quinta-feira, 26 de março de 2009

EARTH HOUR




www.earthhour.org/

EARTH HOUR- Sábado, 28, para Domingo, 29 de Março.

6 comentários:

Benedita da Silva disse...

o que é isso?dia 28?o quê? a que hora fazer o quê?
obrigado

Pereira disse...

Lisboa adere pela primeira vez à Hora do Planeta (HP) e junta-se ao apagão mundial, desligando as luzes de vários monumentos emblemáticos da cidade e dos Paços do Concelho, ficarão também às escuras o Cristo-Rei, a Ponte 25 de Abril, o Palácio de Belém, o Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Belém, o Padrão dos Descobrimentos, o Castelo de São Jorge, os Paços do Concelho e o Museu da Electricidade. Paralelamente, o Centro Cultural de Belém desligará as suas luzes durante 15 minutos.»
«Não esqueça, às 20:30 do dia 28 de Março de 2009 apague as luzes e vê a diferença que pode fazer no combate ao aquecimento global...»

Bia disse...

Essa iniciativa é muito legal! Esses dias eu vi num site umas curiosidades sobre o aquecimento global e me assustei com algumas informações, se voce quiser ver: http://www.natgeo.com.br/br/voce-sabia
Valeu e gostei do post!

joyce disse...

Dr. Pedro Santana Lopes

Uma campanha mundial servirá como protesto contra os motivos que levam ao fenômeno do aquecimento global. A pedido do Fundo Mundial para a Natureza (WWF), cerca de 1.189 cidades de 80 países foram convocadas para apagar as luzes de seus edifícios mais emblemáticos hoje, dia 28 de Março.

Fez bem lembrar neste post.

Vale a pena ver o vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=1CRs-7lRlPo

Flor do Vale disse...

Eu aderi à iniciativa e às 20.30h de sábado apaguei as luzes, desliguei a televisão e estive uma hora de velas acesas. Olhei para a rua e em 3 janelas ao redor, outros fizeram o mesmo que eu. Mas muitas luzes continuaram acesas...por desconhecimento, por comodismo ou simplesmente porque o aquecimento global não tem merecido a preocupação da população em geral. Este é talvez o cancro do nosso planeta! Uma doença global que "mascara" alguns sintomas e não permite, muitas vezes, perceber a dimensão do problema. O diagnóstico está feito e a cura passa por todos nós: pela reeducação de hábitos que poderão fazer toda a diferença!

Inês Tavares disse...

Gostei de ver...Apagaram as luzes de iluminação da Torre de Belém e fizeram um concerto ao lado alusivo ao acto. Para iluminar esta actividade, potentes holofotes e muito contente com o desperdício...o Zé (que nunca fez falta).

Valha-nos S. Vicente o 'padrinho da dita torre e padroeiro da cidade.