sábado, 12 de janeiro de 2008

Sem defeitos. Sem limites.

Sou dos que entendem que não se deve causticar ninguém por se reconhecer um erro. Pelo contrário. Mas há reconhecimentos muito diversos. E não é igual reconhecer com ou sem arrogância, com ou sem humildade, com ou sem indiferença por quem sempre, ou antes, defendeu a solução adoptada por quem reconhece um erro a determinada altura. como não é indiferente o tempo e o modo necessários para o reconhecimento.Temos agora a mais extraordinária das construções: se Sócrates muda de opinião, muda porque é sensível, porque sabe ouvir, porque ouve muito. Se hesita é porque os seus assessores assim quiseram fazer crer para lhe humanizar a imagem!!!!!!!!!!!!!!!!

Nesta inacreditável constelação de propaganda sobre José Sócrates, há para todos os gostos, este sábado, na Imprensa. Se Sócrates hesita ou muda é porque é humano. Se Menezes muda é porque não é consistente, é instável. O descaramento atingiu, passou todos os limites. E, por isso, podem desistir: Sócrates não tem defeitos nem erra...Se não muda é porque é firme e determinado; se muda é sensível.

Porque não nascemos nós socialistas em Portugal, para termos direito a este tratamento?

De facto, é mesmo impressionante. Mas como esta semana, como hoje, raramente vi. Tal "adulação" a um Primeiro- Ministro, num País livre, nunca. Nem a inacreditável história dos retroactivos das reformas. Nada. Ele muda porque é humano. Mas, atenção, se nós mudarmos, somos maus.

VIVA A LIBERDADE!

15 comentários:

Ricardo Araújo disse...

Boa tarde Dr. Pedro Santana Lopes, se o Eng. Sócrates não tem defeitos o que dizer das promessas que fez e não cumpriu, é que se mentir for uma virtude então isso explica o estado a que chegou o nosso País.

Desde que tomou posse o que mais interessou a este Governo foi demonstrar que tinha chegado ao poder o Robin dos Bosques dos tempos modernos, que vinha para tirar aos ricos e distribuir aos pobres, mas passado este tempo todo a história afinal não era aquela que todos conhecemos, mas sim outra, que é tirar aos pobres para dar aos ricos. Será que este filme não é o mesmo que se passava antes do 25 de Abril?

Voltando aos defeitos, todo este Governo é feito de defeitos a começar na Educação, passando pela Saúde, pela Justiça, Segurança Social, Economia, vem o melhor é dizer qual dos Ministérios é que tem feito um bom trabalho e na minha óptica o melhor Ministério e o que não tem defeitos é o Ministério da Cultura pois foi o único que até agora nada fez, por isso não ter defeitos nem mentiras, em relação aos outros são inúmeras as calinadas e as mentiras, a começar pelas calinadas do Ministro da Economia passando pelo Ministro das Obras Públicas com a celebre frase "jamais", que como sabem quer dizer nunca, então se um Ministro diz que nunca na margem sul. Será que Alcochete passou para a margem norte?

Estamos perante um Governo como muitos apelidam de arrogante e autoritário e não perante um Governo firme e humilde que era o que nós necessitávamos, este Governo já o vi a ser comparado com o regime anterior e essa comparação foi feita por gente do Partido Socialista, ora bem se os de casa afirmam uma coisa destas quem sou eu para os contrariar, bem pelo contrário, não consigo compreender este sentido do Governo, de querer meter-se em tudo, bem como não consigo compreender o Eng. Sócrates quando fica irritado quando lhe dizem as verdades ou quando é posto em confronto com as sucessivas mentiras que foi apregoando este tempo todo e não falo só do aeroporto, falo do referendo, falo do desemprego, falo também dos sucessivos recuos por parte deste Governo, sejam eles nas pensões sejam eles nuns meros sacos plásticos.

Só não consigo compreender como é possível que os Portugueses ainda não tenham aberto os olhos. O que será que este Governo precisa fazer para deixar o Poleiro? Será que é preciso chegar-mos à bancarrota para que se tomem medidas? Por muito menos se derrubou o Governo anterior, bem sei que nessa altura toda a comunicação social estava contra e agora vemos o contrário, que é o Governo faz o que quer e o que lhe apetece e isto tudo a coberto da comunicação social e dos altos órgãos de representação deste País.

É tempo de mudarmos toda esta situação, mas para isso é necessária a colaboração de todos os Portugueses e quando falo todos, falo mesmo em todos, pois conheço muita gente que votou neste Governo e hoje se sente traída pelas promessas, bem como não se conseguem rever neste autoritarismo, por isso apelo desde já a esses, bem como aos demais Portugueses que não se conseguem rever nesta Politica, para que façam pressão sobre o Presidente da República para que se proceda a destituição deste Governo.

Um grande abraço, cordialmente.
Ricardo Araújo.

Alex.Mello-Alter disse...

Desculpe, mas quando comecei a ler pensei que estava a fazer a sua auto-biografia.
O Enorme Político, enfelizmente incompreendido, de quem quando se diz mal, é por falta de entendimento.
As trapalhadas do seu governo foram invenções dos média. Estava rodeado de gente do melhor e foram despedidos, graças a uma horrenda conspiração.
Pobre Calimero.
Eu não gosto de Sócrates. Tem muitos defeitos. Mas eu não sinto vergonha de ser português, como no seu tempo.

Como o coment não vai ser editado, está em; http://cronicasdoplanalto.blogspot.com/
Aqui só passa graxa.

Bacabá disse...

Tantas vezes tenho comentado com amigos certas situaçãoes escandalosas no nosso país, que a comunicação social, simplesmente se cala, ou então dá um enfase praticamente nulo. Para completar essa atitude costumo dizer; "Se isto fosse no tempo do Santana era o fim do mundo"
E é um facto está tudo controlado, veja-se que o anuncio do novo aeroporto veio logo a seguir`a polémica do "não referendo" ao tratado de Lisboa. Ficou tudo abafado. É que o povo ja começava a ver que as promessas do Sócrates são uma treta. E para acacabar com essa hipotese, saí a localização do novo aeroporto...

Acho tudo isto uma treta.
Um abraço.

henrique disse...

mais uma vez se vê a força das agências de informação. Daí que a comunicação social, de uma maneira geral, anda e andou sempre, com paninhos quentes quando tinhamos governação socialista. quando a governação era ppd/psd aí era sempre a dar com um pau. Claro que neste último governo cor de laranja houve Grandes Asneiras. O filme vai continuar a ser assim, e por muitos anos.

vtrslv@gmail.com disse...

Ex.mo Dr. Santana Lopes,

Tenho uma visão muito própria de tudo isto. Com efeito, acredito que a razão, com o tempo vencerá. No entanto, infelizmente, o ser humano move-se por princípios tão básicos e primários que aqueles que, como o Sr, têm uma visão justa e vanguardista da sociedade só têm duas saídas:- ou descem ao nível da sociedade numericamente dominante dominando-a através da demagogia, merchandising e outras ferramentas de controlo mental utilizando os media e criando condições para que o grande capital seja cumplice (como está o Eng. J. Sócrates a fazer) ou, por outro lado, leva-se em frente a chama da razão até onde se poder levar correndo o risco de estar desactualizado na geração.

Anónimo disse...

Belmira

"Viva a Liberdade", foi o grito que dei quando tive conhecimento do resultado das eleições, do novo Líder estava eleito, aquele que me tinha feito passar muitas noites em branco e no dia seguinte lá estava eu para mais um dia, sem que desse pelo tempo a passar a chamada dinâmica de Vitória, voltava a possibilidade de contestar aquilo com o qual não se concorda.

Renasceu a esperança, que alguém, iria ter uma postura e um discurso diferente, que nos fizesse acreditar, que há uns melhores do que os outros, que há alternativas aos números que somos nós, (as pessoas). Portugal precisava dessa voz.

Não sei como qualificar pessoas que não acreditam que somos capazes de destronar os Socialistas do Poder, mas somos, só precisamos de ser persistentes na análise correcta e séria da política arrogante por eles seguida e de ser uma verdadeira alternativa.

Quanto à dívida deve corresponder à obra feita sem dinheiro não se faz obra, ou faz, mas não se paga!
Não se devem preocupar com isso o Dr. Menezes não deve estar preocupado com essa questão.

Então e já prenderam o Professor Carmona Rodrigues?

Ainda não entenderam que este PS se especializou em publicidade.

Acredito que queiram fazer com o Dr. Luís F. Menezes, aquilo que fizeram com o Dr. Pedro Santana Lopes. Desta vez não deixe.

Costumo comentar com os meus amigos que o Dr. Santana Lopes, na política e Lucky Luke na banda desenhada, têm alguma semelhança porque a imagem de marca é a rapidez, ou seja, o Dr. Conseguiu: "destruir um Governo e colocar o regular funcionamento das instituições em perigo, em 4 meses". O que é obra, não sei se Lucky Luke estaria à altura de tamanho feito, mas...

O que o caracterizava Lucky Luke é que "era mais rápido que a própria sombra".
Aí, não sei se o Dr. S. Lopes, estaria à altura desta personagem que "era antes de chegar ao Governo já o ter destruído".

Em comum creio que têm a vontade de ajudar de tornar mais justas algumas situações e há quem ainda não tenha reparado. Só que Lucky Luke tem uma vantagem, ao seu lado tem a ajudá-lo o seu fiel cavalo, Jolly Jumper, que sempre vale mais do que muito "boa gente" que só se aproxima quando sentem o cheiro do poder.

Quando acontece algum percalço na vida, os abutres desaparecem e mudam-se para onde se deslocaram os seus interesses. Mudam porque não têm sensibilidade. Porque Líder que é Líder nunca deixa de ser porque nasceu Líder, e isso não se compra, não se aprende, nasce com a pessoa, é um Dom, com que o Dr. S. Lopes Nasceu.

Não deixe que alguns "abutres" que nós vimos onde se posicionaram, o que dificultaram, o que mal trataram e hoje pela frente são os melhores amigos, por trás sabe Deus o que preparam, e nós os que demos tudo somos os Vilãos.

Juntos são invencíveis.

Eu acredito no nosso Líder Dr. Filipe Menezes.

Eu acredito em si Dr. Pedro Santana Lopes

Uma militante, desconhecida, mas não desatenta, que também anda por aí...

Belmira Martins

Pirrónico JL disse...

Preclarísso Pedro Santana Lopes

Trato-o assim, desta forma mais que respeitosa, só para dar razão ao 'intelectual' autor de um comentário anterior, que afirmou que aqui só passa graxa.
Ai passa? Então cá vai mais uma escovadela:
Admiro-me como um político como V.Exa. ainda se espanta e indigna com as'performances' de Sócrates e do P.S.
Todos estes shows que eles interpretam estão nos livros,desde há séculos, e em suas anteriores governações, desde há décadas. (Além de as 'moscas' serem inúmeras - tantas quanto a proporção de excrementos que o PS sempre foi mestre em espalhar por aqui e por ali, ao acaso das diferentes gulas e ambições da parolada imigrante de Lisboa, nada importada com questões ideológicas ou de boa governação.)
Veja só, Senhor Deputado, que ainda há dias sonhei que o governo tinha criado um imposto para os 'moedinhas', os toxicodependentes e os pedintes. De manhã - depois de me rir do disparate de tal sonho - quando liguei a TV, tal foi o meu espanto quando ouço que o governo tinha criado um imposto de 13 mil Euros para ser pago pelos pescadores que fossem 'salvos', no mar, pela Marinha Portuguesa!!!
Isto só para lhe dizer que os portugueses 'em necessidade' já esperam tudo deste governo, sem o mínimo espanto. Até mesmo na hora da morte a gente já pensa se deve pedir socorro ou deixar-se morrer!
...Ou se quando tivermos uma maleita devemos correr para uma Urgência, ou deixarmos passar um tempo, a ver se o 'troço' passa!
Outro dia ouvi um vosso 'prestimoso militante', JP Pereira, referir-se a uma teoria de que o Sócrates é adepto e Cavaco Silva também, e que era em prol dela que todas as medidas estavam a ser tomadas: O EMPOBRECIMENTO PROGRESSIVO!
Será que eu ouvi direito?
Ora bem, como eu já estou a ver o PSD muito perto do poder em 2009,gostava de perguntar a Vas. Exas. se tencionam também seguir também essa Cartilha?
Agradecia um artiguinho em seu blog, caso lhe sobre um tempinho para tal ninharia.
Este comentário segue assim um pouco desalinhavado, mas como foi só para dar graxa...
Um Abraço
JL

MATA-RATOS disse...

Só fiquei deveras preocupado com a utópica tarefa que têm os assessores do P.M.
-Humanizar-lhe a imagem?

Ana Narciso disse...

Dr Santana lopes ,
este país não pára de me surpreender. Esta semana a água está imprópria para consumo no meu concelho ( Porto de Mós) . As suiniculturas continuam a fazer descargas , põem em perigo toda a população e...a ASAE anda à procura de colheres de pau e e facas com as cores do arco-íris ... que país é este?

alencar disse...

Vivemos em democracia pelo menos é o que está escrito em lei do país onde nascemos, senhor Santana Lopes, é a vida. Uns têm outros não. Lute.

Eneias disse...

Mas dr. Santana Lopes o Robin dos Bosquesdostemposmodernos.com não é o Robin dos Bosques dos tempos medievais: aí é que está a filosofía dos dias de hoje: lembra-se de Nietzsche? da inversão de todos os valores? O Robin dos Bosques que roubava aos ricos e dava aos pobres estava na oposição ao rei João Sem Terra que entretanto foi deposto e o Robin dos Bosques reconquistou o poder que havia sido de seu pai. O Robin dos Bosques dos tempos modernos é um comerciante da era global.

ostensivamente anónimo disse...

Um dos comentadores disse que não entendia pq os media estão sempre do lado do socialismo. Caro comentador: reunem-se todos aos sábados de avental -e não é na cozinha...

Ernesto Sousa disse...

Os políticos passam, mas Portugal lá vai ficando. Sócrates é só mais um. Infelizmente, faz pior ao país que ao partido qual ninho de cucos (como se sabe o cuco ocupa os ninhos dos outros pássaros, destruindo-lhes os ovos). O PS já é mau, mas Sócrates consegue ser pior. Valha-nos N.S de Fátima, que muitos acreditam proteger especialmente Portugal e talvez a seu tempo nos faça o milagre de nos livrar deste homemzinho que só sabe bater nos que menos se podem defender e depois, se faz de papá severo e rigoroso nos media, enquanto a "malta divertida" contrabandeia as influências e os favores nas costas largas dos que têm de bulir todos os dias e nada podem fazer contra os aumentos.
É pagar e dançar, que disto gostamos nós. Somos tão pacifistas que parecemos cordeiros prontos para o sacrifício. Só que por isto, acreditem, não vale a pena nenhum sacrifício.
Um dia o estado há-de rebentar, e quando não houver para "eles" então, se calhar pensam em "nós".

carlos disse...

Dr.Pedro Santana Lopes:
O senhor diz muito bem quando mostra ao que "isto chegou".Mas,se me é permitida a imodéstia,não me admiro nada com isto,porquanto fui dotado de memória razoável.Isto acontece porque são socialistas no poder e,portanto,o Socrates já vem do tempo do Mário quando assim era tratado o secretário geral do PS e o lema e o objectivo eram:"AOS AMIGOS TUDO;AOS INIMIGOS NADA;AOS QUE NÃO SÃO NEM AMIGOS NEM INIMIGOS, CUMPRA-SE A LEI".
O Dr.Pedro Santana Lopes não se lembra dos esforços do EngºGuterres para ser corrido do Governo e não o foi porque ninguém dizia mal dele? A Comunicação Social todos dias o elogiava e foi por via disso que ele, Guterres, tomou a iniciativa de ir embora.
O senhor não se lembra de ter alertado os Portugueses, durante a sua campanha eleitoral,para terem cuidado porque eram os mesmos?
Acredite,Dr.Pedro Santana Lopes,os elogios ao PS são sempre contrapartida de alguma coisa-sempre funcionou assim,desde os tempos do Mário- e,que Deus me perdoe,penso que a "cooperação estratégica"pode ser encarada como elogio.
O que acabo de escrever constitui a minha homenagem a si,Dr.Pedro Santana Lopes.
Aceite,por favor,os meus cumprimentos
c.monteiro de sousa

Ricardo Avelar disse...

Meus caros amigos. Só posso concordar com todos vocês, excepção confirmada ao artigo da "graxa" nº1. Mas cá espero, pois quase que aposto que o melhor ainda está para vir. Mais promessas eleitorais, mais obras de fachada, vai ser um ver se te avias até a altura das eleições. Tudo isto, em prol da continuidade no poleiro. Até parece uma política do "faz mal agora e corrige mais tarde". Se calhar até dá votos. Admira-me, pois, a passividade com que o povo engole tamanhas artimanhas. Já diz o ditado e com razão: "Pior cego é aquele que não quer ver".

Bem hajam.