quarta-feira, 16 de junho de 2010

Elucidativo

A propósito do número de remates, no jogo de ontem, confiram:
http://pt.uefa.com/worldcup/statistics/round=15220/teams/index.html

Já agora, quanto a uma questão posta por Catarina, devo dizer o seguinte:
1- O horário de trabalho dos Deputados não tem nada a ver com o regime geral. Sem "blagues", têm uma margem de manobra muito diferente para a marcação das reuniões, principalmente, das Comissões;
2- Penso que não fez sentido, acima de tudo, por se tratar do Secretário de Estado do Desporto. Penso que se tratou de uma desconsideração a vários níveis, nomeadamente, pela SEWlecção e, também, pelo Membro do Governo;
3- esclareço que não exerço as funções de Deputado.

5 comentários:

Camilo disse...

V. Exa. também é um dos grandes culpados de estarmos a "levar" com o Queiroz.
Como SPORTINGUISTA, jamais lhe perdoarei o tê-lo contratado... quando ele saiu.
Aliás, como (muitas) outras coisas em relação ao MEU CLUBE.

PedroSantanaLopes disse...

Só podia ser. Disso, e do subprime...
O que pretende dizer com "tê -lo contratado quando ele saíu2?

OCTÁVIO DOS SANTOS disse...

O que o «Camilo», quase de certeza, quer dizer é que foi o senhor a contratar Carlos Queiroz para o Sporting quando ele saiu do cargo de seleccionador nacional da primeira vez - na sequência do não apuramento de Portugal para o Mundial nos EUA, em 1994, e da «porcaria que era preciso limpar na federação».

Mas o «Camilo» está, claro, equivocado: quem contratou Queiroz foi Sousa Cintra - que, para isso, despediu antes Bobby Robson. Com os resultados que se sabem...

Camilo disse...

Meus Amigos, vou esclarecer melhor:
Claro que foi Sousa quem contratou Queiroz.
Todavia... já com o Dr. Santana Lopes a Presidente, ele "renunciou" e (se a memória não me falha)... foi o Dr. quem "foi-atrás-dele" para ele regressar.
Aliás, julgo que ainda hoje, o Dr. estará arrependido do acto.
Foi assim, ou estou equivocado?

OCTÁVIO DOS SANTOS disse...

Sim, Camilo, a sua memória está a falhar-lhe e continua equivocado. Não só Pedro Santana Lopes não «foi atrás» de Carlos Queiroz como não ficou «arrependido»... muito pelo contrário!