sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Entregues

Entregues as assinaturas às 19,50hs.Sem alardes nem cerimoniais. Apesar da natural vontade da Imprensa em presenciar.E mais continuam a chegar!...
Primeira vez que acontece a convocatória de um Congresso Extraordinário a requerimento dos militantes, em mais de trinta e cinco anos de História do PPD/PSD.

13 comentários:

Anónimo disse...

Dr Santana,

Não nos abandone . . . Tem condições. Tem muito tempo para provar que é um bom presidente do PSD e um bom P.M.
Já jantei com vossa excelencia no decorrer da universidade de verao da JSD. e mais não digo, apenas:


A juventude espera por si, o PSD precisa de si, o país clama por si.

carlos disse...

Meu querido amigo e companheiro.
Bem haja pelo que fez!
Talvez que o que foi-quase doutrina-sobre o comportamento da moeda num mercado de competição vai ter que ser revisto.
Já agora e juro-lhe sem cinismo,é comovente ver a Drª Ferreira Leite acompanhar o Dr Frasquilo (Miguel) em assuntos sobre desenvolvimento económico e norma financeira nas reuniões com aqueles que renegaram tudo aquilo que o bom senso (económico) aconselhava.
O choque fiscal do Dr Frasquilo,não sendo anjo da minha devoção,preconizava melhor discernimento.
Depois do erro dir-se-á que o PSD é mesmo assim!Não é NÃO,porque eu não sou assim.
Um grande abraço e vou ver se o encontro no Congresso.
Cumprimentos
Carlos Monteiro de Sousa

Alexandre Damasceno Poço disse...

Caro Dr. Pedro Santana Lopes,
surge-me uma dúvida acerca deste processo, o Congresso Extraordinário será a porta fechada, certo?
E a quem cabe decidir este pormenor? O Conselho Nacional?

Cumprimentos

Bruno Ferreira Costa disse...

O Congresso será sem dúvida positivo para o nosso Partido.
Mas sendo sincero, a notícia que gostaria de ler aqui, no seu espaço, era a sua disponibilidade para avançar nas próximas directas.
Terá, como em ocasiões anteriores, o meu apoio e o meu voto. Não por teimosia relativa à personalidade em causa, mas depois de este mês ter lido "A Cidade É de Todos" fiquei com a certeza que Lisboa perdeu bastante com a escolha da maioria.
E, do meu ponto de vista, o partido perderá se nao avançar para a liderança.

Um abraço,

Anónimo disse...

Meu caro conpanheiro de sempre, cada vez tenho mais orgulho em dizer em todo o lado, e eu eu ando por todo o lado....que sou seu amigo e o apoio desde sempre,e sempre defendi os seus pontos de vista que colidem rigorosamente com os meus, no que ao PPD-PSD diz respeito.
E agora este "arrincanço" é que os deixou de rastos, pois eles tinham a secreta esperança que o Santana, desse com os burrinhos na água e não conseguisse as assinaturas suficientes, é com muito orgulho que a minha assinatura consta desse decumento, que vai ficar na história do PSD.

Agora é deixar falar esgravatar, tanto os de fora como mos de dentro que á muito o andam a boicotar, mas como tudo na vida, não á mal que sempre dure !!! e agora o que se quer é que o Pedro mantenha a cabeça fria e bata forte...e onde doi mais pois estamos fartos de paninhos quentes...meninos queques, encostados a dinosários, mas que estão fora do prazo de validade, o que conta agora é que o PSD e o PAÌS, presizão de si, forte e sem meias tintas.

Nunca se esqueça que não está só... podemos não estar em lisboa, e nem presisamos de estar, apenas se for presiso não faltam auto estradas para LX.

Um forte abraço h.santos

Anónimo disse...

Caro doutor
Li isto no blog pau para toda a obra

PEDRO SANTANA LOPES DIZ QUE "O PSD ESTÁ COMPLETAMENTE DESFEITO"

> La Palisse no seu melhor. Há muito tempo que todos sabemos que o PSD é uma manta de retalhos muito rota e muito desfeita, mas Santana Lopes peca por se ter enrolado a essa manta para se candidatar a presidente da Câmara de Lisboa e só agora confirmar o que era claro há muito tempo.
Pedro Santana Lopes concedeu a entrevista ao 'Expresso' não se sabe bem para quê. Para ser líder do PSD? Não, porque diz que o partido "está completamente desfeito" e jura que não será candidato, apesar de ser o promotor do congresso extraordinário.
Para lançar Paulo Rangel na liderança do partido? Talvez, porque diz que o "Paulo Rangel é o mais estimulante" e que "Passos Coelho ainda é uma carta por tirar".
Para agradecer a Cavaco Silva a condecoração? Talvez, porque diz que "Cavaco tem condições para ganhar. Recuperou fantasticamente com a mensagem de Ano Novo. Apoiarei a recandidatura".
Para dizer que ainda está vivo para um dia ser PR? Talvez, porque diz [para que ninguém se esqueça] ter afastado o sonho presidencial, sublinhando que "Não tenho percurso para ser PR"... (faz lembrar o diabético que sempre vai comendo bolos)

O mais positivo da entrevista: Pedro Santana Lopes demonstra que ficou a saber o que são os falsos amigos. "Houve gente que me virou as costas depois de eu ter sido quase proscrito por uma parte do sistema político. E esses não foram tempos fáceis. Saí dos salões dourados para uma sala no Chiado que era metade deste gabinete. Se dissesse que não me senti sozinho estava a mentir".
Com este episódio, Santana Lopes poderá ter-se tornado num cidadão mais humilde, mas ainda não aprendeu a lição porque já recuperou muitos desses "amigos" que lhe viraram as costas. Enfim... que continue a desprezar as pessoas que o poderiam ajudar honestamente.

Anónimo disse...

Parabens pela codecoração.
JP

Vítor Silva disse...

Tudo normal, como sempre! Haver um congresso do principal partido da oposição convocado por uma recolha de assinaturas de militantes é, sob o ponto de vista do nossos "media",algo menos importante que a polémica sobre a veracidade dos músculos do Ronaldo na foto de uma revista!
Infelizmente, os conteúdos jornalisticos são decididos em função da audiência da notícia e da "alimentação" dos interesses instalados.

Anónimo disse...

Será que vai haver coragem para debater o futuro?!

Será que as vozes dos outros, dos militantes simples, serão ouvidas?!

Será que aqueles que levam moções terão algo de importância?!

Será que se deve mesmo acabar com as directas ou mudar o seu funcionamento?!


Será que o Congresso vai ser na Covilhã, como anunciado informalmente?!

Será que vamos ajudar o partido ou afundar mais o mesmo?!

António Jorge disse...

Mais um Congresso para "lavagem de roupa suja"...não é disto que o país precisa.

Anónimo disse...

Dr. Pedro Santana Lopes,
Não sei bem como interpretar a indicação de Marcelo Rebelo de Sousa para líder do PSD! Por essa é que eu não esperava. O Prof. Marcelo Rebelo de Sousa já deu provas que é muito bom a dar conselhos(aos outros) mas tem grandes problemas de auto-análise - viu-se já a sua prestação como líder do PSD. Outra vez nãaaooo!!
Continuo a achar que o Sr.faz falta na liderança (por muito que isso custe aos invejosos e aos "barões" do PSD). Por que razão não se candidata? Acho que o País precisa de lideranças com bom-senso, honestas, patriotas, civilizadas, com uma boa componente cultural e humanista. Por isso de que está à espera para ir em frente? Estamos fartos de hipócritas, pinóquios e malabaristas (gente de circo a trabalhar no palco errado e para o público errado).
Por favor, Marcelo e quejandos não. Sei que fica bem dar a outra face, mas tanto também não...
Aguardo o anúncio da sua candidatura à liderança do PSD :-)

Anónimo disse...

Bom agora devemos aguardar que o PPD/PSD se afaste de vez do liberalismo, e assuma a social democracia.
Os mercados não se regulam por si proprios, a boa moeda necessita de ser fiscalizada e regulada, foi o excesso de liberalismo que provocou esta crise.
Agora queremos saber se podemos contar com o PPD/PSD.
Saber o que pensa, as suas causas, as suas bandeiras.
E existem muitas, o Dr tem vindo a anunciar várias, queremos saber com quem contamos e com o que contamos.
É bom que se saiba e se grite bem alto que este congresso, deve distinguir aqueles que sentem o dever se servir este nobre povo, este congresso é para os portugueses, pois a há muito que o PPD/PSD os deixou orfãos.
Cremos a acreditar.
Vamos aguardar com calma, mas com elevadas expectativas.
Obrigado, mais uma vez.

Anónimo disse...

Keep this goіng рlease, great ϳоb!


Fеel free to suгf to my blog post .
.. pchat.org