sábado, 19 de Maio de 2012

Notas variadas

Se tivesse sido Pedro Passos Coelho a ser eleito e ir a voar logo para Munique? O que teriam dito? Agora, disfarçam... Fernando Madrinha, no Expresso, faz o devido registo, honra lhe seja feita... Sondagem no Expresso: alguns indicadores significativos. Mas o próprio Expresso, praticamente, não fala disso. Estranho. Saíram mais números - no caso, do Banco de Portugal, sobre o consumo e a atividade económica - que confirmam que a recessão, nestes primeiros meses do ano, não terá sido tão grave quanto se pensava. Estes, incluindo já Abril. É bom de notar que, nas últimas semanas, as notícias de há meses sobre sucessivos encerramentos de empresas, quase desapareceram. Aumentaram os sinais e as notícias de pessoas à procura de emprego, por vezes, em situações quase desesperadas. Mas, de facto, nestes primeiros meses, a recessão parece não ter ido tão fundo.

sábado, 12 de Maio de 2012

Tempos tristes

Os deuses estarão zangados? O Deus em que acredito, apesar de tudo, não está nunca. E os outros não têm força, poder, essência, para determinarem o correr do tempo do Mundo.
Há um clima pesado no ar. O tempo do Mundo traz factos, notícias, atitudes, palavras que entristecem. Vários de nós fomos atingidos pela Dor enorme de ver partir parte de nós. As tristezas têm sido umas depois das outras. Sofremos pelos nossos e pelo sofrimento daqueles a quem queremos.

Pelo meio de tudo isso, as pessoas têm atitudes estranhas. Parece que, em tempos de adversidade, há quem trate pior aqueles de quem mais se gosta. Amigos afastam - se porque se refugiam nas conchas das suas proteções, em reuniões de trabalho vemos climas de confronto entre pessoas amigas, transformam - se os mais próximos, nas famílias e nos empregos, em culpados dos actos dos desvarios dos poderes do Mundo.

Partem vários dos eleitos pela Providência com qualidades ímpares. Faz impressão. Parece que este tempo não se dá bem com quem faz o bem de encantar os outros seres humanos. E parece que as pessoas, revoltadas com o que se vai passando, se revoltam com quem as acolhe, com quem lhes quer, com quem as protege, por não poderem dirigir as suas mágoas contra mais ninguém.

Bernardo Sasseti foi compor  e tocar para os Anjos e poderá ser um deles.Nestes dias, em que Portugal olha  mais para Nossa Senhora de Fátima, acreditamos que saberá que intercessões levar junto do Altíssimo.

sábado, 5 de Maio de 2012

Vendredi...


Ontem, apareceu outra vez o Sexta - Feira. E, desta vez, ao lado do seu Robinson Crusoé...