domingo, 11 de novembro de 2007


Staufen, im Breisgau, onde estudei 4 intensos meses, no Goethe - Institut local, para aprofundar o domínio da Língua Alemã.Foi no Verão de 1979, após ter conseguido, depois de concurso, uma Bolsa da Deutsche Akademische Austausdienst para Investigador na Universidade de Colónia.

Essa organização do Governo Alemão procedia assim, e bem. colocava os Stipendiaten(bolseiros),normalmente, em delegações estrategicamente situadas em aldeias tranquilas e onde só se podia estudar ou passear. Vivíamos em casa de famílias da terra, mas não comíamos lá. Mesmo o pequeno almoço era no Instituto, bem cedo pela manhã. A mim calhou-me uma família de nome Löper, que diziam ser meus primos, dada a semelhança dos nomes. Mais tarde, quando estava no Parlamento Europeu, visitei- os e comovi-me quando me mostraram os recortes de jornais alemães onde aparecia, em anos anteriores, naturalmente, à época, ao lado de Cavaco Silva.

Staufen é uma terra bonita, perto de, Bad Krozingen na área da Schwarzwald ( Floresta Negra), perto da Suíça alemã. Aqui vivi e aprendi com estudantes de todo o Mundo. Era um regime muito intenso, essencial para termos sucesso na prova de Alemão, em Outubro, sem o que não podíamos ingressar na Universidade.No meu caso, para Investigação no Instituto de Direito Europeu e no Instituto de Ciência Política e Questões Europeias( Europäischen Fragen).

1 comentário:

Eolo disse...

Amigo Pedro,na minha modesta opinião,seria vantajoso deixar as escaramuças para os seus Tenentes.
Dedique-se às grandes batalhas com toda a disponibilidade.Querem enredá-lo em menoridades.
A sua voz é a única que pode dissonar nas bancadas da oposição.
Os partidos de "esquerda" apenas simulam a crítica ao governo,numa conjuntura em que os portugueses mais necessitam.Foram aliados preciosos do polvo socrático no assalto ao poder.
Diz o ditado "quem uiva com os lobos merece levar vida de cão".
E nós precisamos que abrace as causas maiores.
Quando se mexe no vespeiro deve-se contar com umas ferroadas.
Organize as suas tropas e defenda o país da farsa monumental em que vivemos.
Infelizmente não se pode contar com o PR,está nítidamente a jogar para o segundo mandato.