sábado, 15 de setembro de 2012

É sempre igual


Sobre o Pacto de Estabilidade e Crescimento da União Europeia
Ferro Rodrigues diz que começam a surgir divergências "nos meios do Governo"
01.04.2003 - 00:11 Por Lusa
            Votar 
           
           
           
           


            seguinte »

O secretário-geral do PS aponta as divergências entre Manuel Ferreira Leite e Miguel Cadilhe (Paulo Novais/Lusa)
O secretário-geral do PS, Ferro Rodrigues, afirmou hoje que começam a surgir divergências no seio do Governo, acusando o Executivo de Durão Barroso de estar a ...".

As palavras de Ferro Rodrigues foram proferidas perante cerca de três centenas de militantes socialistas de Lisboa, durante uma iniciativa promovida pela Comissão Política Concelhia do PS da capital, denominada "Fórum Cidade".

Na sua curta intervenção, o líder do PS procurou desviar parte da atenção em torno dos acontecimentos na guerra no Iraque, para fazer críticas à situação interna do país.

"... também estão a aparecer alguns sons das ruas da amargura deste país em recessão, com desemprego, em estagnação e depressão", fenómenos que "teriam sido perfeitamente evitáveis, disse Ferro Rodrigues.

"Nos meios do Governo, começam a aparecer divergências entre quem percebe que este é um caminho de suicídio para o país", afirmou ainda o secretário-geral do PS, referindo-se a alegadas diferenças de posição entre a ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite, e Miguel Cadilhe em relação ao Pacto de Estabilidade e Crescimento da União Europeia.

De acordo com o líder socialista, num momento em que se discute a "flexibilização" do Pacto de Estabilidade, "o primeiro- ministro, Durão Barroso, e o Governo têm a posição mais ortodoxa [da União Europeia] e mais papista do que o Papa".

"Ou então este Governo quer pôr as coisas tão mal no país, para daqui a uns anos poder dizer que tudo está um pouco menos mal, o que seria uma irresponsabilidade", advertiu Ferro Rodrigues.

23 comentários:

Hugo Correia disse...

Momentos finais da última Prova dos 9(23:50)...

Constança Cunha e Sá - Não se chegou a um beco sem saída?

Pedro Santana Lopes - Não. Acho que não, acho que não. Acho que esta agitação vai ter solução.

Fernando Rosas(logo depois) - O que os cidadãos têm que mobilizar é para que este Governo chegue a um beco sem saída, isso, sem dúvida nenhuma.

Incrível! Como é possível? Como é que alguém responsável e já ancião, como o próprio disse, pode dar uma resposta deste calibre? Isto é patriotismo?
Fernando Rosas, com estas palavras, personifica um pouco o sentimento de alguma oposição de esquerda, mas também de direita. Não se sentem bem quando os Governos são de direita ou centro-direita. Pouco lhes interessa contribuir para o sucesso da governação. Interessa sim, lançar a confusão e dificultar ao máximo quem tenta construir. Não devemos esquecer também o contributo de certa imprensa.

miguel vaz serra....... disse...

Dr.Santana Lopes
O que se passou hoje em Lisboa foi uma amostra do que là vem. Os polìticos tèm que uma vez por todas aprender que nào se podem ganhar mais eleiçòes com promessas que se sabem nào poder cumprir.
Antònio Seguro que tenha cuidado....
Nào é necessàrio fazer eleiçòes absolutamente nenhumas.
Este PM tem que ir-se.
Nào tem qualquer ligitimidade, actualmente, para estar em Sào Bento.
Relvas.Gaspar.Teixeira da Cruz. Remodulaçào a 90% com um PM escolhido pelos 3 principais partidos.
O Regime acabou!!!Esgotou-se!!!!

meco disse...

Caro Pedro:
A história por vezes repete-se e os protagonistas conseguem o milagre de mudar de papeis!
Conseguem porque para além de não terem memória também não têm um pingo de vergonha, cheta de amor próprio. Por muita razão que tivesse, eu também não consigo entender, mesmo depois das explicações de PPC, a bondade da baixa da TSU através da transferência directa dos trabalhadores para os patrões, Manuela Ferreira Leite não tinha o direito de, numa atitude de puro revanche, dizer o que disse naquela entrevista, e como não teve a hombridade e o bom senso de se demitir previamente do PSD, acho, e farei tudo o que puder, que deve ser expulsa do partido.
O PSD tem que deixar de se comportar como um bando, os estatutos não contemplam excepções para os notáveis, o PSD tem que voltar a ser um partido de bases!

Anónimo disse...

Pedro,

Parabéns pela tua coragem, ao te pores ao lado de quem está a levar tanta porrada! Aguenta!

É sempre a mesma coisa. É preciso dar-lhes uma sapatada sem medo. A tua reacção com a cunha e sá, acerca das interrupções, é a prova desta total falta de respeito por quem não é da sinistra...

Tens que ser implacável.

O rosas, agora, faz aquele discurso soft de quem "já nem é a política...". Ele quer é adormecer-vos. Lembra-os que, eles todos, foram defensores dos maiores facínoras do século XX. stalin, mao, pol-pot ( a ana gomes era adepta confessa segundo ouvi ).

Deve ser chato mas, é preciso lembrá-los que o que estava em risco, quando o Passos Coelho tomou posse, era as pensões e os ordenados daquele mês e não do 13º ou 14º! E o boxexas ainda teve a lata de dizer durante a campanha eleitoral "sócrates é fixe!" Agora o PC mexe-lhe nas fundações e reformas e o magano grita histérico.

Quando puderes ouve este vídeo:
http://padrepauloricardo.org/episodios/nova-ordem-mundial#.UCtqo6Vt5Kg.mailto

Abraço,

José Luis Salema

Anónimo disse...

O momento actual, lembra-me filme já visto.... O Governo de Santana Lopes com os ataques desferidos pelos mesmos barões PSD a darem força ao PS... e o PS a inchar e cada vez mais agressivo...
Será que esses mesmos barões pretendem o regresso do Socrates, ou ... agora apoiam o Seguro ???
Se é para governar como os socialistas, sem força para alterar a situação, processos e interesses que nos conduziram ate aqui, então procuremos o mais rapidamente possiveldeixra o governo...

Anónimo disse...

O momento actual, lembra-me filme já visto.... O Governo do Dr Santana Lopes com os ataques desferidos pelos mesmos barões PSD a darem força ao PS... e o PS a inchar e cada vez mais agressivo...
Será que esses mesmos barões pretendem o regresso do Socrates, ou ... agora apoiam o Seguro ???
Se e para tudo continuar na mesma deve ser poderada a saida e entrgue o governo já aos socialistas...

M.Matos disse...

A mãozinha de cavaquistas, sempre! E a mãozinha de Portas sempre! Aliás a mãozinha do PS através de Portas, sempre! Eu bem avisei a quem votou CDS nas últimas eleições: Portas vai destruir a coligação ele queria sim um entendimento com socialistas. Por isso não votei CDS pela 1ª vez, pois PPC pareceu-me bem mais honesto quando disse que não levava o PS para o governo, afirmação que Portas nunca teve a coragem de fazer. AH e a conversa de Capucho parece aquela do Portas quando disse ao Sócrates para sair e deixar fazer um governo de salvação nacional. Vergonhoso tudo o que se está a passar e as pessoas não percebem que estão a ser manipuladas por meia dúzia de gente que se diz "elites" deste País ajudada por um jornalismo do mais baixo nível que alguma vez vimos neste País.

miguel vaz serra....... disse...

Dr.Santana Lopes
Certamente ouviu a entrevista do PM......
Uma oportunidade, aliàs como todas as que tem tido, deitada fora. Devo admitir que ultrapassou todas as minhas espectativas de falhar.....
Meu Deus como é possìvel ser "assim"...
Paulo Portas deu o murro em cima da mesa,aliàs como aqui dissemos hà semanas atràs, o que era de esperar pois nem com CDS o PM cumpriu o que disse. Aliàs foi muito "amigo" ao dizer que sabia de tudo isto...........Tenho muitas dùvidas disso....
Depois vai daì e.......Tantos gritos na rua e a maior manif de sempre,maior que o 1° de Maio de 1974, e a culpa è TODA NOSSA!!!!
"O primeiro-ministro voltou a exibir insensibilidade e incoerência, ao culpar os portugueses pela recessão.Segundo ele tinhamos consumido menos do esperado. Agora somos acusados de viver abaixo das nossas possibilidades. Afinal,naquela cabeça, o Governo cumpriu, os portugueses não." Li online num Jornal,creio que do norte.
Jà sabem.Afinal nào é a poupar que se deve fazer "a coisa". Gastem, gastem mais, gastem tudo o que possam e nào possam.Disse-nos com todas as letras!!!
Iremos longe.....
Começo a ter vergonha..
Alheia e nào sò!!!!
Sò falta dizer que a maior manifestaçào vista desde 1974 era feita pelo Bloco de Esquerda e PCP ( que como sempre se infiltraram como parasitas que sào de tudo e todos ). Nào foi nào...Pois....
Volto a dizer que um Governo sem Pedro Passos Coelho e desde logo Gaspar que jà deu provas de nào ter imaginaçào nem ginàstica intelectual, é a soluçào. Haverà por aì um Mario Monti???? Talvez...

Luis Silva disse...

Caro Dr. Santana Lopes

Ainda bem que o Ferro Rodrigues falou, que sábado mais aborrecido! não aconteceu nada de extraordinário!!!

Anónimo disse...

As máscaras estão a cair…(já nem precisam de cair…já os conhecemos a todos): A Paulo Portas só faltou dizer que não foi à manifestação por decoro institucional…

miguel vaz serra....... disse...

Dr.Santana Lopes
Com certa tristeza vejo que as pessoas comparam o que se passou com o seu Governo e o que se està a passar com este.
Basta o facto de ter sido confrontado com uma situaçào alheia à sua pessoa que depois de muitas vezes pensada resolveu aceitar para nada ter de comparaçào com um monte de promessas e mentiras na sede de poder que levou este PM ao Governo.
Nào o culpo sò a ele, aliàs sòzinho nunca là tinha chegado.
Passando adiante.Ministros do CDS da SS e Agr. mal,muito mal.Miùdos, sem experiencia alguma....que vergonha.
Hoje nas notìcias online ouvi Joào Cravinho a dizer que o comboio que atravessa a Ponte sobre o Tejo foi um càlculo mal elaborado.
Foi, pois foi, mas nào foi mal calculado pelo facto de ter sido feito mas sim para os sìtios onde vai. Por acaso fizeram contas a quantos possìveis passageiros podiam ter tido se tivessem ligado a Capital à Costa de Caparica? Sò no Verào faziam mais dinheiro que em anos com as ligaçòes actuais.
Até aquela empresa de comboios pequeninos que levam as pessoas até Fonte da Telha atravessando todas as outras praias ia ganhar com essa ligaçào. Hà coisas tào claras e obvias que faz confusào que os polìticos nào as vejam....

Virgílio Lopes disse...


Dr. Santana Lopes,

Conhece bem o seu ex-secretário geral RELVAS ?

Tem a certeza ?

Vá conhecê-lo melhor a :

http://tomarcontraosafilhados.blogspot.pt/

FASF disse...

A mim deixa-me chocado que a maioria das pessoas que tiveram responsabilidade pelo estado a que PORTUGAL chegou, sejam os mesmos que não saibam respeitar democraticamente a legitimidade do governo eleito há um ano e 3 meses... Estas pessoas que se insurgem agora, são as mesmas que em 2004 não "descansaram" enquanto não derrubaram o governo do Sr Dr Santana Lopes, que tal como este estava a avançar rapidamente nas reformas estruturais necessárias... Pois ... Só que a todos estes não interessa que se acabem certas e determinadas mordomias... Mas certamente acabarão se o país também acabar... Que eu tou convencido que não por mais "ruído" que esses políticos "da destruição" façam...

miguel vaz serra....... disse...

Dr.Santana Lopes
Cada dia Portugal me surpreende..........Pensava que jà estava tudo visto depois de termos tido Sòcrates como Primeiro Ministro e ter batido no mais profundo underworld ao ver Cavaco conviver com isso
( e dormir!!! ), durante 6 longos anos, sò pelo egoismo de querer ser reeleito.....
Vai daì as sonsagens!!!!
Se havia dùvidas, hoje deixaram de existir.
Somos mesmo um Paìs de gente louca, que vota em marginais mentirosos e pelas ùltimas sondagens vejo que existe tendència ao suicìdio colectivo!!!!!!!!
Entào o PS deixou-nos na Banca R com a ditadura Sòcrates, levamos com esta cambada de catraios do PSD sem experiència nenhuma e pior que isso, nào sabem escutar quem a tem,e agora querem votar Seguro????????
Somos dignos de estudo.......

Hugo Correia disse...

Antes de mais, as minhas felicitações pela homenagem prestada pelo município de Vila de Rei, com a medalha de ouro e o título de cidadão honorário, pelo contributo, enquanto Primeiro-Ministro, e entre outros exemplos, na "construção do novo quartel da GNR, a Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, a Requalificação Urbana de Vila de Rei e o relvado sintético do Campo de Jogos Municipal", "um conjunto notável de infraestruturas e equipamentos".
Eu só acho inacreditável que esta distinção não mereça melhor atenção por parte da nossa imprensa e dos nossos opinion makers. Vinte e quatro horas passaram e só se encontra publicação num jornal «desportivo» e numa rádio local. Nem a referência na sua página de facebook motivou a divulgação. O que se passa? Não é importante? Pois eu acho que tem muito significado. Então o Primeiro-Ministro não era tão mau e viu ser-lhe reconhecido um mérito desta natureza, e de um Governo que exerceu em plenas funções(apesar do permanente ruído) pouco mais de quatro meses? Não acham isto notável?

...................

Hugo Correia disse...

...................

Mas o que me traz aqui hoje é também as declarações proferidas por Manuel Maria Carrilho sobre o Primeiro-Ministro Pedro Passos Coelho, retratadas aqui...

http://economico.sapo.pt/noticias/passos-e-incompetente-e-autista_152203.html

...................

Hugo Correia disse...

Pautada por uma arrogância e um egocentrismo que lhe é muito caraterístico, mas que não representa nada de novo. "Sempre igual", não é?...

Cultura: Um balanço sem balança?
Diário de Notícias / 1997-11-21

«Publicou anteontem este jornal, um texto do ministro da Cultura, supostamente de «balanço» sobre dois anos da sua governação. A prosa choca pelo pretensionismo e pelo dogmatismo próprio, para se afirmar, necessita de tentar diminuir os outros.
Sem dúvida, a pessoa deste ministro é do género dos que pensam só ter existido trevas antes de serem Poder e dos que garantem que, após eles, só o dilúvio será possível.
Apesar de ter participado, há cerca de um ano, num esboço de debate, na RTP2, no programa de Clara Ferreira Alves, com o ministro, fiz sempre questão de dar tempo ao tempo.
Já nessa altura amigos meus me acusaram de ter sido demasiado brando com o meu interlocutor...
Mas fiz questão de ser tolerante com quem assumira a responsabilidade da «casa» que eu, com outro título, dirigira durante cinco anos.
Têm-se sucedido as intervenções arrogantes e quase ofensivas do ministro da Cultura, sobre a acção dos governos de Cavaco Silva naquele sector.
Senhor ministro: cordialmente lhe digo que lhe fica mal essa sobranceria. Mas o senhor insiste. Por isso mesmo, sou obrigado a recomendar-lhe que pare um pouco, que se olhe ao espelho, que alivie o narcisismo e olhe a realidade. Com serenidade, sem exageros infantis.
No nosso tempo houve erros, omissões? Sem dúvida! Está convencido de que no seu tempo foi tudo bem feito?

...................

Hugo Correia disse...

...................

Deixe-me fazer algumas referências:
a) Não lhe causa sério embaraço que o seu ministério demore tanto tempo a efectuar uma remodelação orgânica? Não se desculpe com o seu ex-secretário de Estado... A responsabilidade é sua.
b) Era tão aberrante, tão aberrante o modelo fundacional do São Carlos e do Centro Cultural de Belém, que ia acabar logo com isso... Já passaram mais de dois anos e continuam na mesma, com os respectivos dirigentes a gabarem-se dos resultados alcançados... Agora que só falta um ano e tal, no máximo, até à convocação de novas eleições vai insistir, só por teimosia, ou vai ser justo? Deu-se tão bem este tempo todo com as fundações... E já viu o Scalla de Milão a enveredar também pela via fundacional? Sem dúvida que com recursos financeiros completamente diferentes, mas as possibilidades são outras... Nós estávamos a começar e, de qualquer modo, para o senhor ministro era o princípio da natureza jurídico-institucional que estava em causa.
c) Sei que tem prosseguido o trabalho da rede de leitura pública, iniciada por Teresa Patrício Gouveia e por mim continuada sem qualquer hiato. Aceita comparar? Fez mais, no mesmo tempo? E arquivos distritais, quantos já concluiu? Os de Bragança, Faro, Leiria estão prontos a funcionar. Os novos, da Guarda, de Santarém, do Porto, de Portalegre, de Castelo Branco, já estavam. Tal como o Arquivo Nacional... Deu jeito, não deu, senhor ministro? Ter prontos a trabalhar esses exemplos do «desprezo de fundo pela cultura portuguesa»? Milhões de contos investidos sabe-se lá como!... Como faria melhor em ser sensato, senhor ministro.
d) Fala do património. Quantos museus o senhor já remodelou? O de Arte Antiga? O de Arte Contemporânea? E a ala do Soares dos Reis que lhe soube tão bem inaugurar? E o Machado de Castro, de Coimbra? E palácios, senhor ministro? O de Queluz, quem foi? E o da Ajuda, porque parou? E o da Pena, quem lançou e fez obra? E o da vila de Sintra? E o de Mafra?
Já viu tantos exemplos da «ignorância» dos problemas de fundo?
e) E cineteatros, quantos remodelou por esse País fora? E foi ou não mais uma prova de «ignorância» adquirir o Teatro de São João no Porto? Dá ou não jeito para a candidatura a Capital Europeia? E o Gil Vicente em Coimbra? E o Teatro Dona Maria? E o Garcia de Resende em Évora, ou o Sá de Miranda, em Viana do Castelo? E a Casa das Artes, no Porto? E a Fundação de Serralves? E a Cadeia da Relação? E a Sé do Porto?
Senhor ministro: hoje não tenho espaço para mais. Mas desculpe lá: sabe quem lançou o projecto da Feira de Frankfurt?
Exactamente senhor ministro: foram os «ignorantes».
Os mesmos que lançaram e realizaram as Europálias, as Capitais Europeias da Cultura, as exposições nos Estados Unidos, em Espanha, no Japão, um pouco por todo lado. Lá também sem interrupção.
Dinamizando o restauro, promovendo a divulgação, enriquecendo o conhecimento.
O senhor tem tido mais dinheiro? Sem dúvida: para mais organismos. Para muito menos iniciativas.
Também na área do livro, senhor ministro: pergunte aos adidos culturais nas nossas embaixadas.
Errámos por vezes? Sem dúvida, senhor ministro. Será que afinal é sua a frase que injustamente atribuíram a outra pessoa: nunca se engana e tem sempre razão?
Quando quiser comparar, senhor ministro, à vontade. Reconhecendo, desde já, que Foz Côa é «toda sua» e que aumentou as verbas para o cinema. Mas quer comparar?
Sem ofensas e com o respeito e a elevação que só nos fica bem a todos.»

Hugo Correia disse...

Também serve para o 'nosso' JPP...

http://abrupto.blogspot.pt/2012/09/coisas-da-sabado-o-governo-acordou-o.html

miguel vaz serra....... disse...

Dr. Santana Lopes
Alguêm me pode explicar que é isto?
"Os dois partidos que estão no governo decidiram hoje criar um «conselho de coordenação da coligação», para «melhorar os níveis de articulação» entre os dois partidos." in O Sol
20 de Setembro, 2012 (por David Dinis e Sofia Rainho)
Já agora deviam criar um conselho de coordenação do conselho de coordenação da coligação.
Está tudo doido?
Alguêm leva este Governo a sério?
Não fica mais barato fazer um almoço no "Poleiro" todas as 5ºs feiras com Paulo Portas e Passos Coelho? Começo a perder a paciência para tanta infantilidade.
Mais vale reunirem na Creche da AR!!!

maria lisboa....... disse...

Estou que não posso.
A "Ala dos Namorados" ou lá como se chama essa gente, vão Presidir a Câmara de Cascais.
Também me disseram que os Represas e essa gente fantástica ligada ao PS andam a rondar.
Vai ser girérrimo...As tias todas a abanar o capacete no Xafariz..
Será que a Furtado vai ser feliz com o Malato em Lisboa? Nunca se sabe.

Dina disse...

Caro Dr Pedro !
Compreendo a angustia de PPC quando num repente veio anunciar ao País aquelas medidas de choque. Penso até que houve o propósito de mostrar à Troika o limite dos portugueses, uma vez que a Troika podia não estar receptiva aos direitos do «bom aluno» em detrimento de tudo o que concederam à «má aluna» Grécia. Agora já todos viram no que deu . Pois bem , com isto podemos estar muito perto do impasse politico e nesta altura talvez fosse melhor pensar se é melhor a moção de censura de Seguro ou antes uma Moção de confiança do Governo . Sócrates veio jantar ao burgo com um objectivo e não esqueçamos que segundo ele «as dividas não são para pagar...» o que deve soar como sinfonia a certos ouvidos alienados da realidade. A situação é complicada e nesta altura era bom que PPC lembrasse o País com voz muito firme, que está ali só até que o queiram alí, e que sai no dia em que não o quiserem lá .
Cptos

Sérgio disse...

Caro Dr. Santana Lopes,
o seu governo e o senhor pessoalmente são rotulados como o governo mais incompetente e o 1º ministro mais incompetente de sempre...ora,perante os último acontecidos e esta governação,será justo pensar que o Dr. Santana Lopes,afinal,não é o mais incompetente nem o seu governo foi o mais incompetente?