sábado, 3 de maio de 2008

Sondagem SIC / EXPRESSO / RENASCENÇA

Quarta -feira à tarde falou -me um elemento do Expresso a dar conta de "uma notícia de que eu ia gostar": uma sondagem para a liderança do PPD/PSD em que aparecia quase empatado com Manuela Ferreira Leite."
No dia seguinte, à tarde, falou - me um elemento da SIC a dar conta de dados que me iriam deixar "muito contente"( ipsis verbis). Tratava-se dos dados da sondagem sobre a disputa com José Sócrates. Comentou a dita pessoa: "Aqui na SIC está tudo impressionado com o seu resultado. A Drª Manuela Ferreira Leite tem mais três pontos mas com ela Sócrates tem maioria absoluta. Consigo ele faz 42 - 35 e perde a maioria absoluta."
Ontem á noite, no Expresso da meia-noite, programa da SIC, Rui Oliveira e Costa, responsável pela sondagem, quando perguntado sobre qual o candidato que mais e melhor poderia fazer frente a Sócrates, respondeu: "Manuela Ferreira Leite e Pedro Santana Lopes". E, logo a seguir, acrescentou: " É um empate técnico".
Hoje, fazendo jus à importância da sondagem, o Expresso põe em primeira página: "Sondagem: Manuela é quem mais ameaça Sócrates". Quanto à sondagem em si, numa opção editorial, vem a uma coluna na página 6.
Por sua vez, a SIC, ontem e hoje, ouviu Manuela Ferreira Leite e Pedro Passos Coelho sobre a sondagem. E pôs em título: "Pedro Passos Coelho melhor colocado para enfrentar Sócrates."
A Rádio Renascença, também responsável pela realização do estudo, fez a apreciação, em destaque, no mesmo sentido do do Expresso e ouviu os mesmos dois candidatos.
Aqui, neste meu espaço de liberdade, devo dizer que a sondagem me surpreendeu. É francamente superior às expectativas. Só que sondagens não são votos. Votos só no dia 31 de Maio.

22 comentários:

Bruno Maia disse...

Boas,

Há uma coisa que parece que nunca irá estar do seu lado, e é uma coisa que infelizmente tem muita importância, a comunicação social.

Força nisso, "Contra ventos e marés, a favor de Portugal"

Abraço

Harry Lime disse...

és muita toto

PS. continuo a achar o teu blog um nojo.

José M. Barbosa disse...

Exmº Senhor Dr. Pedro Santana Lopes.

Peço-lhe desculpa por este comentário não visar directamente este seu "post".
Só hoje tive oportunidade de ver a “Grande entrevista” no “site” da RTP.

Vi-a na qualidade de humilde português que vota e que espera da classe política ideias e propostas sérias para o nosso país. A minha primeira reacção é de indignação quanto à forma como a entrevista foi conduzida. Na minha opinião, não o foi de uma forma séria. Santana Lopes foi “inquirido” sobre o passado, perguntas carregadas de sofismas, nunca foi “inquirido” duma forma positiva sobre o presente e o futuro que é o que nos interessa.
Ficou clara a táctica de o tentar desgastar com uma entrevista feita pela negativa, muito superficial. Fico inquieto ao pensar que esta vai ser, muito provavelmente, a tónica das muitas entrevistas que lhe irão fazer num futuro próximo. É preciso um grande “poder de encaixe” para aguentar tal coisa. A sua credibilidade não pode andar a ser posta em causa por uma informação controlada (opinião minha). A Drª Judite de Sousa evocou este termo – credibilidade - várias vezes. Para quê ? Não surte o efeito subliminar de que estão à espera. A sua credibilidade não foi posta em causa porque o efeito não foi conseguido e tem obra à vista. Porque é que nas entrevistas aos outros candidatos o termo credibilidade não vem à baila ? Que credibilidade têm afinal ?
É isto que me deixa francamente desiludido com os media. O não poder acreditar em quase nada.
Resta-nos a sua inteligência e honestidade e das pessoas de quem se rodeia para finalmente termos uma oposição séria e CREDÍVEL.

Uma última nota em relação à última pergunta : não me surpreenderam a sua reacção nem a sua resposta : “essa não volta a acontecer”. Também aqui, acreditamos em si.

Cumprimentos,

JMB.

Fernando Alves disse...

Isso fez me lembrar a tal frase do Octávio Machado.`
Voces sabem de que é que eu estou a falar...

Funes, o memorioso disse...

Ó homem, quanto tempo mais levará você a perceber que já ninguém o leva a sério?

tina disse...

As sondagens são o que são e no fim, se formos a ver, sai tudo ao contrário. Uma coisa é certa: para quem vê de fora como eu, que não sou militante, esta coisas das eleições, da democracia dentro de um partido em que existem várias facções cada uma a tentar levar a melhor sobre o outro, cria uma grande instabilidade na cabeça das pessoas. Só espero que consiga chegar a presidente do partido e que mande embora gentinha com a mania que é notável, que notávél é aquele desgraçado que continua a pagar as quotas desde o primeiro dia da inscrição e que vai aos comícios apoiar o seu candidato.

Por favor, livre-me do Sr. Sócrates que eu já não aguento mais!

Anónimo disse...

O resultado das sondagens deixam-me bastante satisfeita, demonstra que as pessoas estão a acordar e a tomar consciência que não podem ir em tudo o que lhes vendem.
Foi bom ver que até a Dra. Odete Santos ficou surpreendida com o seu posicionamento nas sondagens.
Gostei da determinação que demonstrou na entrevista da RTP1.
Força! Continuo a torcer para que consiga vencer. Branca Naire

Francisco disse...

É o costume...

Não se intimide...

Força! Continue...

teresa disse...

«Sonda espacial é uma nave espacial não tripulada utilizada para a exploração remota de outros planetas, satélites , asteróides ou cometas.»- in Wkp
Sonda "espacial" especial é uma nave espacial tripulada com controlo devoto a fim de medir as intenções de voto a partir de universos controversos.
teresa

Leonor disse...

Exmos. Leitores,

Eu penso que às sondagens já ninguém dá a menor importância. Assunto arrumado.
O que eu gostava que alguém me dissesse era o seguinte:
Será que o Dr. Pacheco Pereira, que diz aquilo que diz, estará realmente convicto daquilo que está a dizer, ou será que alguém lhe paga para dizer aquelas enormidades? Sinceramente não se compreende…

MIGUEL VAZ SERRA disse...

Dr.Santana Lopes
Hoje vi o resultado dum trabalho Britânico ( duma agència independente não governamental )em que Portugal aparece com a pior democracia da Europa, ao lado da Lituânia etc..
Não é nada que o Senhor não saiba ,mas eu quero chamar a atenção dos que lêm o seu blogue,uns porque gostam do que escreve,outros para espiar e insultar e amedrontar quem o apoia.É por este tipo de coisas que Portugal tem uma tão boa democracia.O Sousa (PM) tem o maior défice democrático dos ultimos 34 anos.Cavaco é um menino ao lado dele.Mas ninguêm diz nada e o povo soube nas intenções de voto.Seremos anormais?Talvez.
Com um perfil como o do Sousa,de tudo o que disse,fez e mentiu da vida pessoal,CV, laboral etc etc e ainda lhe dão votos?!É de fazer uma reflexão profunda do que se passa com este povo engripado...
Ninguêm duvida que o Senhor é a única pessoa que lhe pode fazer frente,nem eles mesmo..Por isso Dr.,é que os média ( nas mãos das chamadas elites do PPD e nas mãos do lobi PS ( e haja LOBI )nunca lhe vão dar uma linha de crédito.Eles estão lá para o derrubar como o fizeram no passado com Sampaio,outro Democrata...
Olhe,nos primeiros 5 minutos de cada entrevista,desminta o que lé durante a semana,arranje um departamento só para isso,faça o que entender melhor,mas faça-me( nos ) um favor: NUNCA DESISTA!!!!!
Um abraço enorme
Miguel Vaz Serra

Anónimo disse...

Força amigo !!!

Só se perde quando os resultados sairem ,até lá convicção .Era a melhor coisa que podia acontecer era o Sr. ganhar.Sinceramente gostaria de vêr as caras de alguns comentadores da nossa praça .Era de um gozo ...o que eu gostava ..vamos batalhar até á exaustão.Os portugueses já perceberam o que lhe fizeram da ultima vez a avaliar pelas sondagens ,agora falta convencer o partido ,os militantes,e isso tem que sêr o sr.

Harry Lime - um nojo são pessoas como o sr - Toto também me pareces a avaliar pela fotografia .

Cumprimentos
PG

Manuel disse...

Dr. Santana Lopes

Não sou do seu partido, mas votei em si nas últimas legislativas e espero votar de novo nas próximas.

Gostava de o ter visto governar... mas não o deixaram. E cheguei então a uma conclusão: tiveram medo que o senhor Santana governasse bem. (porque se o achavam tão mau como dizem, deixavam-no cair por si, e não se preocupavam tanto consigo)

Tornou-se um "lugar comum" falar mal do "Santana". Falar bem de si é "arriscar ser ridiculo". Costumo desmontar essas criticas com uma simples pergunta: "fundamente a sua afirmação?"

Logo ficam sem resposta, gaguejam... e como não os largo sem obter uma resposta, porque o assunto é sério, começam a "meter as mãos pelos pés"...e ficam mesmo ridiculos.

Permita-me um conselho: quando der entrevistas, ou tiver que responder ás "perguntas de rua", recorde-se sempre que, ao responder aos jornalistas, está a falar para nós, que o queremos ouvir. Sirva-se da ocasião para falar ao povo que o admira e que vai votar em si.

Não se deixe abater. Continue firme, a mostrar, como tem feito desde há muito, que sabe aguentar as criticas (injustas), as mentiras e as injurias. Até nisso está a mostrar a todos que vai ser um bom primeiro ministro.

Manuel.

Gonçalo F. disse...

Dr.Pedro Santana Lopes

Em tempos passados já iniciou combates politicos, em que começou muito atrás dos seus adversários, e no dia do veredicto final os eleitores confiaram em si.Esta eleição não vai ser diferente.Tem que continuar o trabalho que iniciou e que outros não o deixaram acabar.

PS-Como é diferente a postura da comunicação social em relaçõa às trapalhadas do Eng Socrates.Penso muitas vezes se a questão da "licenciatura" do Eng Socrates se tivesse passado consigo, o que teriam escrito e falado sobre si.

Abraço
Gonçalo F.

Anónimo disse...

Caro Pedro:
Já ninguém se admira que os 'escrevinhadores' ao serviço de inconfessáveis interesses, depois desses resultados, escrevinhem títulos que contradizem os números.

Claro que o 'povinho', laranja primeiro e nacional depois, não pode ficar a saber o que se pensa, daí a manipulação. Também não me assusto -porque sei para quem os boys trabalham- que na TV se faça campanha despudorada a favor de MFL. Afinal o regime quer perpectuar-se. E o caro Pedro sempre esteve 'fora desse baralho'.

Agora só resta ter um delegado em cada mesa de voto no PPD/PSD, porque depois do que vi em Pombal -uma chapelada para dar 55% a Mendes- já acredito que as 'elites' vão tentar repetir a dose -a isto eles chamam credibilidade. E a isso eu não faço comentários, senão teria de usar sinais gráficos...

E depois da vitória interna, quanto à conquista do país em 2009: fale com todos, tenha dois ou três leitmotives, simples, porque o povo não é muito racional, e diga 'aos élites', que já é a terceira vez que os militantes, os donos do PSD, os correm. Claro que não vão ter vergonha -nunca a tiveram- mas ser-lhes-á dificil continuar a dizer-se donos da verdade e da seriedade.
IT

Lourenço disse...

Honestamente: Tenho sérias dúvidas que chegue a lider do seu partido. E se chegar, tenho ainda mais dúvidas que vá chegar a Primeiro-ministro.

maria laranja disse...

Força! Vá em frente!

Há muita gente a torcer por si... dentro e fora do Partido.

Carlos disse...

Caro Pedro

Espero que consiga o seu desiderato, e com isso derrote a comunicação social e as elites do PS, PCP, BE, etc... e alguma do PSD.
Mas se o fizer, espero que tenha a noção das suas limitações.
Espero que abra os olhos e perceba que o que lhe aconteceu da primeira vez, também foi culpa sua.
Espero que escolha uma equipa de pessoas competentes que lhe saibam dizer que não, e não um conjunto de "Yes people".
Aprenda a valorizar o não, e a rodear-se de bons conselhos.
Procure organizar o seu trabalho, as suas ideias e a sua equipa.
Aconselhe-se por isso em estratégia e o consequente planeamento.
Procure actuar e pensar as três áreas que necessitam urgentemente de reforma:
- Reforma Político-Administrativa e do Ordenamento do Território (Regionalização ou descentralização Norte/Sul e Interior/Litoral);
- Reforma da Educação para uma sociedade rica no conhecimento e respeito dos indivíduos e da nossa orgulhosa história;
- Revolução na Justiça, de forma a tornarmos o país mais competitivo e mais justo.
Não actue só por impeto, crie equipas disciplinares à sua volta que lhe ajudem a criar valor, para sí e para o país.
Desejo-lhe tudo de bom, mas abra os olhos por favor, por sí e por Portugal.
Força PSL, Força PPD/PSD e Força Portugal.

efeitoplacebo disse...

Talvez se mantivesse em segredo a sua equipe se safasse mas como é publico, acredito que vai perder de novo.....

Anónimo disse...

Caro Dr. Pedro Santana Lopes:
Sinto hoje necessidade, enquanto cidadã responsável e patriota assumida de lhe dizer directamente que aos 35 anos de idade e depois de 17 anos a acreditar no Partido Socialista, Portugal precisa de si. E olhe que sou da Figueira da Foz e foram várias as vezes que assisti da sua parte a alguns laivos de arrogância e a sinais de favorecimento a uns em detrimento de outros, só porque nem todos militavam tão freneticamente como por exemplo, o hoje bem posicionado Miguel Almeida. E o que é certo, é que todos aqueles(as) que lhe cairam no "goto", não se deram mal...
Mas adiante. Depois de ouvi-lo nos últimos dias, voltei a acreditar que este país é possível. Voltei a sentir que sempre é tempo, e que o passado nos fortalece e nos torna melhores. Voltei a sorrir e a desistir da ideia de emigrar com 2 filhos de 2 e 8 anos. Voltei a desejar que cheguem rápido as eleições do seu partido e que o Sr. vença. Que vença no seu partido para ganhar o país. Porque me fez desistir da ideia de desistir. Apesar de actualmente dseempregada, tenho trabalhado na área da Educação de Jovens Adultos nos últimos 12 anos e desde já me afirmo disponível para colaborar consigo na construção de um Portugal igual para todos. as maiores felicidades. CS

José disse...

A si a direita não o quer no Poder. Alberto João Jardim é que tem razão. É muito mais saudável para os poderosos, Sócrates como primeiro-ministro do que v., Filipe Vieira ou até Alberto João.

O terrorismo fiscal que este Governo tem feito sobre as pessoas, particulares, pequenas e médias empresas, só teve igual, no tempo medieval.

Nós sabemos que com v. em primeiro-ministro a prática de governação é não ter medo dos poderosos e dos pobres ter pena. É assim que deve ser, deveria ser, sempre...

Em relação aos seus adversários directos do partido, acho que nem dão para começar. São doutro campeonato. A senhora aquele estilo era moda nos anos 90, na Ferreira Borges, Campo de Ourique. assim tipo tia. O moço tem futuro, com algumas derrotas pelo caminho, vai ter o seu futuro.

Força Santana !!!

Teen disse...

Caro Companheiro,

Eu, sábado lá estarei em Viseu a cumprir o meu dever…Votar!!!
Conte com o meu Voto. Acredito no seu projecto e realmente acho que de todos os candidatos é o único que oferece um caminho diferente para o partido e para o país. O caminho que tem sido seguido e que os outros candidatos propõem é apenas mais do mesmo....cujos resultados estão á vista de todos: Um País que diverge todos os anos em quase tudo dos restantes Países da UE.
Sondagens são sondagens e o meu voto não estava nas sondagens, mas certamente será mais um na esperança que o ajude a chegar à liderança no Partido.
Abraços,
Pedro Pais