domingo, 1 de fevereiro de 2009

Meditar

Semana para reflectir, ler, ouvir, tudo o que se escreve, e se diz, sobre o que se passa em Portugal na política, na economia, na área social. Lendo os comentários, neste e noutros blogues. Meditar nas reacções, análises, comentários de quem vai exprimindo a sua posição sobre tudo o que vai acontecendo no nosso País. E comparar com antecedentes ou equivalentes. Meditar no que é, ou deve ser, a Democracia e o Estado de Direito Democrático. Há momentos em que se deve pensar no que vale mesmo a pena.
Espero que me compreendam.

38 comentários:

Reparos e Desabafos disse...

Caríssimo
Como eu o entendo. O manancial de informação tem sido difícil de digerir.
Mas eu acho que se está neste momento a carregar a cruz de tão pouco empenho dos Portugueses neste País.
Por mim acho que vai ser este tempo de reflexão que vai ajudar os Portugueses a entender quem até agora, ao longo destes anos depois de 1974, fez alguma coisa para mudar o rumo deste País.

Um abraço

Gustavo Santos Costa

Nova Atitude disse...

Caro Dr. Pedro,
Aproveitamos este momento de meditação para lhe apresentar uma plataforma criada por um conjunto de pessoas de uma secção de Lisboa, que se pretende debruçar de uma forma diferente sobre os contornos da política na nossa cidade. Não nos move qualquer interesse político e partidário, move-nos apenas a transparência na política e "uma forma" aberta de a fazer. Num Estado de Direito Democrático todos devem ser envolvidos e os critérios devem ser o mais abrangentes possíveis. Todos são válidos e todos merecem uma oportunidade para dar o seu contributo. Estamos consigo. Por vezes é preciso mudar, por vezes é preciso meditar, por vezes é necessária uma "Nova Atitude".

Anónimo disse...

Meditar, meditar, meditar. Pois. Também cansa.
No entanto, e de tanto meditar só espero que não venham agora os seráficos do costume com arrogo e ar pungente cataloga-lo - longe vá o agoiro - como o Xamã das “forças ocultas” que tanta ignominia tem lançado ao homem da Regisconta. Que trapalhada vai pelas bandas da academia sportinguista. Recordo Scolari “e o burro sou eu”??? Também hoje, uma leitura atenta à arenga - na revista “Plenitude” do jornal Publico de domingo - de um ex-BE e quiçá futuro PS que dá pelo acrónimo JSF, a isso me conduz. Diz JSF, ao longo de quatro páginas onde destila verbo que, e em resumo “antes de mim, o caos, depois de mim, o dilúvio.” Começa a não haver pachorra! Meu caro Pedro, espero que de si e de todos que consigo estão, haja suficiente meditação e contenção verbal pública. Nós chegaremos lá, apenas não podemos, cometer erros.
Um abraço
Jorge Ferraz

nós por cá.... disse...

Dr.Pedro Miguel
Nós por cá já aprendemos algo esta semana.É que afinal os primos são filhos dos nossos tios e que podemos admitir o que não recordamos.Já é um começo....

Anónimo disse...

Santana, continua.. nao voto desde q fiz 18 anos, mas se concorreres tens o meu voto.

Acho uma injustiça o que te fizeram, sempre admirei o teu trabalho!

um abraço

João Barbosa disse...

Dr. Pedro, tenho 20 anos, conheço-o desde o tempo da figueira, apesar de não ser de lá!

Admiro o que fez, e sobretudo admiro a forma como encara os desafios.. um exemplo sem duvida!

joyce disse...

Dr. Pedro Santana Lopes


Já cheguei a um ponto, que nem me dá vontade de ler jornais, nem ver televisão. Está tudo dominado!
Então para me manter informada, leio os mídias estrangeiros e acesso a muitos blogs em língua portuguesa:
Por agora indico estes, que vale a pena acessar:

http://www.coturnonoturno.blogspot.com/

http://blogdoclausewitz.blogspot.com/

http://alertabrasil.blogspot.com/

http://www.blogsemmascara.blogspot.com/

http://veja.abril.com.br/blogs/
reinaldo/

http://diretoaopontox.blogspot.com/

http://resistenciamilitar.blogspot.com/

http://blogcasamata.blogspot.com/

http://www.faroldademocracia.org/

http://www.imortaisguerreiros.com/

http://www.ternuma.com.br/

http://notalatina.blogspot.com/

http://www.midiasemmascara.org/

http://antiforodesaopaulo.blogspot.com/

http://www.averdadesufocada.com/

http://www.endireitar.org/site/

http://rodrigoconstantino.blogspot.com/

http://www.olavodecarvalho.org/

http://bootlead.blogspot.com/

Por agora fico-me por aqui.

Jorge Ortolá disse...

Dr. Pedro,
O grande problema não é meditar ou deixar de o fazer. O grande problema é conseguir mudar as mentalidades e as atitudes.

O povo português, aquele que um dia se levantou contra a opressão, é agora (desde 1974) um vulcão adormecido e acomodado a tudo o que lhedão, seja bom ou mau.

Eu e o Sr. não nos conhecemos, apesar de ter governado e bem a minha cidade de uma vida, Figueira da Foz, mas conte comigo para uma luta que tem de passar por acordar este vulcão e fazê-lo mover-se numa direcção positiva e de futuro.

abraço

Anónimo disse...

Não podemos pensar que para melhor meditarmos é preciso que se pense que a vida (seja qual ela for) não está bem, mesmo quando está bem temos que meditar....neste momento o Dr.Pedro pode estar a meditar da melhor forma dado que está ``Fora do Poder´´. Aliás para melhor tirarmos o mapa de um determinado espaço geográfico é preciso que a gente esteja no espaço para melhor ilustrarmos todas configuração do espaço que pretendemos analizar....

Vamos meditanto......hoje, amanhã e sempre

Anónimo disse...

Uma frase do grande filósofo S.Tomás de Aquino, se não me falha a memória; "não receites aos outros água, quando gastaste o paladar no vinho".

Acho que diz tudo. O exemplo deve vir de cima, ou então o melhor é não evocá-lo a não ser que se pretenda segui-lo também.

O tempo ensina aos homens, à saciedade, que cada homem tem o "seu" tempo.

Nada está acima da verdade. Nada.

Ernesto Sousa

Anónimo disse...

http://economia.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1358433&idCanal=57

Anónimo disse...

Boa Tarde Dr.
"Antecedentes e equivalentes" isto não tem nada parecido .Se se está referir ao seu governo comparando com as trapalhadas do actual com acentuação agora no caso de Alcochete ,deixe-me dizer-lhe que no seu caso não chegou a sêr uma gota de agua no oceano, talvez um pingo,comparando com os casos deste actual governo. Já para não falar nos debates no parlamento com o Primeiro ministro que está cada vez mais autista,não ouvindo ningém ,não respondendo a ninguém ,e,colocando uma linguagem no trato com os deputados da oposição que chega a roçar a má educação nunca antes vista num assembleia da republica onde deve existir o debate de ideias democraticamente mas com educação e respeito pela instituição ,pelos deputados eleitos ,pelo País e pelos Portugueses .Aquilo não é um bar ou uma tasca Sr. Primeiro ministro aquilo é a Assembleia da Republica .
Cumprimentos
TG

Anónimo disse...

Pedro,
Se calhar está na hora de menos conversa e mais propostas. Afinal, o que vamos fazer da nossa querida capital?
Mudar esta nossa triste maneira de ser... levar-nos à acção, empolgar este mortiço povo... temos que voltar a acreditar.
Da cidade à nação.
Vamos lá a mostrar essa garra e essa coragem.
Luís Guimarães-Pinto

Ruvasa disse...

Viva!

Claro que compreendemos. Até já tínhamos compreendido em 19 de Janeiro, antes, portanto, deste seu post.

http://ruvasa2a.blogspot.com/2009/01/1909-alguem-me-recorda-por-favor.html

Mas compreendemos até mais, orecisamente ontem, depois das escolhas.

http://ruvasa2a.blogspot.com/2009/02/1916-marcelo-egale-identico-same.html

Aprecio muito a sua urbanidade, o seu savoir faire, o seu fair play, enfim!

Mas há momentos em que fico atónito. Quem com ferros mata com ferros deve morrer. Ou não?

Cumprimentos

Anónimo disse...

É fácil compreender...

Isto já nem são "trapalhadas".

Mas a "central de informações" está a dar conta do recado. Agora existe.

Felicidades, por si e por todos.

Jorge Dinis disse...

"Há momentos em que se deve pensar no que vale mesmo a pena".

Na verdade, depois da Entrevista hoje conduzida por Mário Crespo, na SIC, como o compreendo.

Aliás, o Engº Angelo Correia deve, também ele, reflectir se "...vale mesmo a pena".

Caro companheiro, estou consigo e, usando palavras de Gustavo Santos Costa, que este tempo de reflexão "ajude os Portugueses a entender quem até agora, ao longo destes anos depois de 1974, fez alguma coisa para mudar o rumo deste País", MAS SOBRETUDO AJUDE OS MILITANTES DO PSD A PERCEBEREM O QUE ESTÁ A ACONTECER.

cvalente disse...

Pensar, meditar falar, comentar.
caro senhor o que estamos a precisar é de agir, de actuar de acordo com as necessidades do país fartos de conversa estamos todos nós, e o que se vê e lê é sempre o mesmo.

Saudações

Maria Lisboa disse...

Meu futuro Presidente da CML
Este post soube-me a pouco.
E quero deixar aqui uma ideia:
A idade não nos dá só velhice. Dá-nos também a experiência da vida e um bom senso que aos 20, aos 30 e até aos 40, não está ainda apurado.
Os tempos são mesmo de reflexão e uma palavra a mais pode despoletar solidariedades que ainda não apareceram, mas também não queremos que apareçam. Os tempos estão difíceis para todos: para quem nos governa porque já não consegue transmitir a ideia de se move pelo interesse do País. E para quem é governado porque vive em condições difíceis ou se ainda assim não vive, pergunta por quanto tempo vai ter capacidade para resistir.

Maya disse...

Que bonito. Onde foi encontrar este mordaz horóscopo?

a outra disse...

Meditar não é novidade. Os resultados da meditação serão, ou não.

Luis Melo disse...

Sobre o caso Freeport e o programa Prós e Prós da RTP:

Num programa que se chama Prós e Contras, havia 4 prós e 1 contra. O que não vem sendo hábito. Mas como se tratava do primeiro-ministro... talvez um telefonema do próprio ou de Augusto Santos Silva, tenha feito com que mudassem as regras.

1 - Um dos prós era o ex-secretário de estado do ambiente de José Sócrates, que disse as maiores bojardas que já ouvi sobre o caso. Para ele tudo era uma cabala montada por jornalistas, políticos, magistrados, advogados e outros. Desconversou, dizendo que os estudos são pagos, por isso não via mal nenhum nos e-mails trocados sobre pagamentos.

2 - Outro dos prós era o ex-presidente de câmara de Alcochete. Bastava olhar para a cara dele e ver que estava envolvido no caso Freeport até ás pontas dos cabelos, que não tinha. A cara dele deixava antever que não lhe cabia um feijão...

3 - O terceiro dos prós era um advogado de segunda categoria, á procura de subir na vida. As declarações que teve, sempre num estilo muito "neutro", deram perfeitamente a entender que quer fazer parte daquela elite de advogados de Lisboa que gravita á volta do poder. E quiçá também a pensar numa candidatura á ordem.

4 - Para o último dos prós é dificil arranjar adjectivos. É das coisas mais ignóbeis. Um dos advogados que mais ganha com serviços do governo, talvez o líder da tal elíte que gravita á volta do poder. Ele que "virou a casaca" do PSD para o PS quando o governo mudou, para continuar a "mamar", e além disso quer ser candidato a presidente da república.

No meio disto tudo - do caso Freeport, e doutros casos de corrupção política - o que é preciso é falar verdade. Algo que muitos apregoam, mas depois não praticam. Felizmente ainda há homens como Paulo Morais (ex-vice-presidente da câmara do Porto) que tem coragem para dizer as coisas como elas são. Foi o único que ontem tentou ajudar a acabar com a corrupção na política.

jf disse...

Estimado companheiro,

ainda não foi tudo dito - envie por favor, e com urgência o seu Blog/comentário ao sr Jorge Sampaio.

Provavelmente ele ainda julga ser inquilino de Belém...
e continua a mandar umas farpas para defender esta nacional humilhação!?

Já o meu avozinho dizia: «atrás de mim virá quem bom de mim fará!!!»

esta é a verdade, verdadeira - aguardemos os próximos capitulos.

Um Abrço,

J.Ferreira

Octávio dos Santos disse...

Caro Pedro Santana Lopes: por acaso já considerou a hipótese de, por exemplo, no quarto aniversário das últimas eleições legislativas, ou no quarto aniversário da tomada de posse do actual Governo, realizar um almoço ou um jantar com os homens e as mulheres que integraram o seu Governo?

António disse...

Boa noite.

Por certo que aproveita agora para, distanciado da impersonalização do sujeito, verificar, recordar e reflectir sobre alguns dos comportamentos predadores que surgem na vaga mediática, que exuberante e deslumbradamente se autodefine como 4º Poder pronto para uma n-ésima prostituição, adiando ex tempo a real mediação e intermediação de informação que funcionalmente deveriam operar.

Junger, nas suas Falésias de Mármore, tinha entrevisto este perigo não menor da informação parasitada de sugestão, de indução, de intenção meta-informativa.

Jorge Ortolá disse...

Ainda na base da meditação, devemos avaliar o passado recente e acreditar que certos passados não são culpa nossa, mas atitudes alheias deploráveis.

Dr. pedro, aceitar uma coligação nas autarquicas à Câmara de Lisboa com o CDS/PP, é, no meu pouco entender uma ctasso erro que lhe pode saír muito caro.

Medite bem a aconselhe com a sua sabedoria e conhecimentos.

felicidades

Pedro Antunes Ferreira disse...

Este é um comentário que nenhum site de nenhum Canal de Televisão me deixou publicar por este exceder os "250 caracteres"... mas parece-me que ninguém pode opinar sobre este tema com tão pouco espaço para tal:


É curioso verificar até onde vai o "desespero" do nosso Primeiro Ministro que, até há bem pouco tempo, nos pediu uma nova maioria absoluta, independentemente destas alegadas campanhas "negras", verdadeiros "atentados" à sua idoneidade pessoal...como são os exemplos muito bem "abafados" (na Comunicação Social, principalmente nos órgãos de Comunicação controlados pelo Estado tais como RTP, Lusa, etc...) os casos da sua Licenciatura, dos seus fantásticos projectos de arquitectura na Guarda, do Freeport, dos imóveis comprados a pronto pagamento pelo próprio e sua Mãe (em plena zona prime de Lisboa, sem que os seus IRS´s justificassem essa liquidez...)... Será que convém falar dos favores à Mota-Engil (com todas as adjudicações directas que serão concedidas no âmbito das megalómanas obras públicas, Aeroporto, TGV, Liscont, etc)??, à Abertis (com a mega-plataforma logística na Castanheira do Ribatejo, que foi incluída no programa Portugal Logistico sem concurso público)?? Será que tudo isto são factos inventados, fabricados maquiavelicamente pelos media e pela oposição ao Governo??? Será???Será que já não temos motivos suficientes para o nosso Presidente tomar uma atitude???
Porque será que a Procuradora Cândida Almeida sempre chamou a si este processo do Freeport??? (sim, não lhe foi atribuído, foi ela que chamou o processo à sua "análise" )... Será que não foram os media e a oposição a acabar com o silêncio da resposta à Policia Britânica? (a carta rogatória já tinha sido enviada há muito tempo, tendo ficado meses e meses sem resposta...) Não deviam ter mexido nas "aplicações financeiras" da Família Real Britânica... afinal o prejuízo até ultrapassará os 4 Milhões de €uros...
Enfim, é incrível como este Sr. Ex-Ministro (Correia de Campos), cuja imagem política se auto-retrata, vir fazer estas declarações (obrigado ou não) envolvido no autismo a que este Governo já nos habituou, como são os claros exemplos das suas frases de hoje.
Estou convicto de que a Comunicação Social ISENTA, não deverá desistir desta investigação, pois muitos mais FACTOS INEQUIVOCOS irão descobrir, independentemente das pressões e ameaças dos assessores do 1ºMinistro.... Continuem o excelente trabalho.
Podemos todos reflectir como é óbvio, mas também podemos partilhar pensamentos em "voz alta". Este ainda é um país livre, apesar de tudo.
Espero ainda ter respeitado as regras que regem a moderação deste seu Blogue, apesar da minha indignação face ao tema da actualidade (que por sinal deveria marcar uma viragem de ciclo político).
Muito obrigado.

Francisco Azevedo Brandão disse...

Caro Dr. Pedro Santana Lopes
Como se deve lembrar, fui seu mandatário na Feira da sua candidatura para líder do nosso Partido, com a firme convicção de que é o único capaz de vencer José Sócrates porque conhece profundamente os seus tiques e as suas manhas, convicção que ainda mantenho. Espero que tenha o maior êxito em Lisboa, tendo eu pena de não poder votar em si. Tenho esperança que ainda nos encontraremos para futuras batalhas em prol do Partido e do nosso País. Os melhores cumprimentos. Francisco Azevedo Brandão - Paços de Brandão

lineu disse...

Este Povo tem o que mereçe ! O que seria???? Nas tv`s e o que diriam os pseudos comentadores se...O Dr. Santana tivesse a demissão dum ministro das finanças apo´s 2 meses de governo, de ter dito que não aumentava os impostos e depois IVa 21% enfim . Que seria se aprovasse uma lei para proteger os pedofilos . Casamentos Gay , Encerrasse maternidades , 100.000 professores na rua . Pj e Ministerio Publico pelas horas da amargura com afastamentos de Juizes e Directores Gerais . Ja se esqueçeram que o Sr- Socrates queria uma secreta comamdada por ele . para poder escolher quem como e o quê que se investigava , Sabes Deus o Porquê ????Ou talvez agora tambem nós começamos a ver ...Que é feito do Juiz da casa Pia que foi afastado ...pareçe que em Timor os Juizes Portugueses tem tratamento diferenciado???????.Poderia enumerar muitas mais situções mas deixo apenas um apelo. Dr. Santana lopes por favor não desista nem deixe de dar voz a cidadãos honestos pais de filhos e heterosexuais . Pois um cidadão com estes defeitos começa a não ter direitos nenhuns .Até já tenho receio de escrever em Blogs ...

Paulo Dâmaso disse...

Deixo-lhe aqui uma frase para meditar:

"Quanto mais se chega perto do sonho, mais a Lenda Pessoal vai se tornando a verdadeira razão de viver." - Autor: Paulo Coelho


Um abraço, de um figueirenses que votou em si

António Jorge disse...

Quem faz cá falta é o velhote. Se o velhote cá estivesse, estes vagabundos incompetentes, que destruíram o país ao longo dos últimos 4 anos, pagariam bem caro estes devarios.
Endireitar o país, só se for a próxima geração, porque esta é a geração rasca, sádica, possessa pelo demónio socialista que tudo controla.
Meu caro doutor, se concluir que não deve publicar este comentário, eu compreendo.

Viriato Lusitano disse...

Santana:
Após a sim do P.P., também eu fico contente no prosseguimento da sua Candidatura a Lisboa. Tenho fé que vai ganhar. Os lisboetas, coitados, merecem um Presidente de Câmara de primeiríssima qualidade.
Trata-se da capital do País. Capital, menina e moça, muito maltratada, excepto na retórica e muito discurso. Ao Santana, que continuará a ser também do resto dos portugueses, desejo o melhor do mundo. Ele vai mudar,para melhor, a nossa Lisboa.
A mesma sorte não tem o resto do País e alguns Ministros. No que toca aos últimos, entendo que não precisam ficar com ciúmes e inveja de Sócrates; todos reconhecemos que, também eles, merecem um nariz bem comprido.
Parabéns à J.S.D. Já Cristo dizia que as verdades são para serem ditas, até do alto dos telhados.
Espero que o P.S.D. tenha acordado e que desperte a atenção do Povo. Portugal precisa. Precisa, com urgência, de saber que é a chacota e anedota dos estrangeiros.
Desde 2005 que Sócrates nos tem envergonhado. Primeiro foi "inginheiro" e depois bacharel.Depois os seus Projectos. A sua licenciatura de "inginheiro" e agora o Freeport!
Tem sido escândalo atrás de escândalo e, penso, a coisa não vai parar por aí! É de perguntar:- Quem é essa personagem de nome Sócrates? É 1.º Ministro ou vendedor do Magalhães? Isto tem sido uma salada russa! E depois arroga-se de ofendido por lhe colocaram aquele nariz, que devia ser maior!
Todos os indicativos apontam que, em 2005 os portugueses estavam melhor! Aproveita-se da crise internacional para apagar erros e opções políticas! E temos tido um "sistema" propício a mentirosos!
Veja-se a Agricultura com 98% de dinheiros não utilizados por este Governo! Veja-se as trafulhices do Banco de Portugal e Victor Constâncio. A luta dos Professores.
A perseguição política a pessoas e Sindicatos. O descalabro dos combustíveis.O uso de organismos públicos contra pessoas.
A política da Saúde e Obras Públicas, etc, etc.
Portugal está no fundo! Até a nossa "justiça" é de faz de conta!
Tivemos uma Procuradora numa pose teatral tentando, em frente de todo o País, desculpar a sua incompetência e desmazelo! Essa mesma "justiça" decide fazer um inquérito a si própria e decidir colocar no olho da rua, quem escondeu e/ou ignorou o Freeport!
Saldanha Sanches, num directo televisivo, e não desmentido, diz que o Poder está capturado por outros poderes!
Este Governo, converteu a Assembleia da República numa Central de Negócios. Muitos dos Deputados estão ligados a grandes grupos empresariais. Dominam o circuito Legislativo e chegam a utilizar o Parlamento como delegações dos seus escritórios!
Para terminar, só mais um desabafo sobre a minha Pátria:- Santana, como 1.º Ministro, começou a cair quando falou contra os Bancos! Ele tinha razão facilmente palpável. Atingiu vários "interesses" com os quais não está de acordo. Esses interesses salva guardados por o Ministério Público que temos ditaram a sentença. Outros interesses partidários e pessoais tiveram a conclusão que, Santana não era o Homem recomendado para o momento! Foi substituído por outro à altura. Viva ao nariz de Sócrates!

Francisco Azevedo Brandão disse...

O comentador Pedro Antunes Ferreira é um jovem corajoso que não tem papas na língua e diz verdades que muitos não gostam de ouvir. Na verdade, se o Dr. Pedro Santana Lopes fizesse a décima parte dos atropelos políticos que Sócrates tem feito, seria queimado vivo, amarrado ignominiosamente a um poste de electricidade. Muito queria saber a opinião do Dr. Jorge Sampaio sobre a actuação do primeiro-ministro, já que teve a ousadia de demitir Pedro Santana Lopes por «minudências» inventadas e intoxicadas por alguma imprensa vendida. Felizmente que esta imprensa está a abrir os olhos para a realidade e está a «mudar o bico ao prego». Mais vale tarde que nunca!

vitor nunes disse...

Por muito menos que o Freeport o Sampaio demitiu um governo.O que faz Cavaco na presidencia da Républica?Dá tiros para todos os lados e não acerta em ninguém.

Afonso Henriques disse...

Finalmente temos uma reacção por parte da direcção do PSD, reagem às sondagens; e de facto, com razão. Os resultados indicados para o PSD e para a popularidade da Dra. Manuela Ferreira Leite, até poderiamos aceitar, mas afirmar que a maioria dos nossos concidadãos está convencida que o Primeiro Ministro é vitima de manobras politicas, é no minimo excessivo e no máximo ofensivo. Com os resultados indicados nesta sondagem, ficámos a saber que esta é a receita ideal para o PS. Numa altura em que os problemas se multiplicam e as soluções tardam em chegar, e o partido do governo se depara com uma crise interna, o caso Freeport, de acordo com os resultados indicados por esta sondagem, se por um lado não lhe retira a maioria absoluta que todos já sabíamos não teria, por outro lado, também não faz com que perca as eleições, e apesar de se dizer que a imagem do Eng. Socrates é afectada, isso não parece ter qualquer efeito prático. Talvez existam efectivamente manobras politicas de umas quaisquer forças ocultas.

Pedro Jesus disse...

Caro Dr. Pedro Santana Lopes,

Ontem, foi aprovada em Conselho Distrital da JSD de Lisboa, a moção "Um olhar sobre Lisboa".

Este é o meu contributo, e o daqueles que a subscreveram, para a candidatura do PPD/PSD à Presidência da Câmara Municipal de Lisboa.

Pode consultar a moção em
http://cominiciativa.blogspot.com/2009/02/mocao-um-olhar-sobre-lisboa.html

Cumprimentos,

Pedro Jesus

Tomasio disse...

Boa Noite,

Bem sei que corro o risco de o Santana Lopes considerar este comentário uma afronta, não uma falta de respeito, mas um descaramento pela enfadonha extensão e candidata a «leitura não-recomendável», ainda assim foi sobre o seguinte que meditei hoje, e é essa meditação que gostaria de partilhar consigo, e claro com os seus leitores.
Espero que me perdoe se com isto contribuir para qualquer desvalorização do seu blog.

Sobre a presença do Sr. Primeiro Ministro hoje, em Coimbra:

Hoje ergueu-se a bandeira de um governo que dá ao povo a possibilidade de debater assuntos secundários, envolvendo-o até, de uma forma totalitária, mesmo àqueles que se demarcam da abrangência deste tipo de governação.
Colocar palavras na nossa boca, é o que está a fazer o nosso PM, ao valorizar o debate de assuntos de interesse secundário para o país. Ao proteger-se na sua segunda capa, a de Sec. Geral do PS, na qual se abafa e resguarda de forma a publicitar as próximas acções do Governo, está, no meu entender a exercer uma forma de cobardia. Não digo que o não possa fazer, infelizmente pode, no entanto estará a pisar e cilindrar inúmeros princípios morais. Uma pessoa que é PM e simultaneamente SG do seu partido não pode em circunstância alguma tecer considerações sobre um assunto sem que seja visto de uma forma isenta em relação aos cargos e responsabilidades públicas que representa. Não digo que não terá a imparcialidade necessária para o fazer, pois apesar de extremamente difícil não é impossível, ainda assim é (extremamamente, também) improvável garantir essa imparcialidade, por muito que tal se revele sensato, correcto e, digamos que interessante verificar. O Sr. José Pinto de Sousa é o Primeiro-Ministo de Portugal, e portanto não pode esperar que qualquer intervenção sua durante a Legislatura seja desassociada das suas funções públicas. Nem nós, enquanto cidadãos, podemos permanecer impávidos e calar o desacordo com esta falta de pudor, ou então sou eu que não tenho a capacidade de olhar para um Pinto de Sousa e discernir dois.
O descaramento, e este é aspecto sintomático do estado da Governação, vai ao ponto de distrair os mais incautos - do próprio partido, note-se!! - e apresentar-lhes, segundo parece, como atractivo do XVI congresso, um filme biográfico sobre um político homossexual americano. Bom, confesso que não queria comentar esta passagem, e muito menos o faria sob o prisma jocoso com que este assunto é abordado em confraternizações sociais, pois não é por defender que a questão da homossexualidade não deveria, sequer, ter prioridade, relevo e/ou atenção por parte do PM José Pinto de Sousa, no actual cenário, que colocaria a minha perspectiva sobre o assunto em risco de interpretações distorcidas. No entanto a minha educação e parca (mas não toldada) inteligência dizem-me que não é de forma alguma conflituoso achar que, com um programa destes em congresso, estará o Sec. Geral do Partido, ou o Primeiro Ministro, como queiram, enfim, o Sr. José Pinto de Sousa, a gozar com a cara dos respectivos colegas militantes e, até, a insultar a sua inteligência. Mas isto é só o que eu acho.
Entretanto, no zigue-zague que vai fazendo ao longo do seu percurso pela actual Legislatura acontecem coisas extraordinárias da Democracia, como a convocação do povo para alguns assuntos públicos – mostrando assim que a Democracia participativa está a ser exercida-, escondendo no entanto a falsidade que essa envolvência representa, pois desvaloriza, omite e com subtilezas bloqueia a esse mesmo povo a discussão de assuntos de real importância, facto verificado sucessivamente, e que em nada se coaduna com o que pretendemos e esperamos, não apenas da esquerda como Sócrates quer fazer crer, mas de e para toda a sociedade: é que esta seja progressista.
Diziam os seus assessores, no início do ano, que no Governo e no PS não se iria cair na tentação de se dedicar mais do que o necessário aos assuntos eleitorais, mas sim continuar a debruçar-se sobre os problemas reais que atravessam o país. Pois, mas isso foi há um mês atrás. Hoje é diferente, é prova (mais uma) da sua verdadeira palavra e de que, sem dúvida, o seu sentido de Estado está, mais que nunca, disfuncional, isto é, cada vez menos apurado. Se o congresso está agendado para 27 de fev, porquê vir para a rua com esta antecedência? Não é disto nem destes que o país precisa. O país, aliás, está órfão, quer pela incompetente incompetência do Governo, pois nem a mentir/omitir são bons, quer pela inconsequente Oposição, que com excepção de uma ou outra figura, no geral se assemelha ao descrito neste dito popular, «em casa que não há pão, todos ralham e ninguém tem razão».

Cumprimentos Cordiais.

João José Tomásio
(Mira)

Toni disse...

Caro Pedro Santana Lopes,

Já acompanho a sua carreira politica à alguns anos e gostaria de lhe dar o meu apoio para as próximas lutas que se avizinham. Mas cuidado com as pessoas que vai escolher. Muitos dos seus erros foram as más companhias que escolheu.

Brites de Almeida disse...

Olá Dr. Pedro,

Com que então campanhas negras contra o PM, então o que terão feito consigo?

É preciso ter mesmo muita lata, espero que os Portugueses tenham os olhos bem abertos

A Padeira, ansiosa para começar com a pá, mas há quem "GOSTE É DE MALHAR NELES E NELAS"

BAM