quinta-feira, 10 de março de 2011

Firmeza

O discurso do Presidente foi duro e frontal. Se não tivesse sido estaria a ser criticado por ignorar a situação. Por isso, não considero aceitáveis as críticas dos que acusam Cavaco Silva de contibuir para a instabilidade.

Reconheço que tudo soaria melhor se Cavaco Silva assumisse, no seu discurso, que é Presidente há 5 anos e que deixou formar este Governo minoritário. Mas não podemos estar a olhar para trás. Cavaco foi firme. Falo sobre o tema no artigo, de amanhã, no Sol. Bem como sobre as diferentes posições face à evolução do nosso sistema político.

A moção de censura de hoje vai t, de certeza, um debate com tom muito áspero.

17 comentários:

Manuel Silva disse...

FOI UM GRITO... O "PAÍS ESTA A ARDER"

O discurso apanhou a todos de surpresa. A todos mesmo. Esta firmeza, clareza e frontalidade é o que se espera de Cavaco Silva mas ninguém esperava já, já no primeiro dia, no discurso da tomada de posse.

Cavaco Silva não deixou para o dia seguinte o que é URGENTÍSSIMO fazer já hoje. Agiu em estado de emergência. Pena que os lideres partidários do CDS e do PSD não correspondam com o mesmo sentido de responsabilidade perante um "Portugal a arder".

Perante este "grito", surpreendente, os líderes partidários do CDS e do PSD, deviam ter reunido de imediato os seus Estados Maiores e rever a atitude responsável a tomar na Moção de Censura desta tarde.

Apesar de todas as sombras e nuances em que esta moção nasceu, perante a urgência da situação, perante um "Portugal a arder",os deputados da Assembleia da Republica deviam devolver a palavra ao Povo e abrir caminho a um novo governo. É UMA EVIDÊNCIA.

Anónimo disse...

o país está nesta situação a conta de politicos como tu que gastaram dinheiros publicos sem restrições o audi, na figueira nem tem conta quanda foste primeiro ministro felizmente por pouco tempo para bem dos portugueses.

maria lisboa....... disse...

Tem toda a razão no que escreve, mas tenho a certeza de que sabe que muito mais ficou por dizer aparte do que menciona…
Cavaco devia ter feito este discurso um ano depois de ter chegado a PR, não agora.
Os políticos que não conseguem separar as “necessidades” pessoais da “obrigação” de servir o povo que os votou, terão sempre a minha mais severa crítica. Este é o caso.
Concordo que tinha que ser firme.
Veio 5 anos atrasado e se fizermos contas, nestes 5 anos o País endividou-se num sem fim de “miles” de milhões de euros em negociatas de “vendedores de automóveis” e ferro-velho….
Mas mais pavoroso que Cavaco Silva ser um PR bastante débil, é o facto de o PSD e o CDS não votarem a Moção de Censura daquele partido moribundo.
Podiam acabar de uma vez por todas com esta agonia horrível deste povo tão cansado e mais uma vez a hipocrisia e os interesses pessoais, falam mais alto.
Paulo Portas perdeu já o meu voto e Passos Coelho a minha consideração ( desde que mudou a personalidade e mentiu ao povo no caso do OE ).
Estamos entregues ao pior dos governantes mundiais com uma não melhor oposição. Essa é a verdade, tão dura e tão assustadora.
Só os anormais não vêem que Portugal está numa gravíssima situação ,pior que em de 1933.
Eu tenho medo!!!

Anónimo disse...

Não te faças de parvo.O cavaco fez um discurso populistas sem nenhuma consequencia para ninguem.Ele é mais esperto do que parece,talvez esteja a tentar que as sondagens subam mais para o PSD,se houver eleições não sei se conseguem ganhar.O Pedro tambem não engana ninguem,vê-se bem quem ele é...
Candidata-te a P.M. pode ser que depois de explicares bem porquê que "foste para a rua" consigas uma maioria.

Ricardo disse...

Venho congratulá-lo caso sempre vá em frente em fundar um novo partido. O sr. Doutor é dos poucos políticos portugueses que realmente têm a minha confiança. Desejo-lhe a melhor sorte.

o cusco....... disse...

Não vejo Firmeza, vejo tudo cinzento, antracite.
Hoje perdi um tempo precioso a ver grande parte dos discursos na AR sobre aquela fantochada da moção do Bloco. Fantochada porque o Bloco nunca quis que passasse e porque por outro lado os partidos da oposição ficaram hoje ao mesmo nível do PS e seu repugnante líder ao não a terem votado. Nunca mais têm moral para falar mal do Governo quando lhe deram hoje uma enorme e clara moção de confiança!!!
Hoje o Portugal político perdeu a credibilidade aos olhos de qualquer cidadão lúcido. Eu nunca mais votarei em nenhum partido existente.
Têm líderes completamente alucinados com o poder , o interesse pessoal e partidário a anos luz dos interesses de serviço público e das verdadeiras necessidades do País. Portas parece um robot frenético a escrever todos os dias coisas novas que ninguém recorda dentro de 2 dias. Eu fico com tonturas cada vez que entro no perfil dele no FB.
Passos Coelho, enfim…Já fez tantas que nem vale a pena comentar…Bloco acabou. Suicidou-se ao apoiar aquele "líderzito" que está velho e com a mesma cassete qual Cunhal que Deus tem.( será? duvido )
Jerónimo….Que se pode dizer dum Partido que devia ter sido ilegalizado há 36 anos?
A AR parece feita de gente que vive num País distinto do que se vive nas ruas, nas escolas, nos supermercados, universidades, Hospitais, nos lares aflitos….
Envergonham qualquer pessoa de bem. São a vergonha duma democracia verdadeira. São a vergonha da classe política europeia. São vergonhosos e provocam vergonha alheia.
Do PR não se sabe já bem o que quer, diz ou vai fazer, à parte de que é em Belêm que se sente bem. Pensa que manda, tem empregados para fazer tudo, mordomias e influência. Tudo aquilo que Cavaco sempre quis e sonhou…
Ai se vivêssemos na época da revolução francesa…Nem o Pátio das Damas ( um passarinho disse-me que ontem estiveram lá algumas candidatas a ) os livrava da guilhotina.
Portugal está doente…da cabeça!!!

o cusco....... disse...

E depois de ver como o Japão sofreu com o maior terramoto jamais visto na área seguido de um tenebroso tsunami e pensar como aquele povo está a sofrer neste momento, vejo as nossas calmas
águas infestadas de piratas corruptos e “capangas”.
É a firmeza da mentira!
Há poucos meses atrás, um Senhor de peso dentro do Partido Socialista classificou Sócrates melhor que jamais algum líder da oposição ( qual oposição? Não vejo nenhuma.. )
“Henrique Neto recorda que da primeira vez que viu Sócrates discursar pensou: «Este gajo não percebe nada disto». «Mas ele falava com aquela propriedade com que ainda hoje fala sobre aquilo que não sabe», adianta e recorda-se de pensar a seguir: «Este gajo é um aldrabão. É um vendedor de automóveis».
«Sempre achei que o PS entregue a um tipo como Sócrates só podia dar asneira», adiantou. O histórico socialista diz que o primeiro-ministro «tem três qualidades, ou defeitos: autoridade, poder, ignorância. E fala mentira».” In http://www.tvi24.iol.pt/politica/socrates-ps-henrique-neto-primeiro-ministro-tvi24-ultimas-noticias/1205828-4072.html
E continua,” Henrique Neto descreve a forma como decorreu a última comissão política do PS, no dia em Sócrates apresentou as medidas de austeridade. Conta que o secretário-geral do PS convocou a reunião de última hora, «para ninguém ir preparado», e organizou os trabalhos para que «o grupo dos seus fiéis fizesse intervenções umas a seguir às outras». «A ideia dele era que o partido apoiasse as medidas», afirma.
«Aquilo é uma máfia que ganhou experiência na maçonaria», acusa. «Sócrates entrou por essa via, e os outros todos. Até o Procurador-geral da República», garante. «Usa técnicas de maçonaria para controlar a verdade».
«Não tenho nada contra José Sócrates. Se ele se limitasse a ser um vendedor de automóveis. Mas ele é primeiro-ministro e está a dar cabo do meu país. Não é o único, mas é o mais importante de todos», considera Henrique Neto.”, disse para terminar Henrique Neto.
“Aldrabão”,”máfia”,”até o PGR usa técnicas de maçonaria para controlar a verdade”,”um tipo como Sócrates só podia dar asneira”,”e fala mentira”,”está a dar cabo do meu País”….
(continua)

o cusco..... disse...

(continuação)
Tudo palavras que definem o PM e “sus muchachos” e que a hipocrisia pública e política cala escandalosamente.
Toda a gente se lembrará de tudo isto, ou não, mas ninguém fala, ninguém lhe faz frente, ninguém se atreve a mexer neste, como diz e bem Henrique Neto,”tipo”, “gajo”, que nem sabe falar.
Tal é a corrupção institucionalizada neste País de caciques e compadres corruptos que do PCP ao CDS ninguém fala alto e sério.
Todos se calam, não vá a coisa virar-se para eles…
Sabiam que por exemplo, o Partido Político com maior património de prédios, casas, armazéns etc..é o Partido Comunista?
O tal do capitalismo de estado que vomita veneno contra os patrões, contra o privado?
Pois eles são os maiores patrões dentro do leque político português.
Já para não falar no património do outro moralista de extrema-esquerda, o líder do Bloco.
Outros compraram no norte de África em nome de amigos, outros até compraram em nome de amigos e depois “alugaram” aos mesmos.
Vale tudo. É escandaloso.
Hoje e mais uma vez o Partido que expulsou há dias um grupo de jovens do seu jantar com o PM por querem manifestar o seu descontentamento de uma forma calma e civilizada, disse que Sócrates vai roubar ainda mais reformas, todas a cima de 1500 euros no desespero de mostrar números à patroa Merkel. No entanto subiram os salários dos chamados “gestores públicos” que não passam realmente num bando de incompetentes que o único CV é ser amigo do PM ou de alguém amigo dele e a Banca continua a engordar escandalosamente sem pagar impostos como deviam e ainda ameaçam: “Se nos subirem mais os impostos quem vai pagar são os nossos clientes”!!!
Pior mas esperado, o PSD congratula-se pelas novas medidas e até se esquece que as mesmas vão de encontra ao acordado depois de Passos Coelho nos ter mentido, segundo ele em nome do País e aprovar o que disse nunca aprovável.
É esta a “classe” que nos governa. Tudo “gente bem”, cheios de personalidade, verdade e vontade de ajudar o povo…….
Até quando????????
Estamos para ver essa firmeza de Cavaco....e a manifestação tão esperada de amanhã......

Anónimo disse...

Este é o novo discurso da "má moeda". Lembra-se?

Espanta-me que apoie um sonso que usou de tanta falta de solidariedade para consigo (ou terá sido deslealdade?).

A menos que o seu apoio seja táctico...

Carlos Fonseca

maria lisboa....... disse...

E cá vai disto que hoje estou que não posso!
Esse mulherio que tenta chegar a si e não consegue, ou já o teve e perdeu-o, tem cá uma língua!!??!!
Eu sei bem que o Senhor é um verdadeiro democrata e publica todos estes insultos, mas sabe? Não devia dar voz a gajada mal resolvida e mal....pois..isso mesmo.
Figueira da Foz hein? Pois é. Uma cidade que lhe cai nos braços quando lá vai e lhe pediu para voltar!!! Acabou com a desgraça do roubo das areias da praia que deixaram o mar avançar tansíssimo. Transformou uma cidadezinha de província numa Cidade, deu voz ao Município como nenhum outro, recuperou Palácios, criou espaços culturais, jardins, zonas verdes, salvou o velho e lindo Mercado das mãos dos patos bravos socialistas que o queriam deitar abaixo para fazer um mamarracho etc. etc. etc. etc. e a Figueira ficou na moda.
Gastou dinheiro? Ai pois gastou!!!
Muito?
SIM MUITO!!! E GRAÇAS A DEUS!!!!
Só os Santos fazem milagres e que eu saiba Santana é de nome e como é homem não podia ser Ana nem Santa.
Ao anónimo que o trata por tu, pois parece ter comido na sua mão, talvez no passado, pergunto-lhe onde já viu fazer obra sem gastar dinheiro!!!
Acha que a Ponte Salazar se fez de graça? E a Vasco da Gama? E não é "quanda foste", é quando!!!E se foi tão pouco tempo PM como sabe vossa senhoria que foi bom ou mau? Não deu tempo...
Olhe, depois veio "isto"...Pior que isto seria impossível!!!!ah! Beber sempre bom tinto mas com moderação...Escreve-se sempre mais direito!!!
Já agora e só falta dizer que a culpa da crise é do Santana ahahahaha..Isto é demais....Santa paciência...Apre!
Ao outro anónimo, que não é o mesmo e muito mais mulherio, o 1º é "homme", quero dizer que um Prozaczito e uns comprimidos para os "nerves" às vezes ajuda, se não der, aconselho um homem.
Dá sempre bom resultado!
Fala a voz da experiência, claro!
(peço desculpa pela linguagem mas esta ela entende bem!!!)
E está errada. Cavaco não tem nada de esperteza nem saloia e é bem quadrado, de inteligência plana.
Ele não o sabe mas a Maria sim!
Amigo Carlos Fonseca, não vejo apoio algum a Cavaco neste post...
Vejo apoio à firmeza da palavra! Dum Português...Agora se esse mesmo é bom cidadão ou não, não está explicado.
Eu também adorei ouvir, no entanto não acho que ele tenha razão alguma de ter dito aquilo pois é mais que culpado de termos chegado até aqui e o discurso está atrasado 5 anos!!!
Isto tudo arde e bem Manuel Silva, tem montes de razão, mas a culpa é dele também....5 anos de atraso amigo...
5 lonnnnnnnnnnnnngos anos!!!

Anónimo disse...

das duas uma ou a maria lisboa já levou com o martelo pneumático ou tambem comes do mesmo tacho

Dina disse...

Á Maria Lisboa ... tiro o meu chapéu .
Permita-me fazer minhas as suas palavras do seu o primeiro post. Excelente.Parabéns !

Mendonça Ramos disse...

Quando os partidos todos juntos já não representam metade da população votante, exige-se a reforma do sistema.
Embora possa parecer prematuro, vem aí uma sucessão de acontecimentos que poderão premiar aqueles se adiantarem na oferta de uma alternativa. Se Cavaco optar por um governo de iniciativa parlamentar, na falta de soluções a curto prazo, está aberta a porta para cimentar uma representação partidária de base local. Partidos de elite e tipo "catch all" não apanham nada e não funcionam num país de desinteressados...

maria lisboa....... disse...

Estimadíssimo anónimo
Deve estar a confundir-me com alguma senhora da sua família pois ,primeiro não lhe dei confiança para me tratar por tu e portanto para si sou Senhora D. Maria Lisboa e segundo nunca peguei num martelo nem para pendurar os meus óleos, sempre tive quem o faça por mim.
Nunca comi como vossa excelência sabe fazer ou não o teria mencionado. A comida vem sempre em terrina ou travessa e posta a meu lado para eu me servir.
Tachos são aquelas coisas que vejo ao longe num sítio que entro muito pouco, a cozinha.
Tenho pena que assim não seja consigo, mas a vida é assim.
Uns nascem labregos e chegam a PM. Temos lá um caso neste momento. Outros escrevem anonimamente nos blogues de gente democrata que publica até os insultos.
Depois "há" o nós.
É a vida....
Uns temos uma, outros não a suportam.
A combinação de Wilhelm Wundt com Sigmund Freud, se tiver alguém que lhe leia e explique bem o quer dizer, talvez ajude.
Sempre disposta a ajudar!

Anónimo disse...

Maria Lisboa claro que a culpa do país estar assim não é do Pedro Santana Lopes a culpa é dos muitos que existem iguais ou piores do que ele ou a culpa é so do PS? são de todos que lá passaram não é assim tão complicado de ver isso pois não.

silva disse...

Não sou nem nunca fui Cavaquista, muitas vezes e em discussões muito acesas teci críticas. Uma delas com Maria João Avilez, quando defendeu CS a propósito da boa e da má moeda.
Por este motivo, sinto me livre para dizer que este discurso de Cavaco Silva, foi corajoso e premonitório, talvez até seja fácil dizê-lo agora, mas questiono se será que alguém percebeu o que disse? Pacheco Pereira não percebeu, Marcelo Rebelo de Sousa menos ainda!
Cavaco Silva não foi a boleia da Manifestação da Geração À Rasca, Cavaco Silva, queria que os vários movimentos de jovens que não são de esquerda, grupos e movimentos católicos e outros, que não aceitassem serem representados por esta gente que organizou o movimento, são estes que serão de facto o futuro do país e não meia dúzia de fantasistas e românticos, (que apoiou a "musica", que mais parece uma palhaçada que vai a eurovisão).
Cavaco Silva estava mais à frente, como é possível que toda uma geração se permita deixar-se representar por “aqueles jovens” que estavam na manifestação? Infelizmente não houve quem soubesse traduzir o seu discurso de Cavaco e este não o podia fazer.
Quantos deste que estiveram presentes na manifestação se sacrificam um fim de semana para votar?
E quantos jovens que não são de esquerda, que estão saturados desta bandalheira, são capazes de sacrificarem o seu bem estar e terem uma voz activa participarem na vida cívica, exigirem responsabilização para serem respeitados?
Falta a todos um elevado Sentido do Dever, falta a todos a Noção de Pátria destruída por sucessivas e cirúrgicas reformas de ensino. Esta noção de Pátria, não deve ser folclore ou nostálgica (como Catarina Portas o faz). Como também, não será verdade que a questão se põe como disse Tony Blair "it's not between right and left, but between right and wrong". Hoje é necessário restabelecer valores Humanistas, apoiado nos valores religiosos com que todos assim fomos educados, e sem exigências mas com elevado sentido de Dever e de Responsabilidade para construir uma nova sociedade, onde as reformas do ensino da justiça e a nova constituição sejam uma realidade, e não bandeiras oportunistas de políticos sem escrúpulos.

maria lisboa....... disse...

A culpa nunca é dos Partidos. É de quem os lidera.
O que é certo é que desde 1974 o País só tem gasto dinheiro, vendido ouro do Banco de Portugal que Salazar comprou, a economia decresce, a dívida pública aumenta assustadoramente e nos últimos 20 anos, o PS esteve lá 16 anos, repito, 16 anos, com um pequeno intervalo do PSD.
Desse intervalo, Pedro Santana Lopes esteve lá 6 meses até ser afastado de forma mais parecida com um Golpe de Estado que outra coisa.
Ora não entendo como se pode dizer que ele é igual aos outros ou isto e aquilo quando nem eu tive tempo para ver.
Ninguêm teve.
Nunca teve oportunidade real de fazer nada que marcasse e quando tentou fazer algo , como "mexer" na Banca para fazê-los pagar mais impostos...aí vai disto.
Não defendo, constato.
Até pode ser mau, mas pelo que fez na Figueira e Lisboa, não me pareceu tão mau como diz,senhor/a anónimo.
Li e vi bem as contas de ambas as Câmaras e fiquei bem elucidada de que não é nada como os Socialistas disseram e depois de ver como Sócrates muda e distorce tudo e todos não me estranha que quisessem fazer o mesmo às Presidências das Câmaras onde PSL esteve como Presidente.
Penso que já chega de dizer mal por dizer e é bom ler bem e ver tudo para poder julgar.
Foi o que fiz.
Nem sou do PSD nem sequer simpatizo com aquela gente por isso nunca votei Santana Lopes para a AR.
Mas não me impede de ser realista. Só isso.