terça-feira, 23 de outubro de 2007

PORQUÊ?

A SIC Notícias, às 23hs, abriu o noticiário, com um a notícia sobre a substituição de Presidentes de Comissão na Assembleia da República. A notícia continha falsidades objectivas. Pedi, imediatamente, ao assessor de Imprensa, Zeca Mendonça - que tem décadas de experiência, para informar a jornalista, Ana Lourenço, das incorrecções. Ana Lourenço disse que ia tratar de repôr a verdade. Mas, agora, à meia - noite, a notícia saiu igual!...

PORQUÊ???... Será isto Informação?
Diz o texto lido que os três deputados foram apanhados de surpresa...
Por exemplo, um deles, há uma semana, que comunicou à liderança do Partido que entendia dever pôr o seu lugar à disposição, para Luís Marques Guedes, que cessou funções como Presidente do Grupo Parlamentar, poder regressar às funções de Presidente da Comissão de Ética. Por isso, pelo menos, não seriam três, mas dois. Só que mais um cessou funções, Mário Patinha Antão, mas, pelos vistos, não pertence a um grupo que se assume como "barrosista". Acontece que os dois substitutos também foram colaboradores e membros do Governo de Durão Barroso: Henrique de Freitas e Miguel Frasquilho.
Porquê este tipo de informação? Que rigor é este? Agora notícia é opinião?

10 comentários:

josé disse...

Dr. Pedro
Respondendo à sua pergunta, respondo que não. Não é informação. Mas este tipo de procedimentos interessa a alguém.
A quem? É uma resposta que fica à consideração de cada um. É que interessa a tantos, dentro e fora do PPD/PSD, que deve haver respostas para todos os gostos.
É a informação que temos e que merecemos, porque a culpa do que se está a passar é exclusivamente nossa.
Cabe-nos agora alterar este estado de coisas. E só nós, todos, o podemos fazer. Eu pessoalmente, acho que o Dr. Pedro está a cumprir a sua parte e a dar-nos o exemplo denunciando estas situações. Eu também irei cumprir a minha, quando a isso for chamado ou sempre que me seja possível.

Espero que a sua coragem não esmoreça, pois é alento para muitos.

Já um bocadinho fora do contexto, quero expressar a minha opinião sobre a postura que teve no congresso e que foi impecável.
A sensação com que fico é que "é preso por ter cão e preso por não ter", sabendo que seja qual for a posição que tenha sobre qualquer assunto, já sabe que a comunicação social vai fazer passar uma imagem negativa, ficando apenas ao seu critério de que lado é que quer levar.
Muita paciência e saúde é o que lhe desejo.
Cumprimentos,
J. António

Ricardo Araújo disse...

Boa Tarde, e vem vindo novamente ao nosso contacto, eu pelo menos compreendo a sua ausência durante estes dias.
Em relação a esta notícia só me apetece dizer, que todos os órgãos de comunicação social podem falar o que quiserem, mesmo que seja falso, pois estão a coberto da impunidade.
Acho que os órgãos de comunicação já deviam ter em conta que estas e outras falsidades só levam ao descrédito quer desses órgãos quer das pessoas de quem se fala.
Será que não há em Portugal um órgão regulador?
A sua destituição deveu-se a falsidades e barbaridades que na altura passaram diariamente nesses órgãos, o que é lamentável.
Um grande abraço
Cordialmente
Ricardo Araújo

Fado Alexandrino disse...

Posso explicar-lhe.
As televisões têm tempos de noticiários para preencher e assim uma notícia considerada ineressante é seleccionada para dar durante todo o dia e metida no computador.
Portanto as pessoas aqui contam pouco.
Economia de mercado é o nome.
Aproveito para desejar as maiores felicidades políticas

António C.B disse...

Prepare-se. A festa vai REcomeçar. Vão REcomeçar os boatos, as notícias vindas de não sei de onde, as "fontes parlamentares" que não dão a cara.

O filme vai repetir-se porque "nós" jornalistas não esquecemos ódios de estimação. Da minha parte, pode contar com distanciamento, isenção e revolta sempre que episódios como este voltarem a acontecer. Da sua parte exigirei verdade.

Cumprimentos
Bom trabalho

paf disse...

Espanta-me o seu espanto... Não me diga que já não se recorda do tanto que lhe fizeram nesse domínio no decurso do seu Governo?!
Como diz a minha mãezinha "isto é gente que não tem emenda"...

Menino Mau disse...

isso são peanuts dr lopes. os portugueses estão-se a borrifar para isso . trate de coisas de mais importantes e deixe de se importar com essas tretas
acha sinceramente que se for a um português comum e lhe perguntarem sobre o caso que fala , ele sabe do que fala?não!
menos a olhar para o seu umbigo e mais para os portugueses.

ah ! e espero que este comentário não seja censurado

Zé da Póvoa disse...

Já (re)começaram as trapalhadas! Pobre país este que não se governa nem se deixa governar. Com os políticos que temos o melhor é pedir ajuda aos espanhóis.

Zé da Póvoa disse...

É uma pena que não haja na 1ª.página um aviso aos incautos como eu, de que só são permitidos comentários a cantar loas ao senhor doutor Pedro Santana Lopes. Evitava-se pô-lo na figura de revisor do lápis azul a cortar o que não interessa.
Continuem os yes-men que é disso que ele gosta e eu não preciso que o psd me arranje emprego. E já agora que risque também este!!!

Júlio Santos disse...

(texto do e-mail enviado à SIC)
Porque será?
Hoje, no DN, li que mais uma vez o Dr. Pedro Santana Lopes (PSL) foi enxovalhado pela linha editorial da SIC. No final da reunião do Grupo Parlamentar a que preside, enquanto prestava declarações aos jornalistas, durante a transmissão foi colocado, sobre a sua imagem, um texto relativo ao quanto tinha sido importante o Cristiano Ronaldo para o seu clube.
Esta atitude vai na linha da entrevista interrompida para transmitir a chegada, para férias, do José Mourinho. Foi notório nos Telejornais seguintes e até no “Expresso da meia-noite” que a Direcção de Informação da SIC não digeriu muito bem as reacções que a “patacoada” provocou em todos os quadrantes, até em pessoas que, como a Direcção de Informação da SIC também abominam o Dr. PSL.
Porque será que a redacção da SIC tem tal perversa atracção pelo Dr. PSL?
A tentativa de compreensão do que está subjacente a este comportamento continuado, obriga ao esforço de nos colocarmos ao nível, baixo, com que essa Redacção tem tratado o ex-Primeiro-Ministro. Seria mais fácil se a dita redacção fosse liderada por uma senhora. Poderia, a perniciosa “atracção”, ser resultado de uma represália originada por algum abandono e/ou falta de atenção no passado, mas é um homem que dirige essa redacção não é?
Senhores e Senhoras Jornalistas da SIC, sugiro-vos que façam como se estivessem junto a uma linha-férrea: Parem, Escutem e Olhem; vão ter tempo para observar que à vossa volta existem problemas e pessoas muito mais nefastas ao País que o Dr. PSL e uma delas, no meu entender, é o vosso Director.
O meu texto, eventualmente, contém alguns juízos de valor acerca de certas pessoas, mas essa prática não é exclusiva dos Jornalistas da SIC, pois não? Sendo assim estou mais descansado.
Para terminar deixo mais uma questão: Porque é que os Jornalistas da SIC em geral e o seu Director em particular, que tanto combateram a pretensa e divulgada Agência de Gestão de Informação a ser criada pelo Dr. PSL no tempo do seu Governo, não denunciam a agora existente, e muito bem montada pelo actual Governo, porque será?

Júlio Santos OUT2007

Percontare disse...

É pena que o meu caro amigo não tenha publicado comentários que lhe enviei. Sobretudo aqueles que não eram abonatórios da sua suposta coerência política, mas pretendiam ser sinceros e objectivos, numa óptica pura de crítica construtiva.
Lamento constatar que, afinal, não encontrei o mesmo espírito desse lado e que o senhor é igualzinho aos outros demagogos que por aí andam a fazer com que nós não acreditemos na política.