domingo, 21 de setembro de 2008

Boa Causa


E o Aeroporto de Monte Real, cuja abertura ao tráfego civil vai ser estudada por uma comissão formada por pessoas da Universidade de Coimbra e da Comissão de Coordenação Regional do Centro, entre outras?

As coisas demoram, mas, com jeito, vão lá. Mais uma causa defendida, entre os dirigentes políticos, de modo praticamente solitário. E que bom será para esse Centro de Portugal. Às vezes, é assim: tem de se aguentar até mais se juntarem às boas causas.

4 comentários:

Anónimo disse...

DR. SANTANA LOPES, LÁ VIRÃO ELES DIZER QUE FORAM OS QUE INVENTARAM O AEROPORTO.
NÃO DEIXE DE AFIRMAR DE QUE FOI A IDEIA. FOI DO DR. PEDRO SANTANA LOPES.
OLHE QUE ELES SÃO CAPAZES DE TUDO

Pedro Azevedo disse...

Em Portugal há muita gente capaz... Pena que, por vezes, não rememos todos no mesmo sentido!

Anónimo disse...

Dr. Santana Lopes, aproveitando o título do seu último post "Boa Causa", aproveito para fazer uma observação relativa à sua suposta candidatura à Câmara Municipal de Lisboa, a qual, não havendo certezas, só a possibilidade de vir a ser o candidato pelo PSD em 2009, deixa-me com uma sensação de alívio e, ao mesmo tempo, com mais esperança face o futuro quer do PSD, quer da Cidade de Lisboa, o que julgo ser uma "Boa Causa". Sou militante do PSD e funcionária da referida autarquia e, nunca tive dúvidas na competência do Dr. Santana Lopes o que me levou sempre a apoiá-lo nas suas anteriores candidaturas! É o único político que se tem mantido ao lado do partido defendendo as suas bases, a sua origem e a sua importância no contexto da vida política portuguesa! É, sem dúvida, o único político que representa a verdadeira matriz Social-Democrata.
Por isso, conto com a sua fiel posição, apoiando genuinamente a sua candidatura, o seu programa, as suas linhas orientadoras de uma política dirigida para o futuro.

Saudações Sociais-Democratas

RL

Anónimo disse...

Se eu um dia votasse PSD sinceramente seria em si.
Conheço o trabalho que fez na Figueira e ainda hoje há muita saudade do senhor por lá.
Subscrevo em baixo tudo quanto diz a comentadora Rl.
Sabe uma coisa?
Há sonhos impossíveis que não passam disso mesmo.
Mas no vazio que por aqui anda em Porto de Mós quem me dera ter o Pedro por perto.
Um sorriso para si e um até sempre.
Maria Antonieta Mariano