sábado, 7 de março de 2009

Desviar a atenção

A propósito de alguns processos a que começamos a assistir, de repentinas demarcações em relação ao Governo, convém, sem agitação, alguma clarificação.
Já que se falou de Segurança, e tendo em conta o assustador aumento da criminalidade em muitas zonas de Lisboa, quantas esquadras da Polícia Municipal abriram nos últimos dois anos?
Críticas ao Ministro Rui Pereira? Pois...Agora convém. Principalmente, quando se fala próximo de Presidentes de Juntas de Freguesia. Mas, por muito que tentem compor histórias, as pessoas conhecem a realidade. Especialmente, quem está mais próximo dela, como as populações e os que dirigem as suas Freguesias.
Repete-se: quantas esquadras da Polícia Municipal foram criadas neste período em que os assaltos a casas, os carjackings, os roubos na rua, tanto aumentaram.? Eu vivo em Lisboa e sei quantas vezes passam, ou não passam, elementos das forças de segurança em zonas com frequentes assaltos a casa. Quem faz pouca vida na cidade, tem muita dificuldade em saber o que se passa.
A situação que acontece em vários pontos de Lisboa com a gestão dos semáforos, demonstra, também, que faz muita falta aos Autarcas andarem no trânsito, conduzindo (para além do uso frequente dos transportes públicos). Só para dar dois exemplos, na zona do Marquês de Pombal e na zona da Estefânia, é grande a necessidade de regulação.

5 comentários:

Carlos Moura Carvalho disse...

No mesmo sentido do post, poder-se-á acrescentar que no caso das criticas feitas por causa da instalação da divisão de transito num novo equipamento para onde estava prevista uma necessária Divisão de Policia e uma esquadra, essa mesma "nova" instalação terá sido autorizada por quem agora critica.

Jorge Cabral disse...

Caro Pedro,
Compreendo a sua crítica mas não concordo consigo, independentemente de não reconhecer ao actual MAI qualquer competência para o lugar.
Quanto ao combate à criminalidade através de mais Polícia, discordo desde logo porque gostaria que fossem primeiramente tratadas as causas dessa criminalidade. É isso que se espera de um verdadeiro governante e não a resolução simplista da lei do cacete que pode levar a situações gravíssimas quando os governados se sentem muito injustiçados.
Em segundo lugar discordo também de mais Polícia enquanto se não der à existente um verdadeiro nível europeu em todos os aspectos. No trato com os cidadãos, nas abordagens aos problemas reais, etc., etc., e por último um verdadeiro reconhecimento e respeito por parte da Justiça.
Mesmo a este respeito à que aclarar se sistematicamente se liberta quem é apanhado por simples desrespeito ou por se reconhecer que na verdade não havia de o ter sido.
Enquanto os sucessivos governos não souberem tratar disto inteligentemente, pôr mais achas na fogueira, ainda por cima de má qualidade, não me parece bem.
Quanto ao trânsito e a medidas desgarradas, autênticas diarreias mentais eu nem quero falar-lhe, mas recordo-lhe que disso é paradigmática a actuação duma tal Marina Ferreira. Diz-lhe alguma coisa? teve alguma coisa a ver com o facto de se ter promovido à gestão da coisa pública tal incompetência?

alfaces com laranjas... disse...

Dr.Santana Lopes
Com todo o respeito mas....Jorge Cabral vive na Lapa ao lado duma Embaixada ou na Praça de Espanha ao lado de outra????Claro que queremos mais Polícia e bem treinada.Europa?Qual Europa?A de Londres em que há câmaras por todo o lado e mais 4 Polícas em cada esquina?Ou a do Martim Moniz???E a Marina Mota?Também quer voltar ao Parque Mayer?Eu quero!O homem deve ser do novo PS,aquele que nasceu há 4 anos....Eu era...amanhã eramos muitos....pois....Força Santana,pá. Fogo...vamos a eles caraças pá!E já agora que os semáfros sejam mais rápidos a mudar para que o transito seja mais fluído como na Europa..aquela que tanto falam....aqui até se dorme a sesta á espera do verde...e quem espera............

Jorge Cabral disse...

Caro Pedro,
Compreendo o sentimento que está na base da resposta que o "alfaces com laranjas" me deu, todavia tenho que dizer-lhe que não só os seus pressupostos estão errados, como, por mera coincidência, considero que os recentes acontecimentos ocorridos no "Portugal Novo" comprovam o que afirmo e defendo.
Como se viu, 100 polícias não conseguiram evitar espancamentos; foram acusados de estar presentes na altura e nada fazerem e porquê? porque caro senhor "alface..." eram poucos! se fossem 1000 e fulminassem com os seus olhares os intervenientes, tudo se resolveria.
Em inglaterra 3 polícias desarmados resolveram ontem situações muito mais graves sem serem acusados de haverem colaborado passivamente em espancamentos. Lamento profundamente a falta de visão dos que apelam a Estados policiais cegos. A quantidade nunca foi exemplar nesta matéria.
O que falta é rever os Estatutos, os Regulamentos, as Leis e as Práticas. Nada mais.
E continuo: quando o Sr alface quiser ir a qualquer lado em que se não sinta seguro, dê-me um toque que eu acompanho-o, de preferência, sem polícia.

OH AI OH LINDA... disse...

Dr.Santana Lopes
Sei que vai ser Presidente da Câmara em 2009 e não quero uma Lisboa com punhos de renda nem privatizada...Portanto peço-lhe que não nos faça andar de bodygards na rua como pretende Jorge Cabral.
Queremos Polícia sim, muita e bem treinada para que nunca mais se repita o que se viu na TV há bem pouco tempo. Ciganos e Africanos ao tiros na rua como se de um filme se tratasse. Essa Lisboa só se doma com Polícia e não com lirismos bem fora de moda...até parece..francamente..que ainda haja gente que diga tamanhas baboseiras...Alface tem razão. Eu não dava toques a ninguém para sair á rua!!!Queremos sair bem sozinhos ,como antes, aliás como no tempo em que se dizia que isto era um Estado Policial mas não se via Polícia na rua. Agora sim,vé-se mas não fazem nada..as barrigas não deixam, um problema real como ainda ontem vi...Um Polícia tão gordo que até uma criança de 10 anos o atirava ao chão.Ridículo?Vergonhoso?Ou simplesmente dá pena? não sei qual o melhor sentimento, só sei que isto tem muito que se lhe diga e há MUITO,MUITÍSSIMO a fazer e para isso vamos votar em si...para ver uma Lisboa diferente,positiva,segura...this is our last chance!!!!
VIVAM AS ALFACES E AS LARANJAS DESTA CIDADE!!!!