terça-feira, 26 de janeiro de 2010

A Madeira

Orçamento de Estado em debate e lá saltam juízos, de toda a espécie, sobre a Região Autónoma da Madeira.Quem conhece sabe o que lá tem sido feito. Obra, serviços,apoio aos mais carenciados, infraestruturas e equipamentos distribuídos com equilibrio por todo o território. Trabalho reconhecido por vários direigentes nacionais do PS. Em que outra Região de Portugal se nota tanto uma relação entre os recursos obtidos ou transferidos e o progresso alcançado?
Quem não conheça que faça tudo por conhecer. Vale mesmo a pena.

8 comentários:

Anónimo disse...

Este ódio ao Alberto João só tem paralelo no desdém de alguns por Pedro Santana Lopes. Coitados... Como se diz no Norte, olhem por eles próprios abaixo! E tenham vergonha.

A Madeira tem sorte em ter segurado o Alberto João por muitos e (muito) bons anos. O País como um todo, o território continental e Lisboa, em particular, têm muito a lamentar pelo desdém. Vejam-se ao espelho, pá! E chorem.

PC

Lamas disse...

É estranho (pelo menos para mim) que no mesmo dia que se "corta" 80 M à Madeira, se anuncia um empréstimo a Angola de 140 M.
Há qualquer coisa aqui que não bate certo.
Se calhar sou eu, sei lá....

Joaquim Alves (Sertã) disse...

Estou plenamente de acordo com o Dr. Santana Lopes. Já estive por duas vezes na Ilha da Madeira, e de facto há desenvolvimento e qualidade de vida, o dinheiro está bem empregue. Estive em 2006 e 2009, neste espaço de 3 anos constatei que se fez muito e á vontade de continuar a fazer. Nesta última passagem pela Madeira, em que fomos um grupo de amigos, entre os quais, 2 ou 3 socialistas, e, ficaram deslumbrados com o desenvolvimento da Madeira, e com as infraestruturas existentes. Hoje dizem, "...realmente o trabalho desenvolvido só mesmo com o Alberto João Jardim...", já vêem a Madeira e o Dr. João Jardim com outros olhos. Quem não acredita, vá ver com os seus próprios olhos, o desenvolvimento que há naquela região, ali há vontade, há querer, há boa fé em fazer, construir, melhorar, transformar,...

Luis Rainha disse...

Em Cuba, também foi feita muita coisa boa pelo povo. E vai daí, os atropelos à liberdade e a autocracia ficam desculpados?
Pois é.

Gui disse...

Alberto João, quer se queira ou não, tem uma grande obra feita na Madeira. E é um político frontal, sem hipocrisias, e que chama os bois pelos nomes. Gosto disso.

maria disse...

Para muitos o problema da Madeira não está no seu desenvolvimento, isso está à vista de todos que visitam a ilha...o grande problema é ter Alberto João Jardim que é do PSD e tem feito um trabalho magnífico...um homem que não tem papas na língua e diz o que tem a dizer, muitas vezes com razão e com graça, doa a quem doer...que não se verga, nem lambe botas a ninguém...


Visitei a ilha há 2 anos e gostei muito do que vi...corri a ilha de ponta a ponta, e ao contrário do que diziam muitos, não é só o Funchal que está desenvolvido.

Pena é não termos mais Albertos no país.

Bjs :)

óh Luis Rainha, desculpe mas o que tem a Madeira a ver com Cuba???

Lynce disse...

Efectivamente só fala mal do grande Alberto João quem não conhece a sua obra. Felizmente que na esquerdalha velha e caduca ainda existe alguém capaz de lhe reconhecer algum valor.
A obra está aí, e só não a vê quem não quer.
Quando ao "déficit democrático" de que tanto gostam de falar os admiradores de Fidel e de outros ditadores comunistas, era bom que se preocupassem mais com o que se passa por cá. Aqui sim, aqui existem muitos mais atentados à liberdade (e não me refiro só à imprensa, leia-se caso TVI), do que na Madeira.

Nuno Franco disse...

A madeira é o melhor exemplo português de turismo à séria e sim, de equilibrio infraestrutural por toda a ilha. E há também bons exemplos de agricultura biológica e outros...Mas a verdade é que a Madeira é muito pequena comparada com o continente e é uma "coisa" simples, sem grande especificidade. Epero que compreendam o que quero dizer e não se ofendam os madeirenses. Mas a gestão de uma ilha é muito diferente da gestão de um país de malta que anda na lua há muitos anos e liderada por lunáticos que querem é "favorecer"...
Mas algum dos comentadores por acaso sabe o que se passou com o caso da "marina" do LUGAR DE BAIXO?
Dinheiro mal aplicado...e um corte desnecessário de uma fatia turística de mercado que traria diversidade e Élan à Madeira e a Portugal, sem prejuízo do turismo clássico do que se faz actualmente lá...