quinta-feira, 12 de março de 2009

Prudência

As Bolsas vão oscilando. Ora quedas, mais ou menos significativas, ora subidas com apreciáveis ganhos. É natural.
O que é menos natural é a sucessão de declarações de responsáveis de Organizações económicas e financeiras internacionais reiterando previsões muito negativas. Excepção deve ser feita à prudência que tem revelado o Presidente do Banco Central Europeu, Jean Trichet. Aliás, ainda há dias, admitiu que a retoma pode começar mais cedo do que o previsto, antes do fim deste ano.
Independentemente do grau de segurança e de fundamento para as previsões, quase parece que não entendem que todas essas palavras, pelo menos sombrias, em nada ajudam a recuperar o bem mais afectado por esta crise: a confiança.
Há dias, a propósito da inflação em Fevereiro na Zona Euro que terá subido 0,1%, aqui assinalei esse muito tímido indicador de que as coisas poderiam ser menos carregadas do que tem sido previsto. A confiança é, neste momento, um dos dois factores decisivos. Junto com o acordo sobre as novas regras no sector financeiro.

2 comentários:

Ricardo Araújo disse...

Boa noite Dr. Pedro Santana Lopes realmente tem razão no que diz, quando refere que diariamente somos bombardeados e não tem outro nome, com notícias todas elas catastróficas acerca da economia nacional e mundial, os jornais e as televisões fazem disso as suas manchetes e aberturas preferidas.
É tempo de mudar de atitude, o que lá vai lá vai, agora é necessário olhar para o futuro, "pois não podemos voltar atrás e fazer um novo começo, mas podemos recomeçar agora e fazer um novo fim".
Um grande abraço, cordialmente.
Ricardo Araújo.

Dina disse...

Caro Dr Pedro !
Há uma coisa que posso garantir com toda a certeza e confiança :
«Vamos sair desta crise!!!»
Ou, com mais rigor, desta depressão económica e financeira . Ou ainda com mais rigor desta crise económica , «descaradamente» gerada pela crise financeira.
Sou uma mulher confiante, e , tenho muita confiança no futuro, pois historicamente, todas as crises se resolveram no futuro e esta não vai ser excepção!
Se isto puder ajudar , já não é mau !
Mlhs Cptos