terça-feira, 25 de dezembro de 2007

SANTO NATAL

SANTO NATAL. BOAS FESTAS.

5 comentários:

José Martins disse...

Que o 2008 que seja bom ano político e de grandes êxitos.
De Banguecoque
José Martins

Anónimo disse...

O que se passa no BCP é uma verdadeira OPA do Governo PS sobre uma instituição financeira privada. O Socrates e os seus socretinos controlam tudo, privado e publico, com o objectivo totalitário de tudo no estado, nada fora do estado. Nem o Dr. Salazar se atreveria a tanto.

Não me preocupa que o futuro presidente da CG seja do PSD ou não, o que me assusta é que os accionistas do BCP aceitem com naturalidade esta intervenção estatal num sector que se diz liberal.

Saga de tudo controlar faz com que ontem se pré anuncie que os valores da indemnizações a pagar pelas seguradoras vão ter valores tabelados, e não por montantes minimos como se esperaria num estado democrático, com tribunais que julgam em função de critérios de equidade e de acordo com prova, mas sim uma tabela de montantes máximos, cujo o unico objectivo é proteger as seguradoras em deterimento dos cidadãos.Estes já não tinham quase nenhuma capacidade de negociação com as seguradoras e agora perde-la-ão por completo.

Ana Isabel

José Manuel disse...

Um Feliz Natal para sim e um bom ano de 2008 que bem necessita pois há por ai muita gente que o quer vêr pelas costas.

Nota: um homem de esquerda mas que o admira muito julgo que voçê fazia alguma coisa por este País.

BEM HAJA.

Anónimo disse...

que em 2008, companheiro, se faça justiça e possamos ver desmontada toda a trama que levou o PSD a este estado. sempre fui sua apoiante e acredito em si. achei cedo, porque os "malandros" não perdoam, a sua indicação para o governo. continuo porque acho que vale a pena esperar por si. já não tenho idade para que me chamem de santanete, quase que posso ser sua mãe, mas ajuda-me acredittar que um dia voltará e em grande. EXCELENTE ANO DE 2008.
Teresa Mendonça

Anónimo disse...

Embora com atraso, vinha felicitá-lo pelo que disse na Assembleia sobre as Novas Oportunidades do Governo. Repare que para entregar aqueles diplomas chegam a aparecer a Ministra da Educação e o Primeiro-Ministro. Gostaria de o lembrar daquilo que fizeram em 2006a brilhantes alunos que tiveram de recorrer aos tribunais para entrar em Medicina, como foi o caso de uma aluna de Coimbra. Se bem me recordo, o Governo recorreu até ao Supremo Tribunal Administrativo, perdendo sempre. São estes os critérios de qualidade desses senhores. Muitas felicidades para si neste NOVO ANO.