domingo, 4 de setembro de 2011

Vide fixe

Eu gostei de ver  a Universidade de Verão da JSD a gritar «Soares é fixe».

Em primeiro lugar, os tempos estão pouco para preconceitos caducos, para comportamentos «by the book»...
Em segundo lugar, Mário Soares já está num plano suprapartidário. Continua a ser socialista? Claro que sim! E faz muito bem em ser o que sempre disse ser. E fizeram muito bem os Js. Foi bonito e foi simpático.

A política precisa de seguir caminhos até aqui não trilhados, não convencionais, geradores de novas estruturas de pensamento e de novas linhas de acção. Precisa mesmo. Cada um sabendo sempre o que é e onde pertence, mas abrindo novos caminhos, para novas atitudes que estimulem novas soluções.
 Em Castelo de Vide, pelo que se assistiu, foi assim. Lá, aliás, tem sido sempre assim.

18 comentários:

Ana Tsep disse...

A memória curta nunca se perdoa. Triste de nós quando esquecermos a cara do Dr. Sá Carneiro numa tal nota de 1.000 escudos ou a sua vida privada enxovalhada pelo Dr. Soares. Muitos outros ataques se seguiram por parte do Dr. Soares a outros lideres partidários. O plano de Soares será sempre este, do enxovalho e do vale-tudo. E isso nada tem de fixe. Quanto mais gritarem "Soares é Fixe", mais anos passarão sem o meu voto.

Anónimo disse...

Discordo…
Tanto do preconceito como da “qualidade” fixe.

Quem nos levou até aqui?

Quem se fez eleger com promessas de regionalização que depois seria um erro colossal?

Quem gastou à tripa forra?

Estarei a sonhar?

José Manuel Pinheiro disse...

Que contraste com aquelas manifestações do PS em que pelo menos 97% das pessoas pensam da mesma maneira! É nisto que o PSD se diferencia, sempre com a consciência livre e desempoeirada.

maria lisboa....... disse...

Antes os políticos mandavam, eram respeitados e tinham influência sobre o capital, economia e sindicatos.
Os média só falavam as verdades e tinham a certeza ( absoluta ) de que não metiam a pata na poça.
Agora são marionetas do capital, dos média, quadrúpedes que têm as patas bem soltas e não só perderam toda a influência como são obrigados a influenciarem-se pelo que dita o “carcanhol” que fala sempre mais alto. Como se chama aquela profissão mais antiga do mundo? em que o cliente paga os favores? Pois essa. Isso são os políticos do poder de agora. No mundo inteiro.
Tudo, mas tudo mesmo, é feito em função de “mercados”, que ninguém sabe quem é realmente ( bom….sabemos mas fingimos que não ), da maior ladroagem do universo que é a Banca e companhias de seguros….
A “beleza” de Mário Soares era que conseguia que essa ladroagem pensasse que ele lhes fazia a vontade e quem saia a ganhar era sempre ele e o PS. Essa raça de políticos, espertos, inteligentes e alguns até honestos a nível mundial, já não estão no poder há uns anos. Nem cá, em que o reino da ladroagem começou com o marginal da Covilhã. Foi o saque total e a todos os níveis. E o que ainda se vai descobrir…Nem a ponta o Iceberg está á vista.
Do que se sabe será como máximo uma pedra de gelo………..
Concordo que deve sim ser tratado como um político em vias de extinção!
Soares era e é, bem à maneira dele, fixe!
O que não é nada fixe é o que não se entende do novo Governo.
Não pode ser assim.
Simplesmente não pode ir por onde vai.
Simplesmente vai-se suicidar.
O que se passa por exemplo com os seiscentos milhões de dívida de Américo Amorim ao povo Português, leia-se BPN?
"Ca ganda estrondo" vai ser a queda deste Governo.
Passos não é ditador como o marginal. Nunca vai conseguir calar o Partido como o outro calou o PS durante quase uma década...

Hugo Correia disse...

A baixa popularidade de Obama...

http://www.destakes.com/redir/615c9eb9786a6073af6b4c4f527ebd0a

Obama, Merkel, Sarkozy, Cameron, Zapatero que se vai embora, Berlusconi, Barroso, Dilma que já teve melhores dias, etc, etc,etc.

Quem escapa a esta descrença tão grande? E como dar a volta a isto?

Nuno disse...

enfim....

o cusco....... disse...

Nada fixe...a graça que acabou por se transformou em má-criação e insulto ao povo Português.
Uma vez ainda se pode ( não se devia, mas enfim ) deixar passar a ironia do Líder do PSD Madeira, mas hoje outra vez cheira a arrogância e má-educação.
O Dr. Alberto João Jardim, pessoa por quem tinha uma admiração muito grande que vai sendo cada vez mais pequena, voltou a dizer que não sabe quem é o Dr. Paulo Portas.
Ora sendo Ministro dos Negócios Estrangeiros do Estado Português e o número dois da Coligação soberana a todos nós, incluindo o Dr. Alberto João, acho que já passou de ironia a insulto e eu hoje senti-me insultado.
Tambêm me sentiria insultado se eu fosse do PSD Madeira e o
Dr. Portas dissesse à boca cheia na televisão que não sabia quem era o Dr. Alberto João Jardim.
Se o Dr. Alberto João quer ser respeitado e levado a sério, tem que respeitar de uma vez o Governo e o Estado Português que tanto lhe tem dado. Tem a Madeira num estado lastimoso. Não fez casa nenhuma aos que as perderam na última enxurrada. Andámos a mandar milhões de euros em colheitas até de supermercados para essa gente…Onde está esse dinheiro?
Tem a Madeira com uma dívida total que alguns dizem ser de 8 mil milhões de euros. Está a ponto de que nenhum Banco lhe dê mais crédito.Não tem justificação alguma de onde gastou esses milhões e ainda insulta o povo Português chamando-nos “Fariseus”, gentalha de Lisboa?!
Mas então que pessoa é essa que eu admirava tanto?
Outro embuste como foi Sócrates? Sem coração, sem ética, sem respeito pelos seus concidadãos?
Francamente….Já basta de tanto disparate que mais parece a voz duma arteriosclerose avançada.
Se assim é, então perigamos nós e a Madeira.
Não desejo que o PSD perca estas eleições, mas desejo que perca a maioria para obrigar o Dr. Alberto João a se “lembrar” de quem é o Dr. Portas quando tiver que lhe pedir de joelhos apoio no Parlamento Regional!!!
Alberto não é fixe!!!

miguel vaz serra....... disse...

Dr. Santana Lopes
Dia trás dia se levantam mais vozes contra a política fiscal do Ministro das Finanças.
Rui Rio, Ferreira Leite, Marques Mendes, Rebelo de Sousa…Já não falo da oposição porque tirando o PS que devia estar calado sendo o único responsável pelo descalabro actual, os outros partidos deviam ser ilegalizados ao apoiarem ideologias ditatoriais que deixaram milhões de mortos na história da humanidade.
Lembro-me de alguêm muito chegado a Sá Carneiro e por quem tenho uma amizade imensa, me ter dito que o então PM dizia que nunca se devia contrariar o Ministro das Finanças principalmente nas reuniões de Ministros. Bom, na altura vivíamos tempos de verdade e de gente de bem. Hoje devemos desconfiar da nossa sombra.
Creio ser tempo e depois de 100 dias de estado de graça terminado já, que o PM Dr. Pedro Passos Coelho venha à RTP ( já agora utilize o que a nós nos sai tão caro ) explicar que anda a fazer e porque não fez quase nada do que disse que faria, ou não faria e fez!!!
Nota negativa ao Ministro das Finanças na entrevista das nove hoje na SIC. Primeiro e claro, por ter sido na SIC ( afinal as audiências dão dinheiro com a publicidade e é a RTP que deve ser ajudada para nos aliviar os bolsos já vazios!!! ) e depois por não ter esclarecido como devido, tudo.
Estou descontente com este Governo. Merecemos pelo menos uma explicação detalhada do que realmente estão a pensar fazer….Creio eu.

Alturense disse...

Quem eu acho verdadeiramente fixe é o ministro da Segurança Social!

E o senhor dr. Santana Lopes, não acha?

Carlos Fonseca

Mar disse...

A ideia persistente deve ser a de acreditar. Em pessoas. Em ideias. Ou nas palavras. Não sei bem. Mas creio que há uma falta enorme disso. De acreditar. Por parecer que é sempre tudo demasiado avassalador. Que é sempre tudo mais forte do que nós. A determinar-nos.
Por isso, a ideia de ver braços de direita a aclamar um braço antigo de esquerda é evidência de que no fundo, o que importa mesmo, o que remanesce é que se quer acreditar. Sem que importem muito os códigos. Ou as cores. Ou os lados onde estão os braços. E isso é bom, numa altura em que é difícil isso de nos situarmos.

Mar Queirós Araújo

maria lisboa....... disse...

Devo confessar que hoje fiquei deprimida.
O Presidente do Irão a dizer que “o povo deve decidir o que quer em democracia” referindo-se, lógico, à Líbia, pois no País dele as eleições são uma fraude e a mesma o meteu no poder.
O Euro a subir em relação ao Dólar….Inflacionado, sem valer nem 1/4 do que Trichet diz, caríssimo. Em vez de baixo para ajudar as economias Europeias que necessitam exportar mais e mais.
Um euro forte só é bom para um País. Alemanha.
Entendem agora os espertos de que fizemos pessimamente entrar no Euro? E que agora mesmo que quisermos, não podemos sair?
Paulo Portas na Líbia a falar Inglês…Deprimi.
Tem-se esquecido muito de tudo o que disse durante 6 longos anos em relação à Justiça, Agricultura, Educação......
Afinal é o número dois da coligação, tem “poder”, tudo aquilo que ele odeia.
Por falar em Justiça? Alguêm ouviu ou viu a nova Ministra? É que já lá vão 100 dias e a rainha de Inglaterra, a do “r” minúsculo continua no trono de cartão, os assaltos a mão armada somem e seguem e agora até os Padres são agredidos e roubados em casa, os Polícias continuam a prender marginais e os Juízes continuam a pô-los na rua em 24h, Gangs de estrangeiros ilegais continuam a viver à grande em Portugal, as pessoas têm medo de sair à rua, os processos de anos e anos continuam sem ser resolvidos por uma comissão de Juízes que acelerem os mesmos e acabe com esta saga nojenta que é a nossa burocracia Weberiana medieva e nefasta que afasta todo e qualquer empresário com dois dedos de testa e que não faça parte do lobby do bloco central, PSD/PS ( só esses comem ), enfim, 100 dias e NADA nesse Ministério.
O tal Silva Carvalho a dizer que só fala a porta fechada ( essa tem graça ) e a queixar-se que a vida dele foi devassada ( essa é para asfixiar de rir...A lata ) e para terminar e deprimir de vez é ver Morais Sarmento a defender esse personagem cinzento escuro.
Este mundo anda mal…..muito mal….

Anónimo disse...

Mais uma do "fixe":

http://economico.sapo.pt/noticias/ministro-das-financas-e-um-politico-ocasional_126162.html

O ministro das finanças é confuso ele é que "claro como a água"...

Há alguns anos a senhora não passava de uma dona de casa...

E mais não digo... são tantas... como se sabe.

Devo ser eu o destituido...
Nunca fui à universidade... de verão

Mª Teresa S. Valle disse...

Ana Tsep e restantes comentadores: a sabedoria anda de mãos dadas com a inteligência (algo que me parece faltar-vos).
O seu comentário, espelha a opinão de milhares de pessoas que, do alto da sua pequenez, nunca hão-de mudar apenas porque nunca estarão à altura das mudanças da vida e mundo.
Estou certa que, se fosse vivo, também hoje Sá Carneiro estaria orgulhoso de ouvir os "seus", gritarem: "Soares é fixe". Mas isto, obviamente, é coisa que mentes como as vossas nunca terão capacidade de entender. E, já agora, e apesar de ser CDS: não é por culpa de Soares que estamos como estamos. Ou, pelo menos, não somente por sua culpa. Mas isso, claro, todos nós sabemos.

mil disse...

Como alguns dos comentaristas fazem comentários off record, vou hoje também fazer um, embora um pouco fora de tempo.

1º dar-lhe os parabéns pela sua nomeação para a SCML.
Como o companheiro não é do mundo da assistencialista, mas comunga dos valores cristãos de: «dar de comer a quem tem fome e de beber a quem tem sede», poderá, neste tempo de crise, fazer um melhor trabalho, do que continuar a fomentar os mendigos profissionais, que em Lisboa e no Antigo Regime eram 60% dos habitantes.

2º O companheiro "nem sabe", embora pense que se apercebeu, da situação calamitosa do PSD em Lisboa. O seu adversário, o Sr. Costa, já anda a fazer propaganda pelos autarcas do PSD de quem 'gosta' e envergonha, em público, os que a sua facção in PSD, não gosta. A minha opinião: nenhum presta -dos nomeados.

Depois de ver a distrital (2001) a fazer listas de freguesias = derrotas eleitorais (em 2005), já só faltava que as listas do PSD fossem feitas por uma facção do PS...

Desculpe a expressão, mas o companheiro vai meter-se numa carga de trabalhos -com o anúncio da sua pré-candidatura e não tem militantes, que o apoiem -'morreram' todos!
Aliás da eleita e MIA* CPC, duvido que 2 ou 3 tivessem votado em si (2009), os outros são todos Costa.

*missing in action

Anónimo disse...

Imaginar Sá Carneiro vivo e orgulhoso do "fixe" Soares é obra.
(A imaginação é mais importante que a inteligência - Albert)

Eu cá no meu cantinho do interior só consigo imaginar que o post podia ter como titulo (que)"Vida fixe" (que teve) e já me dou por satisfeito.

Anónimo disse...

Caro anónimo, o que Albert disse, foi: "A imaginação é mais importante que o conhecimento" (o que é completamente diferente de inteligência).
Estou certo que Francisco Sá Carneiro teria gostado de ouvir "Soares é fixe". E, se me permite, imaginá-lo é deveras divertido e absolutamente reconfortante. Quem não o consegue admitir ou sequer imaginar, tem horizontes bem mais limitados que os meus. O que, evidentemente, nada terá a ver com inteligência ou falta dela; nem falta de conhecimento.

Anónimo disse...

Bem… eu citei de cor o aforismo e parece haver uma confusão entre “inteligentes” que usam e modificam aquilo que já se sabe para poder resolver novos problemas e "conhecedores" que apenas sabem resolver aquilo que é mostrado e da forma que é mostrada.

De qualquer modo ao imaginar Sá Carneiro a gostar de ouvir “aquilo”, para mim seria um pesadelo. Como não gostei que PSL tenha gostado e admito que os jovens tenham dito “aquilo”, por falta de "conhecimento".

Haverá uma enorme “limitação horizontal” da minha parte mas… é assim…

Anónimo disse...

O último "anónimo" picou-se.