domingo, 24 de janeiro de 2010

Reflexão

Tanta vez que ouvi falar do cronista social Carlos Castro em tom crítico e, afinal, há tantos que gostavam de ser como ele!... Ele, com qualidades e defeitos, como todos os humanos, sempre assumiu aquilo que é o seu trabalho.É uma pessoa educada, correcta no trato e com as suas regras e os seus limites. Agora, o que se passa hoje em dia, é próprio de gente sem nível que escreve não com base em informações confirmadas, mas com base em rumores. São capazes de escrever seja o que for sobre as vidas das pessoas, mesmo sem fundamentos, ofendendo e magoando Mulheres, Homens e Crianças que não fizeram mal a ninguém. São capazes de falar sobre os lados mais importante da vida de cada um com base em suposições,dando palpites sobre anos ou décadas sem quererem saber quem atingem.É gente reles que não sabe pôr - se no lugar dos outros.Entre venderem mais uns exemplares ou o respeito que devem às pessoas, optam pelo dinheiro. Têm de prestar contas aos cobardes dos patrões que querem vendas, querem as contas bancáarias a engordar, enquanto as suas publicações fazem mal a outros que não lhes fizeram mal nenhum.
É assim que vai Portugal.Com muito poder dado a gente muito rasca. Muito rasca, mesmo.Quando se acabará com isto?
Por mim, já apresentei até, na Legislatura anterior, um projecto de Lei sobre a protecção da vida privada, principalmente, de quem não exerce qualquer tipo de funções públicas ou com impacto público. Na altura, ainda foi ponderado, mas já não foi a tempo de apanhar a reforma dos Códigos de Direito Penal e Processual Penal. Não acham que já é altura de pôr esta gente na ordem?
Não falo , não escrevo, por minha causa. Faço - o pelos outros, por quem não tem que ser incomodado por caua de notícias relativas a outras pessoas.
Quem tem coragem para acabar com isto? É que, actualmente, quem dispute o poder a certas pesoas, quem os critique, quem os ponha em causa, é caluniado, é perseguido, pode ficar com a vida muito prejudicada por instâncias várias, em alturas sempre cirurgicamente escolhidas. Mas vai mudar.

6 comentários:

Anónimo disse...

Email enviado para a caixa "directaspsd@gmail.com" (duvido que o leiam, por isso lhe peço para o deixar aqui)

Caros Sociais Democratas que não querem O congresso com desculpas esfarrapadas:

Qualquer pessoa percebe o que se está a passar:
O famoso “aparelho”, através de manobras de bastidores, quer evitar o Congresso a todo o custo. Incluindo a destruição do que resta da credibilidade do PSD (que já está bem por baixo!)
Quem vai votar no PSD depois deste triste espectáculo?
É um verdadeiro TIRO NO PÉ! Este sim, um suicídio colectivo!
Não é por serem eloquentes a falar (contra o congresso) que têm razão.
Querem esvaziar de sentido o congresso com a realização de Directas já!

Agora fiquem sabendo do seguinte:
O Povo Português quer saber que o próximo Líder do PSD foi eleito com toda lisura! Não usou de manobras para lá chegar! Porque é disso que se trata: MANOBRAS! (para não dizer outra coisa!)
Os militantes do PSD querem saber em quem votar nas Directas (depois do congresso) para poder escolher COM SEGURANÇA o futuro Líder do PSD! E, por mim falo, não quero um Presidente “xico-esperto”!
Podem dizer que é só um militante a falar assim, mas desenganem-se: somos muitos!
O que lhes parece serem os mais de 3000 militantes que assinaram a convocação do congresso? Poucos?

Saudações Sociais Democratas
Alberto Krohn (Militante 4405)

PS: Por este caminho o Pedro Passos Coelho vai perder! Não quer o congresso!

Obrigado (assino como "anónimo", mas apenas para a mensagem poder entrar. o meu email é alberto.krohn@netcabo.pt)

Manuel Pereira da Silva disse...

Para nos animar um pouco!!!
Mario Vargas Llosa refere na edição de hoje do jornal “EL PAÍS” a propósito das eleições Presidenciais no Chile que deram a vitória ao candidato da direita, Sebastian Piñera, que num encontro que teve com este, três dias antes do acto eleitoral, lhe perguntou qual queria que fosse a sua melhor contribuição no governo se ganhasse as eleições. “Dar um impulso decisivo ao nosso plano de oito anos, para crescer a um prometido 6% anual, algo perfeitamente realizável. Se o conseguirmos, o PIB, que é agora de 14.000 dólares terá um aumento para 24.000. Alcançamos Portugal”, Chile deixará então o subdesenvolvimento e será o primeiro país da América Latina a integrar o primeiro mundo.

Tendo o nosso governo copiado o modelo Chileno de Avaliação de Professores, eis senão quando que passamos a ser o modelo a seguir.
Um abraço,
Pedro Nunes

Anónimo disse...

É tudo isto que precisa de levar uma volta.
A começar pelo poder político.
Mas com um outro PSD, que quando chegar ao poder não seja medricas e frágil, a exercer o poder como foi nas últimas oportunidades que teve. Vc sabe do que falo.
Depois queixa-se o povo, de que vc também faz parte.

Dina disse...

Caro Dr Pedro
Nesta altura , qualquer tentativa no sentido de cortar o direito de informação de toda ou qualquer imprensa , é perigosamente empolado com as palavras: «mordaça» «censura», «manobras das forças fascizantes emergentes », etc,etc.
Assim eu defenderia o oposto, ou seja, a existencia de um «Jornal» , do tipo semanário , vocacionado para o chamado direito de resposta. Esse semanário teria como missão principal, procurar receber e publicar com o devido tratamento jornalistico, as respostas de quem quizesse ou se sentisse maltrado, com a particularidade de transcrever na integra a noticia original e a sua origem.
Estou convicta que seria um jornal que talvez não durasse muito tempo , mas que certamente cumpriria a sua missão «educadora».

Anónimo disse...

Caro conpanheiro PSlopes venho aqui dar enfase ao que diz a Dina, era preciso com a maxima urgencia por vna rua um semanário que informe com verdade e sem peias do poder económico e tudo á volta no jogo dos interesses e por a nu a traficancia, pois eu sou um bom espelho da situação, sou um leitor do jornal Expresso deste 1973 pois na data foi uma lufada de ar puro, em termos politicos e não só, saudades que tenho para ler o quadradinho do OLHO VIVO na ultima paguina, hoje em dia só compro o expresso en caso especial como foi no caso da sua entrevista, por isso eu hoje me limito a ler na net as "gordas" pois o resto não me move a o interesse pois na maior parte dos casos é escrito por pessoas que não me merecem o minino respeito intelectual e seriedade.
Eu sei que o sr, tem conhecimentos e bases na materia para por o assunto a andar,,,pensse nisso.
Sóuma pequena nota: vi na tv o sr. Angelo correia a dider que o assunto agora era com os mais novos pois ele já tinha passado o tempo dele,,,,,,,,mas tinha passado quando?? agora ou há mais de 20 anos... e as tv`s adoram filmar estes dislates, como grandes noticias, isto mete nojo....
Mas não nos podemos distrair com estas lengas lengas, e vamios para o congresso de peito aberto e sem medos.
hsantos

Carlos André Martins disse...

Pedro boa noite!
A ignorancia é a mãe de toda a estúpidez.
Todos nós andamos nesta vida com um objectivo, aqueles que nem isso têem não lhes se pode exiger mais.
São fracos, fracos de espirito, fracos de convicções, fracos em tudo.
Eu aprendi a acreditar nas minhas forças, no meu cristo, no meu sol, na minha terra no meu Portugal.
Por fim deixo só este dizer:
Se tivesse dado ouvido a tudo o que de si já disseram, não teria lido nem metade do que acabou de lêr.
P.S. Grande discurso aquele quando ganhou as 1ªs eleições na Figueira da Foz! FAZ FALTA ESSE PEDRO! Sem os abutres ao lado. ÉSSA FÉ! PEDRO! É MÁGICA!