quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Ordenamento equilibrado

A localização defendida por António Costa para novas instalações do IPO é errada por três razões:
1- A área desses terrenos é mais exígua do que aquela onde está actualmente o IPO;

2- Não deve o IPO ficar perto de uma zonas verde de Lisboa que foi infraestruturada para receber regularmente espectáculos musicais;

3- Não tem de ser aquela área de Lisboa, lá por ter muitas pessoas com rendimentos mais baixos, a receber todas as unidades hospitalares que se querem tirar de outras zonas da Cidade.

Prioridade, portanto, para a recuperação e modernização desse Instituto, mas não naquele local.

Quanto à localização da nova Feira Popular, já, pelo menos, desde Setembro de 2005, que defendo que deve ficar próxima do Parque da Belavista.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Sonho esfumado

Lembram - se quando foi anunciado o acordo entre António Costa e Helena Roseta anunciado, com a expressa menção de que tinha "a bênção" de Manuel Alegre? Lembram -se, na conferência de imprensa que se seguiu num Hotel de Lisboa, como falaram até à exaustão de quem substituia quem, caso Costa tivesse de sair?

É que, na altura, estavam todos a dar por adquirida a derrota de José Sócrates... Tinham acabado de ocorrer as Europeias, os casos falados eram desagradáveis, tudo parecia encaminhar - se para a derrota de José Sócrates. Discutia - se quem seria o sucessor, se Costa, se alguém mais Seguro, e a Arquitecta sem projectos dizia que não seria ela a substituir o número 1 da lista, caso ele tivesse de sair, mas alguém do PS...

Como trabalharam irmãos amigos, primas, para Sócrates não ganhar!... Mas ganhou e a expressão dos "conjurados" era bem triste naquela noite... Sócrates vencera, Costa já não podia ser líder do PS, e a soma dos resultados, em Lisboa, das várias forças políticas concorrentes ás Autàrquicas, era preocupante. Que fazer? Mais valeu ir pela mão para cima do palco.

Que ridículo.

sábado, 26 de setembro de 2009

A GRANDE MONTRA

Na próxima 3ª Feira, dia 29 de Setembro, na Praça Afonso de Albuquerque, às 19,30hs., inauguração da


GRANDE EXPOSIÇÃO

Em frente ao Palácio de Belém. Todos os dias, das 10 às 22hs. Entrada para todos.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Também foram...

As pessoas andam mesmo estranhas. Então o candidato António Costa quis provar o quê, hoje de manhã? Que é um horror andar de carro, em Lisboa? Mesmo de Porsche? E pensa que é bom para si próprio e para a actual Câmara?

Alguém tinha dúvidas de que é mais rápido de Metro?... Talvez com o carro do Kit, lembram -se?
Quando foi candidato a Loures fez uma corrida entre um Ferrari e um burro... Faz sempre estas disputas estranhas, só para número cómico...

Já agora: faltou uma moto. Estava o Porche, estavam bicicletas... E motos??? Aí, talvez fosse mais difícil!...
Conclusão da corrida: Metro, vinte minutos; de carro, cinquenta minutos!

A questão é: e quem não vai para o Rossio e tem mesmo de levar o carro? Leva com esse horror do trânsito de Lisboa... É que o Metro não chega a todo o lado...

Em 2001, no Dia sem carrros, José Sócrates, então Ministro do Ambiente, e João Soares, então Presidente da Câmara, também foram de Metro...

sábado, 19 de setembro de 2009

Porquê?

Pacheco Pereira escreve hoje um excelente artigo no Público. Cheio de"verdades que nem punhos" sobre o que se passa no dia - a -dia da nossa Imprensa.
Por exemplo, ainda agora assistimos a "directos" da intervenção de Manuel Alegre no comício do PS em Coimbra. Mas da intervenção de Marcelo Rebelo de Sousa, no comício do PSD, naa mesma cidade, à mesma hora, não consegui encontrar nem um... Porque será?

Estranhezas

Isto anda por aí muita gente "a meter água". Então Francisco Louçã subscreve os produtos financeiros que critica? É, pelo menos, um pouco estranho.
Depois, José Sócrates anda a dizer que faz comícios sem atacar ninguém e, depois, dirigentes da JS, outros dirigentes do PS e o próprio Secretário - Geral constantemente fazem ataques à Presidente do PSD.
Quanto ao tema das "escutas" é sério de mais para se poder incluir neste rol ou para ser comentado superficialmente. O Estado tem de ser defendido.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

J.M.D.B.

Assinalar a eleição de Durão Barroso para um segundo mandato como Presidente da Comissão Europeia. É uma proeza extraordinária. Faz - me impressão nem todos os Telejornais, ontem, terem aberto com esta notícia.
Trata - se, sem dúvida, de um motivo de grande orgulho para Portugal.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Mais eficaz


Sem dúvida que José Sócrates falou muito, no debate com Manuela Ferreira Leite. Como alguém dizia, "conduziu a narrativa"... Só que Manuela Ferreira Leite foi, no geral, mais eficaz, do ponto de vista eleitoral. Sócrates falou muito, só que tenho ideia de que as pessoas estão saturadas de discursos.
Voltando a utilizar imagens do boxe, a líder do PSD pareceu aqueles pugilistas experimentados que se deixam estar junto às cordas defendendo- se dos "murros" do adversário e, de vez em quando, respondem com um "gancho" ou com um "upercut"( penso que são esses os termos...) que causam sério dano no competidor.
Como disse, mais eficaz, de acordo com os tempos que vivemos.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

A melhor!...

Ontem ouviu - se a melhor dos debates e,até, da campanha.
Manuela Ferreira Leite, perante a peregrina ideia de comparar o caso da suspensão do Jornal Nacional,da jornalista Manuela Moura Guedes,à saída do comentador Marcelo Rebelo de Sousa, da TVI, em 2004, sugeriu a Judite de Sousa que a RTP convidasse a sua colega, tal como fizeram com Rebelo de Sousa quando se demitiu.E, para além do mais, a Líder do PSD fez questão de frisar que a RTP assegurou, depois, o que estava em causa na TVI: que houvesse contraditório! Passou a existir, com António Vitorino. Ou seja, os pontos nos is.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Vitória rotunda

O debate de hoje já não pareceu um combate para se ganhar só "aos pontos", como os outros e como vem sendo cada vez mais frequente...Foi mesmo para se decidir por KO. E José Sócrates ganhou bem, tendo conduzido eficientemente o debate e não tendo tido qualquer pejo em continuar a "socar" o seu adversário onde ele se revelou mais frágil.
Foi interessante de ver como o "feitiço foi virado contra o feiticeiro".
Há muito tempo que digo e escrevo isto mesmo. Era preciso perguntar aos que só atacam, por aquilo que verdadeiramente defendem. José Sócrates fê - lo muito bem.

Agência ou porta - voz?...

Notícia "nova" da Lusa, hoje, às 17,36hs: "Pedro Santana Lopes pagou 2,9 milhões a Frank Ghery por projecto que não chegou a sair do papel"...

Como podem constatar, é a primeira vez que sai esta notícia, desde a última vez que saíu( como diria um conhecido dirigente do antigo regime). E a últma foi já, mais ou menos, a nonagésima quinta!...

A única diferença é que o valor vai subindo de notícia para notícia. Fora isso, é tudo igual. Ou seja, temos a Lusa como porta - voz de campanha do PS. ao que chegou a democracia portuguesa...

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Quarta - Feira, dia 9 de Setembro

Quarta - Feira, às 19hs., no Clube Nacional de Natação, apresentação do Programa para a Mobilidade, Transportes e Estacionamento. Ali a meio da Rua de São Bento.
Vai valer a pena, a vários títulos. Até pelo espaço equipamentos, que poucas pessoas conhecem.

Para manter a tradição, o que será que inventam para esse dia? Uma entrevistazinha, um relatóriozão?... Não se preocupem muito, porque já há o Hungria - Portugal, às 19,45hs!...

sábado, 5 de setembro de 2009

Diário Notícias 29 de Outubro de 2001



As eleições foram a 16 de Dezembro de 2001. Esta sondagem, também da Marktest, dava - nos, neste dia de Outubro, 8% atrás de João Soares.
Um mês e meio depois, ganhámos. Tudo faremos para que, assim suceda, também, desta vez.

Nem assim!

Não percebem que com estes truques do costume,só demonstram o quanto estão nervosos.
Nem assim se safam!

Para esclarecimento (transcrição)

04.09.09
CANDIDATURA DE PEDRO SANTANA LOPES REPUDIA SONDAGEM MARKTEST
A Candidatura “Lisboa Com Sentido”, liderada por Pedro Santana Lopes, vem por este meio repudiar com veemência a metodologia aplicada e as conclusões retiradas da sondagem da Marktest, a ser divulgada na TSF e no Diário e Semanário Económicos e à qual teve acesso.

Com perplexidade, constata-se que a referida sondagem retira conclusões com base numa amostra não representativa, e efectua uma correcção das intenções de voto dos resultados brutos que é inacreditavelmente deturpadora e especulativa.

Com efeito, a sondagem resulta de uma amostra de apenas 500 entrevistas, às quais deverão ainda ser subtraídos 32,4%, ou seja 162, correspondendo aos resultados Não Sabe/Não Responde. Se a estas 162 adicionarmos os “Votos Brancos/Outros” e as respostas de “Não Voto”, no total de 46, conclui-se que a sondagem analisa as intenções de voto a partir do número insignificante de 292 entrevistas.

Não bastando, a mesma sondagem extrapola dos resultados brutos para os «corrigidos» sem que se justifique a diferença abismal entre ambos os resultados. Como exemplo, atente-se na projectada intenção de voto em António Costa, com um aumento percentual de 16,2% entre brutos e «corrigidos», uma diferença manifestamente desproporcionada. Regista-se ainda a anormal e elevadíssima margem de erro da amostra, 4,38 p.p., bem como o insólito da data escolhida para recolha das opiniões, entre 31 de Agosto e 2 de Setembro, em pleno regresso de férias e ao contrário do que recomendariam as mais elementares boas práticas.

Em conclusão, a candidatura “Lisboa Com Sentido” lamenta que a Marktest contribua com uma sondagem desta natureza para a descredibilização da sua actividade e do sector, e considera este mais um episódio no clima geral de asfixia democrática que se sente no País.
Estamos certos de que a realidade se encarregará, como já o fez no passado, de desmentir a manipulação estatística junto dos cidadãos, que expressarão em 11 de Outubro o seu verdadeiro sentido de voto para Lisboa.

Nota do Blogue- Nas eleições de 2001 para a Câmara de Lisboa, disputadas com João Soares, a mesma Marktest, à mesma distância do dia das eleições que a de agora, dava 8% de vantagem a João Soares. À tarde publicaremos o fac-simile.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Blog' Túlia

Interessante e agradável tertúlia de ontem,com os bloggers, no Martinho da Arcada.
Temas muito variados, questões, no geral, pertinentes, ritmo conseguido. E, tecnicamaente, pelo que soube, não houve problemas ao contrário do que terá sucedido noutras sessões, com outros candidatos às eleições nacionais.