segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Alternativo

É de louvar o facto de o Grupo Parlamentar do PSD apresentar um projecto alternativo à proposta do Governo sobre casamento entre pessoas do mesmo sexo. Mesmo que alguns possam dizer que já há muito que deveria ter sido apresentada esta via das uniões registadas, mais vale tarde do que nunca.
Por mim, saúdo a iniciativa, que até coincide no tempo com o anúncio da plataforma de cidadãos pelo referendo sobre esta matéria - de que também sou mandatário - de que conseguiu recolher cerca de 90.000 assinaturas. Afinal, há quem esteja acordado ou, pelo menos, vá despertando.

7 comentários:

Anónimo disse...

Eu só gostava de saber onde são recolhidas as assinaturas no distrito de Coimbra!
É que,como militante do PDS e apoiante de Santana Lopes sempre,pertenço ao grupo dos excluidos.

didi disse...

Em relação a este assunto, aconselho, como aconselhou D. Manuel Martins, Bispo Emérito de Setúbal, "Tenham juízo."
Abraço.

Anónimo disse...

Como se pode subscrever a petição para um congresso do PSD? Qual o email para enviar os dados?

Mário Piteira disse...

Qual o endereço para enviar os dados, que permitam subscrever a petição para convocar o Congresso Extraordinário?

Anónimo disse...

Com todo o respeito (pelo Dr. Santana Lopes) esta proposta do PSD parece-me uma "mariquice".

Não vejo diferença substancial para a outra proposta.

Vamos sim ao Congresso e a seguir às directas, que é o que “eles” não querem, para ver se é desta vez que se acaba com esta e outras trapalhadas.

César disse...

E perde-se tempo a discutir o sexo dos anjos, ingnorando-se o essencial.

Alberto disse...

Não, não é sexo dos anjos, é sexo, apenas sexo, dos humanos,ao qual se pretende dar o estatuto de matrimónio e é bom que os militantes do PSD não passem a vida a cuspir para o lado em questões tão importantes como estas. Proposta menos má é como se pode classificar esta proposta do PSD.
Posição política responsável é apoiar a petição do referendo