lhe aqui um convite a visitar a "Costa da Caparica" no Facebook, onde relembramos os "velhos tempos" e tentamos salvar o que resta... :)
https://www.facebook.com/groups/costa.da.caparica/?ref=ts